quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Dicas de comidas e bebidas para uma festa intimista em casa

09

Vocês conhecem o ditado “casa de ferreiro, espeto de pau?”

Pois é, esse ano não deixei isso acontecer e organizei uma festa em casa para o meu caçula comemorar seus cinco anos. A festa dele continua sendo mais voltada para os adultos, considerando o fato de que ele é a única criança da família. Pensei em toda a decoração, incluindo os doces da mesa, e gosto de ter bastante carinho também ao organizar as comidas e bebidas.

Levando em conta que a festa foi bem intimista (só com adultos e apenas um amigo super especial), resolvi criar um cardápio bem solto, onde os convidados pudessem se levantar e se servir à vontade. As comidinhas foram fáceis de fazer e estimularam a conversa em volta da mesa. Acho essa interação muito importante!

Nathalia Lovati Fotografia | www.nathalialovati.com.br

Uma querida amiga que cozinha super bem fez todas as pastas: uma de atum (a preferida aqui em casa) e outra de ovos.

Nathalia Lovati Fotografia | www.nathalialovati.com.br

O guacamole também não pode faltar, é sempre “um gol de placa” para acompanhar torradinhas, mini pães (tradicional e integral), biscoitos tipo drink e os famosos Doritos, dispostos em cestas de fibra.

Nathalia Lovati Fotografia | www.nathalialovati.com.br

Pães recheados diversos ficaram dispostos em uma charmosa tábua de madeira.

Nathalia Lovati Fotografia | www.nathalialovati.com.br

Aliás, comidas simples e petiscos são mais valorizados quando servidos com charme. Reparem na pasta de atum, um bom exemplo para ilustrar esse conceito: um vidro de compota comum, um tronco, uma colherzinha de prata comprada na Feira da Praça XV (Centro do Rio) e pronto.

Nathalia Lovati Fotografia | www.nathalialovati.com.br

Cada casa e cada família tem seus clássicos. Aqui os nossos são ovos de codorna com molho rosé e azeitonas pretas temperadas com pimenta calabresa e bastante azeite. Pode parecer um fator sem importância, mas isso cria memórias e uma assinatura. Sabe aquela história de sempre perguntarmos antes de irmos a uma festa se lá vai ter aquela determinada comida ou doce? Pois é...acho bacana construir memórias em todos os sentidos.

Bem, fechando os salgados, uma terrine de tomate seco com ricota.

Nathalia Lovati Fotografia | www.nathalialovati.com.br

Quanto às bebidas, servimos água aromatizada com abacaxi e limão, bem gelada e à disposição numa suqueira.

Nathalia Lovati Fotografia | www.nathalialovati.com.br

Também tinha mate, refrigerantes e bebidas alcoólicas. Lembram? Maioria adultos. Para fechar, uma lembrança super gostosa chamada overnight oats. Vocês conhecem?

Nathalia Lovati Fotografia | www.nathalialovati.com.br

Em tradução livre significa “aveia de um dia para o outro”, é uma refeição preparada na véspera para ser consumida no dia seguinte. Nesse caso, foi usada granola, passas, frutas e iogurte grego desnatado. A montagem é simples e só requer capricho para ficar bonita e saborosa: uma camada de fruta, uma de iogurte e uma de granola num vidro. Não foi adicionado nenhum tipo de açúcar, só o da fruta. Nesse caso, combinou-se manga com uva, banana com morango e kiwi com uva.

Se houver algum tipo de restrição quanto ao glúten (apesar de já existir aveia sem ele), recomendo substituí-la por algum cereal de milho, quinoa, amaranto ou chia.

Acho a ideia dos overnight oats incrível para lembrança de festa. Você pode acordar no dia seguinte para saborear um café da manhã prontinho e gostoso, feito com carinho e pensado em você! Além disso, não precisa se culpar pelo excesso do dia anterior.

Créditos dos comes & bebes: Salada Saúde

Crédito das fotos: Nathália Lovati Fotografia

Nathalia Lovati Fotografia | www.nathalialovati.com.br

Grande abraço,

Mi Orlando

www.instagram.com/mi_orlando_eventos
https://www.facebook.com/MiOrlandoEventos/

Logomarca Principal

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Batatas Hasselback

DSC_0964

Lembram do post com ideias e sugestões para um Churrasco de Dia dos Pais que publiquei há algumas semanas? Uma das receitas que compartilhei foi a da Batata Hasselback, que me conquistou pela aparência apetitosa. Finalmente tive tempo de testá-la, misturei algumas referências que encontrei na internet e desenvolvi a minha própria versão, que vocês podem conferir a seguir.

DSC_0904

Ingredientes*:

  • Quatro batatas grandes e uniformes
  • Queijo parmesão ralado
  • 6 colheres de sopa de azeite
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • Alecrim fresco
  • Suco de um limão
  • 4 dentes de alho
  • Sal marinho defumado a gosto
  • Pimenta do reino a gosto
*Referências:
http://panelaterapia.com/2013/12/batata-hasselback-com-azeite-e-alecri.html
http://www.ideiasereceitas.com/batatas-hasselback-com-alho-limao-e-alecrim/

DSC_0921

Modo de preparo:

A maior parte das receitas que pesquisei não indicava cozinhar as batatas antes de levá-las ao forno, mas vi que algumas pessoas utilizaram esse recurso para ganhar tempo. Como gosto de receitas práticas e rápidas, segui a sugestão. Então lavei bem as batatas e coloquei-as numa panela com água e sal (não retire a casca!). Deixei cozinhando por uns 15 minutos, depois apaguei o fogo, enxuguei os legumes, cortei um pedaço da base de cada batata para ganhar estabilidade e fiz uma série de pequenos cortes transversais, tendo o cuidado de não cortar até o final para que elas não desmontassem.

Enquanto as batatas cozinhavam, preparei o molho. Misturei numa tigela o azeite, a manteiga, o alho espremido, o suco de limão, o alecrim, o sal e a pimenta. Levei ao microondas por 30 segundos, mexi bem e voltei por mais 30 segundos. Depois de cortar as batatas, esfreguei metade dessa mistura em cada uma delas, abrindo um pouco os cortes para que o tempero penetrasse bem.

Levei as batatas temperadas ao forno pré-aquecido em 250 graus por meia hora numa assadeira forrada de papel alumínio untado com azeite. Em seguida, retirei-as do forno e cobri com a outra metade do molho, repetindo o processo de abrir os cortes para facilitar a absorção do tempero. Levei ao forno por mais 30 minutos, até que as batatas formassem uma casquinha crocante. Por último, salpiquei o parmesão por cima de tudo e voltei com as batatas para o forno por mais 15-20 minutos até o queijo derreter.

DSC_0986

Observações importantes:

O tempo de preparo depende muito da potência de cada forno. O meu, além de ser simples, já passou do décimo aniversário. Por isso resolvi cozinhar um pouco as batatas antes de assá-las, senão elas levariam mais de duas horas até ficarem prontas.

O ideal seria que eu tivesse deixado as batatas assando por um pouco mais de tempo a fim de que as fatias abrissem e ficassem com as bordas bem tostadinhas. A apresentação das minhas batatas não ficou como eu esperava, mas posso garantir que o sabor agradou demais!!! Ficaram super macias por dentro e com a base e as extremidades bem crocantes. Uma delícia que pretendo repetir no futuro, especialmente para acompanhar pratos de carne vermelha ou salmão.

Um grande beijo pra todos com votos de uma semana deliciosa!!!!

Bonfa-ass

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Confirme sua presença!

09

Tenho certeza de que você já recebeu um convite, provavelmente de casamento, com a inscrição RSVP. Logo após, devia haver um telefone, e-mail ou site. Talvez estivesse no rodapé, ou então nos cartõezinhos individuais para a festa. Não importa. A questão é: você sabe o que esta sigla quer dizer? Sabe qual a sua importância?

Coluna3A

Crédito: Site www.papeleestilo.com.br

RSVP é a abreviatura de Répondez s'il vous plaît, expressão em francês que significa Responda, por favor. Isto quer dizer que você deve confirmar a sua presença no evento em questão. Há quem ache este procedimento estranho, há quem diga que só decide se vai ou não quando chega mais perto da data. Muita gente não dá a devida atenção a este pedido de confirmação. Mas, acredite: ele é muito importante para o anfitrião.

Sabemos que nem todos comparecem à festa para a qual foram convidados. Por isso, cerimonialistas recomendam que se convide sempre pessoas a mais. De acordo com as confirmações que vão sendo recebidas, vão sendo feitos ajustes no buffet, na quantidade de bebidas e comida, na disposição das mesas, no número de assentos e até em itens de decoração do ambiente. Preparar um espaço para receber 100 pessoas é definitivamente diferente de prepará-lo para receber 50.

Coluna3B

Crédito: Site www.notonthehighstreet.com

Apesar de ser muito mais usado em eventos mais formais, ou mais chiques, nada impede que você gentilmente peça a seus convidados que confirmem a presença no aniversário do seu filho, por exemplo. O aniversário de um ano da minha filha foi realizado em uma casa que tinha um limite bastante rígido de pessoas por questão de segurança, já que o espaço não era muito grande. A minha lista inicial tinha muito mais parentes e amigos. Recorri a um RSVP informal. Conforme distribuía os convitinhos, explicava que a casa precisava de uma lista de presença para ter certeza de que não haveria superlotação no dia.

Deu certo? Praticamente. A maioria das pessoas compreendeu o meu pedido e informou de antemão se iriam ou não. Tivemos faltas, algumas delas devido a imprevistos. No fim das contas, ficamos dentro do limite e até tivemos uma folga. Claro que isso provocou aquela dorzinha no coração por termos cortado algumas pessoas da lista original. Mas, faz parte. Acertar 100% é quase impossível.

Agora, você já sabe. Da próxima vez que receber um convite com RSVP, procure responder. Ajude o dono da festa a planejar tudo sem sobras ou faltas. Festa com comida e bebida de menos é constrangedor, mas desperdício também não é nada legal.
Até a próxima coluna!

Patricia Haddad

https://www.facebook.com/Just.Made.Studio/

logo

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Uma tábua de queijos, frios e acompanhamentos especiais para assistir à abertura das Olimpíadas

DSC_0064

Gosto muito de sair na sexta-feira para relaxar e curtir o comecinho do final de semana, mas também adoro ficar em casa e preparar algo gostoso para comer, enquanto assisto a algum programa ou coloco o papo em dia com o Marcelo. A cerimônia de abertura dos jogos olímpicos foi a desculpa perfeita para montar uma tábua de queijos, frios e acompanhamentos bem caprichada. Dois dias antes, saí para o mercado munida de uma lista de possibilidades e lá encontrei outras opções interessantes. Complementei as compras do Hortifruti com pastinhas, frios e pães da Dépanneur, uma delicatessen charmosa que fica perto de casa.

DSC_0008

Como gosto de variar os ingredientes a cada tábua que preparo, dessa vez escolhi quatro tipos de queijos que nunca havia provado:

Prima Donna é maturado – assim como os melhores vinhos – até atingir o máximo de sabor. Por esse motivo, os queijos não maturam em um determinado período de tempo, mas, em vez disso, eles o fazem até adquirirem uma determinada composição de aromas e sabores. Durante a maturação, há três diferentes variedades para se descobrir: “fino”, “maturo” e “leggero”, cada uma delas com sabor exclusivo. Devido à maturação especial do Prima Donna, principalmente na variedade com maturação extra longa, como o “maturo”, as características visíveis da maturação aparecem – as pequenas manchas brancas no queijo, chamadas de cristais de maturação. Os cristais brancos e finos parecem se acumular nos orifícios do queijo. É por isso que, quando se fatia o Prima Donna, é possível ver faixas brancas sobre a seção cortada do queijo. Isso caracteriza o Prima Donna, assim como sua maturação exclusiva e específica. Por conta disto, o Prima Donna é considerado uma verdadeira iguaria. Experimente com uma boa taça de vinho tinto, como o Cabernet Sauvignon, o Pinot Noir, o Syrah ou o Zinfandel.*

Fonte: http://www.primadonnaqueijo.com.br/sobre-o-prima-donna-queijo

O Camembleu é um queijo tipo Bleu de Bresse pertencente à família de queijos azuis, fabricados com leite de vaca. Este queijo originou-se na província de Bresse, na França, e combina dois tipos de fungos: Penicillium Candidum e Penicillium Roqueforti. A superfície é macia e apresenta uma casca de mofo branco aveludada comestível, como a do queijo Brie, e o seu interior é marcado por fungos azuis, como a do queijo Gorgonzola. Possui aroma intenso e sabor suave.*

*Fonte: http://www.queijosaovicente.com.br/produtos/camembleu/

Queijo de origem alemã, chegou aos Estados Unidos pelas mãos de imigrantes, onde adquiriu personalidade própria. O Tilsit Sun Valley é apresentado na versão com sementes de Kümmel, que proporcionam um delicioso contraste com a massa do queijo.*

*Fonte: http://www.queijosdonovomundo.com.br/produtos

Inspirado nos queijos da Serra da Estrela, o Amanteigado de Ovelha tem uma massa cremosa e amarela. O sabor é levemente ácido e saboroso. Saboreie esse queijo como queijo de mesa com pães e torradas.*

*Fonte: http://www.sitiosolidao.com.br/produtos/ovelha-2/queijo-de-ovelha-curado-tipo-amanteigado/

DSC_0073

Só não me empolguei com o Tilsit, que achei meio “artificial”, mas adorei todos os outros queijos, com destaque para o de ovelha, cujo sabor realmente lembra o maravilhoso Serra da Estrela (embora seja mais molinho). O Prima Donna Maturo é bem curado e por isso foi o preferido do Marcelo.

Para acompanhar os queijos, escolhi as seguintes delícias:

DSC_0139

Para identificar os queijos, usei mini lousas que ganhei de presente da amiga Martinha (@lugardecadacoisa), nas quais escrevi com caneta de tinta branca. É bem mais fácil do que usar giz (fica a dica!) e depois basta limpar a superfície com um pano molhado.

DSC_0083

Os palitinhos de madeira para pegar petiscos foram customizados com tacinhas de vinho recortadas em papel purpurinado, que mostrei pela primeira vez na Degustação de Queijos e Vinhos de Outono em 2015.

DSC_0162

Detalhe do queijo Camembleu (cujo sabor se assemelha mais ao brie do que ao gorgonzola) e do caviar de tomate seco, que na verdade é o tomate triturado. Fica bem mais fácil de comer e de misturar a outros ingredientes, adorei a ideia!

DSC_0187

Se eu tiver que escolher a combinação que mais gostei entre os ingredientes dessa tábua, meu voto vai para o Camembleu com a geleia de laranja cheia de pedacinhos do produtor Marcos Lawrenz ([54] 9952.5890 / marcoslawrens@hotmail.com). A mistura ficou saborosíssima e o contraste é perfeito!

DSC_0129

O patê de nozes também merece destaque. A base é de biomassa de banana verde e leva, entre outros ingredientes, azeite, manjericão, alho-poró e pimenta calabresa. O resultado é surpreendente. E, por último, o chocolate amargo da marca suíça Lindt fez o maior sucesso! Depois de ver a guloseima presente em algumas fotos de tábuas de queijos que encontrei na internet, decidi arriscar e valeu a pena. Foi o encerramento perfeito para a nossa festinha particular de abertura das olimpíadas.

Um grande beijo pra todos com votos de uma semana inspiradora!!!!

Bonfa-ass

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Slow living: uma maneira desacelerada e saudável de viver o dia-a-dia

09

Todos nós hoje vivemos um ritmo acelerado. A vida ficou apressada e o tempo curto. E mesmo quando planejamos algo, ele vem acompanhado de uma urgência esmagadora: emagrecer em 15 dias, conquistar metas em um mês, rejuvenescer rapidamente...Temos a impressão de estarmos sempre correndo atrás do relógio em desvantagem e, como consequência, acumulando angústia, estresse e doenças! Porém, num movimento contrário a essa avalanche de ritmo frenético, encontramos o Slow Living e é sobre ele que vou falar hoje. Você já conhece ou ouviu falar?

De forma geral podemos aplicá-lo em vários ou em todos os segmentos das nossas vidas: casa, animais, festas, vestir, comer e beber. E falando em comer, o movimento teve seu início em 1989 com o Slow Food, que tinha como objetivo o “comer bem para a sua saúde”. Hoje ele está mais abrangente, tendo o seu significado amplificado, que resumindo é: comer bem para garantir a própria saúde, a do planeta e a de quem está envolvido na produção dos alimentos.

Pegando carona no conceito do Slow Food atual, nessa maneira de viver de forma desacelerada, conectada ao simples e ao planeta com afeto e com menos consumo, surge o Slow Living, que tem muita representatividade nas minhas festas.

Nathalia Lovati Fotografia | www.nathalialovati.com.br

Mas ai você me pergunta: “Como assim, Mi?”

Bem ao começar, ou melhor, mesmo antes de me profissionalizar, tenho essa preocupação: gerar pouco lixo, utilizar objetos pessoais, ter comidinhas gostosas e caseiras feitas sem pressa.

Nathalia Lovati Fotografia | www.nathalialovati.com.br

Nathalia Lovati Fotografia | www.nathalialovati.com.br

Me preocupo também em utilizar descartáveis biodegradáveis, talheres de madeira, vidros que possam ser reutilizados, objetos que assumam outra função e assim causar menos danos ao nosso planeta.

Nathalia Lovati Fotografia | www.nathalialovati.com.br

Nathalia Lovati Fotografia | www.nathalialovati.com.br

Sabia que essas pazinhas têm o desenho de coração feito a base de soja?

Adoro agregar itens da festa na decoração da casa ou usar objetos ou brinquedos na decoração da festa. Dessa forma, trago a criança para participar e estimular o consumo consciente.

Nathalia Lovati Fotografia | www.nathalialovati.com.br

“Colocar a mão na massa” ou ter um trabalho artesanal presente na decoração da mesa ou do espaço da festa, representa bem esse estilo e se junta a todo o resto para formar um tecido e contar uma história.

Nathalia Lovati Fotografia | www.nathalialovati.com.br

Nathalia Lovati Fotografia | www.nathalialovati.com.br

Todos esses detalhes pensados com cuidado, planejados com carinho e atenção transformam as festas em um momento único, de tempo para contemplação e convívio.

Nathalia Lovati Fotografia | www.nathalialovati.com.br

E no final, ao festejar, ao celebrar um ano a mais, queremos representar e expressar o amor. Buscar novas maneiras de lidar com a pressa e desacelerar é saudável e prazeroso . Creio que isso deve ser praticado e estendido a todos os momentos de nossas vidas: no nosso micro mundo até o macro.

O que pretendo, no meu universo de festas, além de momentos de alegria e diversão, é gerar mais qualidade, evitar desperdício e proporcionar mais prazer em momentos que creio, sinceramente, devam ser comemorados e lembrados para sempre.

E você, já tinha ouvido falar no Slow Living?

Bem, caso queira conhecer mais um pouco do assunto que é abrangente e inspirador, sugiro uma visita ao site www.reviewslowliving.com.br.

Ah, a revista Casa Claudia do mês de julho tem uma matéria sobre esse novo olhar e o efeito no comportamento de pessoas que resolveram adotá-lo no seu cotidiano.

Quem sabe você já não pratica um pouco do Slow Living na sua vida ou resolve começar a incorporar esses hábitos no seu dia-a-dia?

Decoração e produção: Mi Orlando Decoradora de Festas

Fotos: Nathalia Lovati

Grande abraço

Sem pressa,

Mi Orlando

www.instagram.com/mi_orlando_eventos
https://www.facebook.com/MiOrlandoEventos/

Logomarca Principal

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Sanduíche aberto de salmão defumado e 4 ideias para canapés

DSC_0813

Eu tinha muita vontade de experimentar a combinação de salmão defumado com abacate. Embora seja carnívora, admiro muito a filosofia vegetariana/vegana e então sigo alguns perfis no instagram que compartilham receitas com este público. O abacate é figurinha fácil por lá. Sempre adorei o creme de abacate da minha mãe e comia com muita satisfação a fruta amassada com limão e açúcar, mas foi só quando descobri o guacamole, que virei fã incondicional. Quanta versatilidade!!!

Pesquisando sobre combinações interessantes para um sanduíche aberto, ou “tartine” (nome chique pra mesma coisa), descobri que abacate combina muito bem com salmão. Então fiz uma lista de possíveis complementos para os ingredientes principais e parti pro o mercado com a seguinte lista:

  • Abacate
  • Salmão defumado
  • Queijo Feta
  • Cream Cheese
  • Pão de centeio tipo alemão (hummel)
  • Amêndoas laminadas
  • Agrião

DSC_0703

As amêndoas laminadas já são gostosas do jeito que a gente encontra no mercado, mas, quando tostadas, elas ficam ainda mais saborosas. Fiz essa experiência pela primeira vez no ano passado e compartilhei o resultado AQUI. Aqueci uma frigideira e coloquei as lascas, revirando-as a cada 30 segundos em fogo baixo até que estivessem bem torradinhas.

DSC_0739

Enquanto as amêndoas esfriavam, montei as primeiras camadas do sanduíche. Primeiro cortei o abacate em fatias, que temperei com sal marinho e pimenta-do-reino. Em seguida, separei uma fatia do pão de centeio e espalhei cream cheese sobre ela. Salpiquei um pouco de pimenta-do-reino moída porque adoro o tempero e, para terminar essa etapa, cobri tudo com queijo Feta.

mix

Continuando a montagem do sanduíche, acrescentei o abacate, o salmão defumado, algumas folhas de agrião e um punhado de amêndoas laminadas. Para finalizar, reguei tudo com azeite.

DSC_0840

O resultado foi uma refeição fresquinha, saudável e gostosa. Fiquei animada e pensei em adaptar o sanduíche para fazer canapés que pretendo oferecer aos amigos numa futura festinha.

DSC_0843

Além de testar e aprovar um canapé feito exatamente com os mesmos ingredientes, experimentei outras combinações, conforme compartilho com vocês a seguir.

DSC_0848

Usei um cortador redondo para fazer a base no mesmo pão de centeio do sanduíche.

DSC_0865

Em seguida, fui testando e provando diferentes misturas, até chegar a essas quatro opções que considerei as mais saborosas.

DSC_0875

Do canapé que aparece no topo da foto para a direita, em sentido horário: cream cheese com amêndoas laminadas e salmão; queijo Feta com mostarda Dijon, salmão e agrião; abacate amassado e temperado com cream cheese e salmão e, por fim, cream chesse com geleia de laranja e salmão. Salpiquei pimenta-do-reino por cima de todos os canapés.

DSC_0890

DSC_0898

Gostei muito de todos os petiscos, mas o meu preferido foi o de cream cheese com geleia de laranja (cheia de pedacinhos suculentos!) e salmão. Adorei essa combinação, que explosão de sabor!!! Achei bem harmoniosa a mistura do salgado com o doce cítrico. Comprei essa geleia em Nova Petrópolis-RS há alguns meses e me apaixonei pela qualidade do produto. As geleias de bergamota e hibisco também são deliciosas! Para quem se interessar, na foto acima vocês podem ver o contato do produtor.

Um grande beijo com votos de uma semana saborosa!!!!

Bonfa-ass

Related Posts with Thumbnails