quarta-feira, 17 de junho de 2009

Azul e laranja: inspiração para o projeto de artesanato da semana

Há algum tempo, percebo que ambientes e objetos decorados com essas cores complementares tem me chamado muita atenção. No círculo cromático, as cores complementares são as que se localizam diametralmente opostas e são também as que mais constrastam entre si. O uso dessas cores é um aspecto importante para a estética na arte e no design gráfico porque através do contraste, agregam força e equilibrio ao trabalho. Essa harmonia funciona ainda melhor se forem misturadas cores frias e quentes. Em outras palavras, cores complementares “combinam” e exibem um resultado agradável aos olhos. Azul e laranja, amarelo e violeta, verde e vermelho são alguns exemplos. Na ilustração a seguir, vocês podem visualizar melhor esse conceito.

crculocromticokv6

Separei algumas fotos pinçadas na web que guardo numa pastinha para referências futuras, para mostrar como essa mistura de cores é esteticamente agradável pra mim.

orangetealpartytheme_2

orangenteal1

aaron-rehearsal-2

aaron-rehearsal-3

cor rocket_pop_1_lrg

Há duas semanas, durante a arrumação do meu banheiro, eu notei que a pequena bandeja de madeira que servia para organizar alguns elementos na bancada da pia estava muito manchada e feia. Minha primeira reação foi tirá-la de vista e guardá-la no armário. Mas, logo depois, pensei que era uma boa oportunidade de repaginá-la para continuar usando-a de maneira funcional.

Primeiro pensei em pintá-la de vermelho e colocá-la em algum canto da sala, mas depois me dei conta de que já tenho duas bandejas vermelhas em casa. Aí lembrei dos rótulos de cervejas importadas que minha mãe coleciona para fazer decoupagens e assim surgiu a idéia de revestir a bandeja com alguma padronagem. Para isso, recorri ao trabalho do meu talentoso amigo Wagner Campelo e pedi “emprestadas” algumas de suas criações para escolher a que melhor combinaria com o projeto que tinha em mente. O Wagner é um designer que já circulou pelas áreas de paisagismo, programação visual, webdesign, fotografia e agora se dedica ao design de superfícies, que é a tradução de Surface Design*, expressão usada em países de língua inglesa e oficial nos meios eletrônicos. O design de superfícies consiste na criação de imagens bidimensionais, projetadas especificamente para a geração de padrões, que desenvolvem-se de maneira contínua sobre superfícies de revestimentos. O processo criativo é voltado para aplicação na indústria, basicamente nas áreas têxtil, de papelaria, cerâmica e materiais sintéticos.

*Fonte: http://penta.ufrgs.br/~evelise/DSuper/conceit.htm

Bom, lá fui eu bisbilhotar as criações do Wagner no blog que ele mantém, o Padronagens e afins. À princípio, escolhi as três padronagens que mais me agradaram sem me importar com as tonalidades, porque ainda não tinha uma idéia clara do que pretendia. Ele mandou os arquivos vetoriais dos três modelos que pedi e, depois de imprimir o material e medir a bandeja, cortei retângulos no formato da sua base, que é de 17 cm x 30 cm. Aliás, preciso deixar claro aqui que o Wagner só me “emprestou” os desenhos porque é meu amigo. Seu trabalho é vendido no Brasil e no exterior.

Antes de decidir a cor da tinta que usaria para pintar a madeira, resolvi fotografar cada padronagem separadamente para depois escolher a que mais me agradava.

Analisando as fotos, optei à princípio pela padronagem com fundo azul turquesa e frutinhas nas cores laranja e roxo. Achei que a estampa tinha tudo a ver com a minha cozinha, que tem três paredes brancas e uma outra revestida de pastilhas de vidro na cor laranja. Foi aí que lembrei de como esses dois tons estavam despertando minha atenção ultimamente e resolvi apostar na mistura!

Resgatei meus potinhos de tinta plástica que estavam de castigo num armário dentro da área de serviço. Eles tinham sido usados pela última vez há mais de um ano, quando resolvi experimentar a pintura em cerâmica. A atividade me agradou por algum tempo, mas logo percebi que não era algo que me empolgasse muito. Até tinha pensado em doar as tintas que sobraram, mas acabei esquecendo delas por um bom tempo. Primeiro separei quatro tintas que combinavam com a padronagem escolhida: dois tons de marrom, um laranja e outro azul turquesa. Como eu queria ousar, decidi pela última opção porque achei que o resultado seria mais surpreendente!

Já escrevi algumas vezes aqui no blog que não tenho muita paciência pra detalhes… Sei que antes de pintar, eu deveria ter lixado toda a superfície, passado massa corrida pra corrigir as imperfeições e depois, lixado de novo. Mas minha ansiedade e vontade de ver logo a coisa pronta me fizeram suprimir essa etapa do processo! É claro que o resultado final poderia ter sido melhor, a madeira poderia ter ficado livre de alguns calombos e farpas, mas achei o resultado satisfatório. Dei duas demãos de tinta na bandeja e depois passei uma camada de verniz semi fosco pra fixar a cor. Quando a pintura ficou pronta, fui procurar no blog do Wagner outras padronagens que continham esse tom de azul turquesa e ele me mandou os novos arquivos por e-mail. Mais uma vez, imprimi, cortei e fotografei as impressões dispostas na bandeja.

Essa última foi a que mais gostei por causa da combinação de laranja, azul e marrom, que neutralizou um pouco a vibração do conjunto. Pronto: estava decidida qual seria minha padronagem principal! No dia seguinte, levei a bandeja à vidraçaria mais próxima de casa e pedi para cortar um pedaço vidro com 3 mm de espessura, num tamanho um pouco menor do que sua base. O vidro deu o toque final na peça, protegendo a impressão. Desse modo, é possível trocar a padronagem de tempos em tempos e usufruir de várias bandejas diferentes numa só: confira o resultado!

Essa é a parede laranja da minha cozinha. Acho que a bandeja vai ficar por aqui mesmo, organizando meus temperos, como mostro na segunda foto abaixo.

Mas também posso usá-la na sala pra servir petiscos, café, chá ou até um espumante geladinho para os meus amigos!

O melhor de tudo é que ganhei uma bandeja “nova” por apenas 5 reais, que foi o preço do pedaço de vidro! E você, tem na sua casa algum objeto meio velhinho, desbotado e sem uso, encostado num canto do armário? Que tal desenvolver um projeto de reciclagem e voltar a usá-lo com muito charme?

Um beijão e até a semana que vem!

assinatura

31 comentários:

Nicinha disse... [Responder comentário]

Olá kátia,
Adoro decoração, principalmente o jogo das cores.Contraste, significado, psicologia e suas caracteristicas, sempre gostei de estudar o uso das cores em ambientes e objetos decorativos.
Ficou linda a bandeja, você é muito criativa. Eu tenho uma caixa que será transformada como peça decorativa na varanda para uso da minha hortinha.
Muito bom aprender com você, ficou um charme a bandeja.
Bjs Nicinha

Fefe disse... [Responder comentário]

Katia,

Esta bandeja ficou lindissima! Ultimamente estou em um momento azul e laranja é uma das cores preferidas!

Agora, venha cá, que bom que é ter amigos de boas influências como esta, hein? Adorei todas as estampas!

Verônica,

Obrigada pela visita ao blog!Um grande bjo

Fefe

Ana Carolina Peixoto disse... [Responder comentário]

Katia, a bandeja ficou linda! Queria eu ter essas habilidades. Fui tentar fazer uma caixinha para minha filhota... meu marido que acabou terminado para mim. Ele tem muito mais jeito para trabalhos manuais. Mas quem sabe com persistência... um dia eu chego lá!
Continue ensiando/estimulando a gente.
Bjs, Carol

Lucia Laureano disse... [Responder comentário]

Katia,
Adorei te ver com a mão na massa novamente!
Seu post com ideias de artesanato são os que eu mais gosto!
A bandeja ficou simplesmente linda!!!
Parabéns!!!
beijos,

Ana Rivera disse... [Responder comentário]

Nossa... ficou muito linda!
Para ter certeza que algumas cores combinam entre si, só mesmo com o resultado final! Adorei!
Bjos

Mari disse... [Responder comentário]

Amei, Bonfinha!! Muito lindo!!!
Wagner, lindas padronagens, como sempre!! Parabéns!!
beijocas!!

Rosi disse... [Responder comentário]

Prendada essa moça!!!
Sabe que o azul e o laranja eram minhas cores prediletas durante a infância, o laranja eu abri mão, mas o azul continua tudo de bom.
Adorei a bandeja, linda!

Karla Lemos disse... [Responder comentário]

Kátia, tenho que aprender a sua organização... tão didática. Adorei as padronagens do Wagner. As combinações, voto na segunda. A idéia de reciclar, é moderna... vamos todos dar um repaginada em casa, nos acessórios e móveis... Uma casa nova, cheias de boas energias, criativa. Vamos tentar. bjs

Wagner disse... [Responder comentário]

Realmente, o resultado foi surpreendente, Bonfa. Azul turquesa e laranja usados conjuntamente me agradam muito. Mas o que achei mesmo interessante na sua "repaginada" foi a possibilidade de trocar as padronagens de fundo, tendo sempre uma bandeja diferente! Muito legal também ver que minhas padronagens funcionam adequadamente para este tipo de trabalho.
Adorei as fotos do passo-a-passo.
Beijo!

Natália disse... [Responder comentário]

Olá Kátia!

Gostei da sua bandeja....ficou linda! E relx, nem dá para ver que vc não lixou e afins,rss

bjokas

Simone Azevedo disse... [Responder comentário]

Katia lindona adorei o jogo da cores que voce utilizou no artesanato ficou muito bonito.

Bjks
Simone Azevedo

Babi Mello disse... [Responder comentário]

Oi Kátia a reforma da bandeija ficou linda. Realmente esse blog me inspira e não vejo a hora de colocar em prática algumas coisas que me inspiraram por aqui.

Verônica respondendo as suas perguntas.
Curiosidade 1: não trabalho em nenhuma agência, trabalho na assessoria especial de comunicação do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso.
Curiosidade 2: Não temos redatores, normalmente leio o material que me mandam, ou faço o briefing com a unidade que solicita e diante disso crio conforme o que eles me falam. Às vezes uma jornalista corrige algum erro de português aqui ou ali, mas sou eu quem faço tudo. Brifo, crio, escrevo, e fecho a arte. E a cada dia que passa fico mais responsável por todas as peças de comunicação interna do órgão onde trabalho. O jornal mural onde estão os 9 cartazes de A3 são todos criados por mim. E as vezes faço freelance como no convite de casamento e outras coisas que vão aparecendo, mas de coração, sou apaixonada por marketing que tenho ênfase e atualmente estou fazendo uma MBA, mas não posso negar que a publicidade é fascinante.
Espero ter respondido as suas perguntas.
Agora quem ficou curiosa foi eu, porque vc me fez essas pergutas?
Bjocas!

João Luis Guedes P. Pereira disse... [Responder comentário]

Kátia, a idéia foi super-criativa. Eu que vi bandeja antes, posso dizer a sua roupagem deu um cara completamente nova e alegre pra ela!! As cores, padronagem e execução foram perfeitas!! Parabéns à você e ao Wagner que gentilmente cedeu as padronagens dele pro seu trabalho! Post sempre muito bem ilustrado e detalhado!! Excelente!! Bjs!

Rafaela disse... [Responder comentário]

Lindo, ficou muito legal!
Adorei o passo-a-passo e as dicas... sem falar das fotos!

inspirador!

Isabel Cristina disse... [Responder comentário]

OI Kátia, mas esta bandeja ficou muito linda! Difícil escolher qual combinação mais bonita, mas vc escolheu muito bem! Se blog é cheio de coisas lindas, adorei! Obrigada pela visitinha. Beijos

Janice disse... [Responder comentário]

Kátia,
sua bandeja ficou lindíssima, aliás, como tudo o que você faz!
Beijo:)

Débora Fouraux disse... [Responder comentário]

Oi Katia! tudo bem? sua bandeja ficou LINDA! adoreii! parabéns! e o melhor de tudo foi poder reciclar e não gastar muito né?! beijinhos

Cláudia Ramalho disse... [Responder comentário]

Não bastasse a beleza da peça, ainda somos brindadas com uma aula sobre cromologia! Amei a postagem. Parabéns. Eu gostei de todas as opções mas, particularmente, adorei as duas primeiras.

Ge Rocha disse... [Responder comentário]

Que mistura linda hein Kátia, adorei. muitas vezes temos medo de fazer essas misturas com medo de errar, mas ficou ótimo, perfeito!

Anna disse... [Responder comentário]

Adorei, o importante e uma boa criatividade, parabéns.
Beijos

Verônica Cobas disse... [Responder comentário]

Gosto muito das padronagens do Wagner. Acho que ele é um artista muito talentoso. Junto com você, então, o negócio só pode ser bom. Além de tudo, você sabe o quanto gosto de cores opostas, o quanto torço para que produzamos trabalhos com laranja e azul...
A bandeja teve um upgrade absurdo. E gostei muito da ideia de pintá-la em azul. Nem de lupa eu perceberia que você não lixou.

Lindo mesmo. bjss

Beta Bernardo disse... [Responder comentário]

Katita... LINDO!!!
Não só o resultado, mas a ideia, a concepção, a elaboração. Isso é o mais bacana de tudo! O sucesso do resultado vem a reboque com a satisfação e a critividade de fazer.
Bom demais deixar a preguiça de lado... porque acho que esse é um dos maiores males que nos limita a alçar voos maiores!
Sucesso!!!
Bjks, Beta

Ruby Fernandes disse... [Responder comentário]

Tô passada e engomada! Post digno de Martha Stewart! A bandeja ficou incrível e achei bárbaro você ter essas lindas outras opções de padronagem para trocar.
Fiquei encantada por uma delas que parece ladrilho hidraulico.
Parabéns você arrasou.
Bjokas

Lucila Zahran Turqueto disse... [Responder comentário]

Kátia, adorei! Tenho um pouco de receio em me meter neste universo e fazer peças mal acabadas, mas com o passo a passo acho que vou me arriscar. Bjs

Claudia disse... [Responder comentário]

Eu gosto de azul e laranja. A bandeja ficou linda! Como sempre, muito capricho! rs.rs.
bjks

Liziane Milgarejo Vieira disse... [Responder comentário]

Oi Kátia! Adoro essa combinação de cores, fica sempre bem alegre, né? E a bandeja ficou show! Parabéns!

Fabi Carvalhos disse... [Responder comentário]

Kátia! Meus Deus! Sempre se superando e surpreendendo. AMO estas cores, e o projeto super bonto. Uniu o q adoro fazer, pensar combinação de cores, padronagens, reciclagem, pintura, e decoração. BOM DEMAIS! Parabéns! Ah, e muito obrigada pelo elogio! Estou começando e recebê-lo de uma craque como vc é muito bom p/ meu ego. :) Kátia, tô quebrando minha cabeça p/ criar um logo p/mim. Toparia este projeto? Bjs, Fabi.

Lucila Zahran Turqueto disse... [Responder comentário]

Katia, que delícia! A festa que fiz tb foi na casa dos mes pais. Pena que não moramos na mesma cidade, pois poderia te emprestar os balões, cestos, etc... Vai com fé e se inspire nas fotos, claro, será uam honra. Só não esqueça de postar as fotos da festa para o nosso deleite rssss. Bjs

Aline Amthor disse... [Responder comentário]

Oi Katia!
Que liiiindo!
Adoro quando vc coloca a mão na massa, sempre me dá alguma boa idéia!
Eita Martha Stewart brasileira!
Bjsss

Joaninha Bacana disse... [Responder comentário]

Uau, ficou muito lindo!!! Eu fico sempre impressionada com a criatividade de vocês :-)))
E, legal o conceito de Surface Design, eu nao conhecia!!!
Beijos, Angie
P.S. Eu também fico acabada em vôos longos, e nao durmo nem um minuto. Mas, como nao há diferença de fuso horário, até que deu pra encarar legal o dia de aula logo depois do vôo (sim, até porque eu nao tinha outra alternativa, hehehe).
P.S.2 Eu adoro turquesa!!!!! :-)

Lyre Fabretti disse... [Responder comentário]

eu amo esse post porque essa junção do laranja + turquesa é realmente muito vibrante, instiga a criatividade. Utilizei na decoração do meu casamento e ficou muito bonito!

Related Posts with Thumbnails