segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Canapé de creme de gorgonzola com pêra ao vinho

Vocês lembram que eu tinha prometido testar um canapé de gorgonzola com pêra ao vinho no dia da degustação de cervejas? Pois é, na véspera eu estava super cansada e acabei desistindo, ou melhor, adiando o “experimento” pra essa semana. Separei alguns quadraletes vazios e deixei-os na despensa esperando o dia certo pra testar a receita original que vi aqui.

É claro que com minha preguiça, falta de talento culinário e déficit de atenção, eu sempre dou uma “adaptada” nos ingredientes ou no tempo de preparação e acabo deixando as medidas certas de lado e fazendo tudo “de olho”. Pois é, essa postura é fatal na cozinha. Quase tudo que eu faço dá meio errado, fica gororobento, com aspecto estranho, sem sal, ou cheio de sal, apimentadíssimo ou sem sabor etc. Mas eu não desisto… volta e meia vou pra cozinha testar alguma receita classificada como “fácil” em sites sobre culinária. Bom, essa foi uma delas.

Comecei pelo gorgonzola, que o Marcelo havia comprado para o dia da festinha. Eu adoro queijo e acho que o gorgonzola é o meu preferido! Gosto muito da marca que normalmente compramos numa lojinha perto de casa. Vou procurar saber qual é, nunca lembro o nome...

Separei os ingredientes necessários à minha adaptação da receita original: gorgonzola, pêra bem dura, uma taça de vinho tinto seco e açúcar.

Cortei a pêra ao meio e coloquei-a numa leiteira com o vinho e o açúcar. Quanto de açúcar? Não tenho ideia… fui colocando aos poucos e provando, até achar que o vinho estava suficientemente doce. Deixei o fogo baixo e fui preparar o creme de gorgonzola.

Coloquei o pedaço de gorgonzola numa tijela pequena com mais ou menos 100 ml de leite integral e deixei-a no microondas por dois minutos.

Quando tirei a tigela do microondas, o queijo estava derretido, mas ainda continha pequenos pedaços, e o que fiz em seguida foi mexer a mistura com uma colher para que ficasse mais homogênea. Depois acrescentei um pouco de pimenta do reino moída na hora e mexi mais um pouco.

Separei os quadraletes num pratinho só pra ficarem bonitos na foto!

E preenchi-os com o creme de gorgonzola.

Esperei a pêra ficar avermelhada, mas não muito mole, e raspei algumas fatias utilizando uma espátula de queijo.

Depois, só precisei dar uma enroladinha nas lascas de pêra e posicioná-las no topo dos canapés.

Mas a melhor parte da receita aconteceu no dia seguinte e foi por acaso. Sobraram alguns quadraletes recheados do dia anterior que guardei na geladeira. Resolvi aquecê-los e ao mesmo tempo, esquentei a pêra com o resto do vinho, mas achei que precisava colocar um pouco mais de açúcar. Deixei a mistura no fogão enquanto respondia a alguns e-mails e… esqueci da panela!!!!! Quando percebi, dei de cara com um vinho caramelado e uma pêra completamente roxa!

Mas sabem que o resultado foi bom? O vinho caramelado e doce ficou uma delícia por cima da fatia de pêra!!!! Dessa vez, mesmo fazendo tudo errado, a receita deu certo!!!! Finalmente!!!!

Beijão pra vocês e um ótimo dia!!!

Bonfa ass

32 comentários:

Rita Vieira disse... [Responder comentário]

Que mulher chique!

kkkkk....adorei a história do errado que deu certo! rsrrsrss...beijo e ótima semana pra você!

Babi Mello disse... [Responder comentário]

Ai Katia gostei do queijo derretido, sou amante de queijo também e qualquer hora vou fazer isso por aqui e basta vc praticar para ficar boa na culinária.
bj!

Fernanda Furtado disse... [Responder comentário]

Oi Kátia, tudo bem?
Para quem não tem dotes culinários como você diz, você cozinha muito bem! Algo que tenho aprendido com você é sair do básico e dar uma inovada no cardápio, com alguns ingredientes mais sofisticados e muita imaginação. Te agradeço por isso.
Sou uma colecionadora inveterada de receitas e adoro prepará-las, essa vai pra minha pastina de Receitas para Testar com Urgência.
Beijos!!!

Wagner disse... [Responder comentário]

Quanto ao gosto, vou acreditar no que você disse, Bonfinha. Mas o aspecto estava ótimo!
E, realmente, muitos "acidentes culinários" podem ter resultados surpreendentemente bons — sorte a sua desta vez (mas é bom não abusar, he he he...)
Ah, adorei as fotos! Ficaram com uma luz bem legal! Foram feitas sobre a mesa da cozinha?

Beijo!

Carol Silva disse... [Responder comentário]

Mais essa menina além de tudo ainda sabe fazer delicias gastronômicas!!
É muito prendada meesmo!

Deve ter ficado tão gostoso quanto lindo!! :)

Beijoos

Renata disse... [Responder comentário]

Tenho uma receita muito parecida, mas com o queijo camembert! Ainda não tinha feito pois esse queijo é difícil de achar e bem carinho, mas com gorgonzola (meu queijo azul preferido!) animei demais! Bjos

Mari disse... [Responder comentário]

Bonfa!!! Nossa, deu vontade de experimentar! Hmmmmm!!! Será que consigo errar pra acertar? rsrsrs!!!
beijocas e parabéns pela experiência bem sucedida!!!

Prosopopéias Cintilantes disse... [Responder comentário]

OI, Kátia
Também costumo fazer coisas "de olho", mas geralmenteessas receitas só existem mesmo na minha cabeça. Quando vou fazer alguma receita que já exista, eu sigo tudo direitinho...
Adoro gorgonzola, também é o meu queijo favorito!
e acho que a sua receita que deu errado deve ter ficado bem gostosa!
Beijos,
Stela

Marta disse... [Responder comentário]

Katia.. que simples de fazer.. achei que fosse mais difícil. adorei!
O engraçado é ver vc diz suas aventuras na cozinha! Uma comédia!
Beijocas

Flávia disse... [Responder comentário]

Katia, divertisíssimo seu post culinário!

Conta a verdade, a última foto é do Wagner, certo? rs rs

Vou testar sua releitura de Canapé de creme de gorganzola com pera ao vinho, mas vou trocar o gorgonzola por Gruyère, que é o meu preferido.

Depois te conto!

Bjsss e boa semaninha...

João Luis Guedes P. Pereira disse... [Responder comentário]

Hummm, que delícia essa receita!! Adoro também gorgonzola!!! E o bom é que é uma receita bem fácil e prática!! E os quadraletes então, dão todo o charme ao encanto visual do prato! Legal!! Parabéns! bjs

Roberta Mollica disse... [Responder comentário]

Katia, fiquei aqui com água na boca! Realmente o canápé na última foto está com uma cara maravilhosa! bjs!

Kaka Antunes disse... [Responder comentário]

Hummm está com cara ótimo ... se tivesse bons dotes culinarios bem q me arriscaria

BubbleDesign/Bruno disse... [Responder comentário]

oi katia como vai?
nossa essa ultima foto realmente ficou com uma cara muito boa!!rs*
errando é que se acerta né ..rsrs*

abraços

Thalita Godoy disse... [Responder comentário]

Katia que canapés mais chiques...olha que eu não sou muito de misturar doce com salgado, mas ficou com uma cara muito boa!!!!
Bjs

Lidiane Vasconcelos disse... [Responder comentário]

...kkkk...
Eu também só testo receitas, quando testo (diga-se de passagem), quando a classificação é “fácil”... ehehehe...

Parabéns pelo acidente que deu certo! :D
Não me recordo de alguma tragédia na cozinha ter se revertido em algo positivo comigo. Acho que teu futuro por esses domínios é bem mais promissor que o meu, hein?! ;)
Kátia, muito obrigada por oferecer sua ajuda para o caso de eu começar a me descabelar. Eu sei que posso contar com você. :D

Quanto ao convite, por favor, relaxe. Pode ser quando você puder, viu? Não existe pressa alguma, e nem é preciso se desculpar por nada, bonita. ;)

Verônica Cobas disse... [Responder comentário]

Nossa, que coisa com cara boa!!! Na verdade, acho quase impossível não der certo uma mistura de gorgonzola, com pera e vinho. Mas, para variar, ficou original, bonito de ver, de fotografar.....e de comer!!!! Só falta aprender um canapé egípcio!!!

bjs

Miriam disse... [Responder comentário]

Oi Katia, adoro entrar aqui e ver a maneira como vc recebe, como arruma a mesa. Sou fã. Parabéns pela receita. Me diz aonde eu encontro esses quadraletes, vou receber um grupo de amigos no meu aniversário e queria algo que ficasse charmoso. Tbém moro no Rio de Janeiro, daí pensei que poderia comprar essas coisas asssim. Tenho me inspirado no jeito como vc recebe.
bj

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

Vê, esses são meus planos mesmo!!!! Vamos combinar uma HH Egípcia e vou tentar trazer algumas coissinhas típicas e exóticas!!!!! Obrigada pelos elogios!!!!

Miriam,

Obrigada pelo comentário! Comprei os quadraletes no supermercado Farinha Pura, que fica dentro da Cobal do Humaitá. Eles ficam perto da seção de pães. Imagino que você também consiga encontrá-los em delicatessem e talvez, no Zona Sul. Beijos e boa festinha!!!

Bird learning to fly... disse... [Responder comentário]

Divinamente divino!

Que pecado isso Katia...rsrsrsrs

Otima idéia para canapés de fim de ano, nao?

bjocas

Kaira disse... [Responder comentário]

Katia, o que será que eu podia botar no lugar da pera que não fosse doce?
Não consigo, já tentei e meu paladar não aceita...rsrs...
Será que presunto de parma ficaria muito forte?
Bjs!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

Kaira, acho que presunto de parma ficaria uma delícia!!!! Aliás, é uma ótima ideia, hein? Adorei!!!!! Beijos!

Patricia Haddad disse... [Responder comentário]

Ok, depois de muito resistir, venho aqui fazer o tão prometido comentário. Sabe o que mais gostei nesse teu blog? O "Bonfa". Além de "Kate", outro apelido que usava contigo era o "Bonfa", mas depois do nosso reencontro na vida adulta não sabia se você ainda o usava, ou mesmo se gostava dele. Vê-lo aqui como nome do blog me fez voltar lá para a década de 80... Nostalgia pura. Tô adorando esse espaço, ler suas aventuras, ver suas artes. Quero ver sempre mais!

Patricia Haddad disse... [Responder comentário]

Ah, sim, agora o comentário sobre esse post. Eu não gosto de Gorgonzola. Pra mim, é "queijo com bichinho" (rsrsrs). Mas a ideia é fantástica e vou tentar adaptá-la qq dia. A pêra ao vinho eu só conhecia como sobremesa, mas acho que ficou lindo! E vc dizendo que é desastre na cozinha. Tá parecendo aqueles canapés chiques que a gente comente em coquetel... chique! Parabéns! As quadraletes vc compra no Farinha Pura?

Rênia disse... [Responder comentário]

Nossa Katia, que lindo! Vou copiar nessa sexta e depois te conto como ficou! Beeeijos.

Renateca disse... [Responder comentário]

Querida,

estou pensando em fazer para o natal como tira-gosto.
mais ou menos qual a quantidade que você calculou por pessoa. uns 3?

beijos,
Rê (que estudou com você na faculdade)

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

Oi, Rê!!!!!! Legal você ter escrito!!!!! Ah, volta mais vezes, hein? Menina, sou péssima com esses cálculos e na verdade, sou normalmente exagerada!!!! Acaba sempre sobrando muita coisa, que depois vou comendo e/ou reciclando durante a semana. Mas acho que de 3 a 5 por pessoa seria uma boa média! Beijão!!!!!

Luiza Coelho disse... [Responder comentário]

Engraçado... o post é sobre culínária e o que mais me chamou a atenção foi você ter dito que tem défict de atenção... é verdade? É diagnosticada ou foi maneira de falar? Nunca fui diagnostica mas tenho certeza que sou dda ou... o que é mais grave TDAH... sobre esse esqueceras coisas no fogo ou simplismente esquecer qualquer coisa já passei por várias situações... nunca podemos afzer várias coisas ao mesmo tempo mas sempre fazemos e um desvio é fatal.. pra completar minha irmã gêmea tbm é... já esquecemos a chave na porta do nosso escritório umas cinco vezes de ela dormir na porta (obrigada anjinhos da guarda de plantão), ferro oligado, forno, etc. Uma dica que dou são os timers de cozinha (um bom pq os porcaria travam e não apitam) ou celular... coloco sempre ele pra despertar... hmmm beijinhos e boa viagem. P.S: como tenho TDAH adoro seus posts que são cheios de fotos... morro de dificuldade de ler textos corridos muito grandes... mesmo sendo de bastante interesse.

Luiza Coelho disse... [Responder comentário]

ah, esqueci de dizer: ficaram lindos os quadralets... devem ter ficados deliciosos! beijinhos!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

Oi, Luiza!!!! Legal seu comentário, obrigada por se abrir comigo. Eu nunca fui diagnosticada, mas tenho vários sintomas, inclusive, praticamente todos os que você descreveu. Também tenho pouca paciência pra ler textos grandes, mesmo se forem super interessantes. Tenho dificuldade de concentração e vivo fazendo e pensando em mil coisas ao mesmo tempo. Às vezes faço uma pergunta e não presto atenção na resposta porque meu pensamento já está em outro lugar. Eu era extremamente desligada, a ponto de eu ficar com raiva de mim mesma! Aos poucos, fui treinando minha mente pra ficar mais "ligada" nas coisas e acho que melhorei. Morro de medo de ter esquecido forno aceso e confiro mil vezes se o apaguei!!!! Somos parecidas, rsrsrsrsrs!!! Beijos e seja sempre bem-vinda!

Joaninha Bacana disse... [Responder comentário]

Amei a receita do belisquete: vou experimentar, e depois te conto :-)
Beijos, Angie

Veroninha disse... [Responder comentário]

AI AI... DARIA TUDO PRA SER COBAIA DESSES QUITUTSSSSSS.....

Related Posts with Thumbnails