quarta-feira, 14 de abril de 2010

Vivendo o sonho de morar na Austrália

Conheci a simpática e generosa Amanda há pouco tempo, enquanto navegava por esse fantástico mundo virtual que nos permite atravessar fronteiras e barreiras. Eu adoro trocar ideias, informações, dicas e, sobretudo, aprender. O aprendizado constante é uma das coisas que me faz amar ter esse cantinho que possibilita a interação entre tantas pessoas que passam por aqui para me visitar e deixar suas impressões! Essa energia toda circulando me faz tão bem!!!!! Descobri que a Amanda morava na Austrália e convidei-a para escrever sobre sua experiência nesse país que me parece tão rico culturalmente e que eu gostaria muito de conhecer algum dia. Fiquei muito feliz quando ela aceitou meu convite e me enviou um texto muito bem escrito recheado de belas imagens e algumas curiosidades.

Sendo assim, apresento a vocês minha querida convidada de hoje: Amanda Zanqui Freddi!

BONFACONVIDA

Primeiramente gostaria de dizer que é um grande prazer participar da seção BONFA CONVIDA. Admiro muito o blog da Katia, seu talento, sua criatividade, bom gosto e simpatia. Eu sei que a Katia é louca para conhecer a Austrália e, por isso, estou aqui para falar sobre minha vida morando nesta terra tão distante.

Meu nome é Amanda, nasci e fui criada no interior de São Paulo, em uma cidade linda chamada São José dos Campos. Atualmente moro em Sydney – Austrália com meu marido há mais de 2 anos. Vou contar como tudo começou...

Deixei toda minha família no Brasil, incluindo meu cachorro, para viver um sonho que sempre tive de morar no exterior, de morar em um país onde não existisse corrupção, desigualdade social e nem injustiça. Sempre gostei de estudar outras línguas, conhecer outras culturas, ver coisas novas e ver pessoas diferentes. Quando terminei o ensino médio, optei por fazer um intercâmbio, fui pra Nova Zelândia (aqui do lado). Fiquei apenas 5 meses estudando e conhecendo aquele país lindíssimo, e depois voltei pro Brasil. Foi a melhor coisa que tinha feito na minha vida naquela época.

Passaram-se quase 10 anos e a vontade de morar fora bateu na porta de novo. A Austrália se mostrou o país ideal: receptivo, amigável, belíssima natureza, ensolarado, quente, seguro e com boa qualidade de vida. Quando esse sonho brotou dentro de mim, eu estava namorando meu marido e já estávamos planejando nos casar, mas com um sonho desses tivemos que apressar o casório e foi o que aconteceu. Em Maio de 2007 nos casamos e em Setembro do mesmo ano aterrissamos na terra dos cangurús.

Texto_Sydney-1

Eu e meu marido e o Opera House

Texto_Sydney-2

Harbour Bridge e Opera House, os pontos turísticos mais famosos de Sydney

Que mudança de vida! Tivemos que nos adaptar a tudo como a língua inglesa e dirigir na mão direita do carro. Eu falava um pouquinho de inglês antes de vir pra cá, mas mesmo assim passei vários “perrengues” sem saber o que as pessoas estavam falando pra mim. O sotaque australiano é muito estranho!! E dirigir nem se fala, se não fosse pelo meu marido que insistiu muito eu não estaria dirigindo. Imagina um trânsito todo ao contrário... imaginou? É aqui. Nos primeiros meses só saía dirigindo com o meu marido bem ao lado para não correr o risco de entrar na contra-mão e nem subir na guia.

Texto_Sydney-2a

Mão direita

Texto_Sydney-3

George Street, uma das ruas do centro da cidade

Nas primeiras 3 semanas fomos recebidos por uma família australiana e ficamos na casa deles até encontrarmos um canto para morarmos. Eles foram simpáticos, mas não calorosos como os brasileiros são. No café da manhã tinha leite, café, torradas, cereal, frutas, depende do seu gosto, mas alguns comem ovos com bacon, lingüiça e tomate. Na hora do almoço, eles não almoçam como nós. Apenas comem um lanchinho ou uma salada. É a janta a refeição principal composta de carne, molho, batata e legumes, por exemplo. Algo leve se comparado ao nosso arroz e feijão de todo dia. E como senti falta do bendito feijãozinho nos primeiros dias! Não sabia onde comprar, não tinha panela de pressão e também não tinha aprendido a cozinhar direito, pois é, eu era recém casada...

Texto_Sydney-4

Acreditem ou não isso é café da manhã

Os australianos ainda não possuem uma culinária tradicional. O que se vê é uma culinária diversificada nos restaurantes por causa da imigração que tem crescido, por isso, tem muito restaurante italiano, grego, português, indiano, libanês, árabe, chinês, tailandês, coreano, mas nenhum australiano.

A diversidade cultural é enorme, andando na rua você pode ver pessoas de diferentes nacionalidades, muitas vindas da Ásia, Europa, Africa, Oriente Médio, América do Norte e Sul. Tudo isso misturado em uma cidade só. Às vezes consigo ouvir 3 ou mais idiomas diferentes dentro de um ônibus a caminho de casa.

O sistema de transporte público é constituído de trêm, ônibus e ferry (balsa). Deixando a desejar nos bairros mais distantes do centro por causa da escassez dos ônibus.

Texto_Sydney-5

Ferry

Hoje em dia estamos bastante acostumados com a nossa vida aqui, com o jeito australiano de ser. Trabalhamos e estudamos e, aos finais de semana, procuramos fazer algo diferente e prazeroso. Em relação a amizade, acaba sendo mais fácil nos relacionar com outros brasileiros que também moram aqui, pois assim dividimos as mesmas experiências, anseios, alegrias e dificuldades por estarmos distantes do nosso país de origem. Mesmo assim sinto falta do calor humano que tem no Brasil, aqui eles são um pouco frios e isso é algo difícil de se conviver. Uma coisa que nos ajuda muito a nos sentir mais acolhidos é a questão de fazer parte de uma igreja porque as pessoas estão sempre se reunindo, e então formamos mais vínculos, participamos das atividades e assim não nos sentimos tão só.

Texto_Sydney-6

Patinação no gelo com amigas da igreja

Texto_Sydney-7

A qualidade de vida é ótima, acho que essa é a diferença. É isso que muitos brasileiros vêm buscar aqui na Austrália. Segurança, ar puro, parques, praias, educação, organização e mais oportunidades. São por essas coisas que nos apaixonamos. Ninguém fica rico vindo pra cá. Porém, os salários são melhores comparando-se ao Brasil. Em qualquer emprego que não requer estudos e com 40 horas semanais, já ganha-se o suficiente para pagar o seu aluguel, contas e passear um pouquinho.

Texto_Sydney-8

Centennial Park

Texto_Sydney-8A

Centennial Park, um dos meus parques preferidos ao lado de casa

Em julho do ano passado tivemos a oportunidade de ver a neve em um lugar lindíssimo chamado Snowy Mountains. Foi minha primeira vez, fiquei encantada e com muito frio rs!

Texto_Sydney-9

Snowy Mountains

Texto_Sydney-10

Com os amigos nos divertindo na neve

Agora vou falar dos animais fofos que só tem aqui. Não vou falar das aranhas e baratas que tem aos montes... Mas então, quem nunca ouviu falar no famoso cangurú? Dizem por aí que a população deles é maior do que a humana aqui na Austrália, tanto que a caça é liberada...

Texto_Sydney-11

Eu dando comida pro cangurú

Texto_Sydney-12
E tem outro bichinho que eu acho uma gracinha e é muito dócil, o coala. Parece de pelúcia!

Vale lembrar que o dia da Austrália é comemorado todo dia 26 de janeiro, dia em que chegou a primeira frota de navios britânicos. É considerado um feriado nacional e o país inteiro fica em festa. Os australianos comemoram passando o dia em parque ou praias, mas sempre acompanhado de um churrasquinho.

Texto_Sydney-13

Comemoração do Australia Day

Para quem quer sair do Brasil e passear, a Austrália é um lugar fantástico! E em especial Sydney que possui os portos mais bonitos do mundo com praias, atrações turísticas e parque nacionais, todos de fácil acesso. Enfim, é uma cidade cosmopolitana, multicultural, que oferece muito entretenimento, festivais, gastronomia e compras. É bastante elogiada nos quesitos segurança e educação.

Texto_Sydney-14

Mona Vale beach e Festival no parque, faz-se um picnic com os amigos até o show começar, em plena cidade grande

Texto_Sydney-16

Darling Harbour

Texto_Sydney-17

Queen Victoria Building

Quando voltamos ao Brasil? Ainda não sei, mas quando for a hora estaremos de volta à Pátria Amada. Quero voltar a morar no Brasil sim, meu lugar é aí. Sinto falta da comida, da língua portuguesa, da alegria do povo, da música, da dança, do calor. Sem falar na família, faz tanta falta. A saudade dói e dói mesmo... O Brasil é um ótimo país. Nós brasileiros temos que acreditar no nosso potencial e lutarmos para mudar muitas coisas erradas existentes. Quando se está longe enxerga-se melhor.

Enquanto isso estamos aqui buscando nossos objetivos. Tudo na vida é conseguido com esforço e dedicação. O importante é manter o foco e ter muita paciência! Se tem valido a pena? Sim, muito!! Tenho me conhecido mais e sei de longe o que é importante para mim. Aprendizado e experiência de vida não tem preço!

………………………………………….

Vocês podem conhecer mais sobre a Amanda e sua deliciosa aventura na Austrália no blog http://alicercada.blogspot.com/

Muito obrigada por ter aceito meu convite, Amanda, e por nos presentear com seu delicioso texto! Adorei sua última frase e concordo plenamente com ela! Acho que é por isso que gosto tanto de viajar. Quem sabe nos encontramos pelas ruas de Sidney em breve?

Beijos e um ótimo dia pra todos!!!!

Bonfa ass

25 comentários:

Amanda Zanqui disse... [Responder comentário]

Ai que emoção ver um pedaço da minha história sendo mostrada aqui!! Obrigada linda! Bjs

Gi - Oh So Jolly! disse... [Responder comentário]

Kátia, a Amanda é minha conterrânea =) tbm sou de São José dos Campos. O Blog dela é muito legal e ela é uma fofa, já conhecia =)

Adorei a história!

Bjoca

Rosi disse... [Responder comentário]

Bonfa

Conheço o blog da Amanda, essa pessoa ótima que contou a sua história de uma maneira muito legal.

As fotos dão aquela vontade boa de visitar o lugar, que por sinal é belíssimo. Adorei.

Parabéns, Bonfa pela ótima escolha.

KALANGA BRAZIL/ disse... [Responder comentário]

Oi Bonfa, teu blog é M.A.R.A.V.I.L.H.O.S.O!! É tudo que tô precisando neste momento. Menina, vou me dividir entre Alemanha e Reino Unido não sei por quanto tempo.Viajo este mês de abril. Já te linkei e estou te seguindo, depois passa lá na minha casinha tb. Bjs

PS¹ Se precisar de umas fotinhas do meu novo mundinho te envio por e-mail.

Ana Maria disse... [Responder comentário]

muito bom ler histórias de vidas como a da Amanda. Admiro pessoas assim, pois eu não gostaria de morar fora e principalmente num lugar tão longe!! Mas tudo é aprendizado, amadurecimento. Gostei do post.
Tenho certeza que estás te divertindo na viagem. Bjs

Babi Mello disse... [Responder comentário]

Katia, muito legal esse post falando da aventura da Amanda em morar em Sidney sabe fique com vontade de ir para lá pela multiplicidade de raça e cultura, interessante.
E será onde vc está nesse exato momento?
bjocas!

Bird disse... [Responder comentário]

E sempre bom conhecer outras culturas e saber como brasileiros se entegram nelas!

Adorei!

Beijos e até mais!

Larissa L. disse... [Responder comentário]

Que legal esse depoimento! Essa frustração quanto ao nosso país também me perturba, mas penso em morar num lugar mais tranquilo por aqui mesmo...
Bj

Márcia Oliveira disse... [Responder comentário]

Oi Kátia é minha primeira vez aqui e adorei o que vi e li.A Amandita é uma fofa e amiga minha.A conheci aqui neste mundo blogger e a admiro muito.Muito legal este seu espaço para entrevistas e comovente ao mesmo tempo.Adorei tudo e vou te seguindo.Beijo de luz no coração!!!

Coisas da Gigi disse... [Responder comentário]

Bonfa, voltei e agora que vi isso tudo: PRECISO MORAR NA AUSTRÁLIA! Sempre admirei muito o lugar, agora mais ainda.
Linda dá uma passadinha lá no blog tem uma seção desaperto que é pra ajudar a amiguinha blogueira aqui. Bjs

Débora Fouraux disse... [Responder comentário]

Oi Katia! A Amanda parece ser uma fofa, linda a história dela! adorei! Poderosa está em Munique ne?! uahuahuah aproveitaaa! Beijosss

Marta disse... [Responder comentário]

Adorei a entrevista e as fotos! Deve ter sido mesmo uma grande mudança: casar e mudar de país! Mas que bom que encontrou pessoas queridas e está se adaptando aos poucos a nova realidade, que parece ser ótima. A distância da família deve ser a pior coisa, só de pensar de ficar longe de meus pais dá um aperto no coração, e olha que todo o restante da família mora em Portugal (eu moro no Rio).
Beijocas e vou olhar o blog!!!

Tatiane Garcia disse... [Responder comentário]

Oi Katia, vim prestigiar a fofa da Amanda!!! q blog lindo vc tem...quantas coisas bonitas e coloridas! Parabéns!!!

Simone Scharamm disse... [Responder comentário]

Oi, Kátia,
Espero que esteja se divertindo muuuuuito!!!
Ótima a entrevista com a Amanda! É maravilhoso conhecer outras culturas e ir atrás dos nossos sonhos! Parabéns ao jovem casal, pela coragem e determinação!
Beijos!

Gina disse... [Responder comentário]

Muito legal conhecer a experiência de quem vive fora do país. Lindas imagens!
Minha filha morou na Espanha e nas Filipinas. Chegou a fazer um blog contando a vivência dela, muito bacana.
Qualquer dia vou contar no blog, mostrar as comidas e as curiosidades.
Bjs.

Luciana Casado disse... [Responder comentário]

Que máximo esse Bonfa Convida, adorei conhecer um pouco mais sobre Sydney e tb sobre a Amanda, adorei ler as suas experiências!!!
Bjus, Lu

Leticia disse... [Responder comentário]

Adorei as fotos! Tenho uma grande amiga que mora em Sidney e ela ama de paixão.
Pretendo um dia ir visitá-la e aproveitar para conhecer a cidade, né?
Beijos
lelê

*-._.-* Anita *-._.-* disse... [Responder comentário]

Saudades amiga...ando tão sem tempo que não ando visitando os amigos(as) como se deve... mas assim que pude, corri pra cá...

Seu blog como sempre lindo! e esta postagem eu achei divina... as imagens, o texto... como sempre um bom gosto...

bjsssssssssssss

Nômade Trilhas disse... [Responder comentário]

Que legal! Gosto muita vontade de conhecer a Austrália também.

Kátia, já vi o tamanho da sua caneca de degustação de cerveja. Bem modesta. rsrsrs.
Aproveite bastante a viagem.

Beijin.

Karina Machado disse... [Responder comentário]

Adorei!
Moro há quase 5 anos na Austrália, mas em Western Asutralia, Perth!
Posso dizer que é MUITO diferente de Sidney.
Perth é uma cidade "provinciana". Adorável...cidade grande com cara de cidade do interior!
Beijinhos,
Karina

Marta disse... [Responder comentário]

Katia, tem selinho para vc no meu blog. Sei que vc não participa desses selinhos, mas eu tinha que oferecer a você assim mesmo :)
Beijocasss e saudadesss

Jen of Made By Girl disse... [Responder comentário]

WOW wonderful travel pictures! Puts me in a traveling mood...I need a VACATION.

Jen Ramos
www.madebygirl.com
madebygirl.blogspot.com

LuLu disse... [Responder comentário]

Oi :) estou feliz, o final de semana está chegando :).

A história da Amanda me fez lembrar a minha, quando saí de Portugal (sou portuguesa) e decidi morar no Brasil, sozinha (com o meu cachorro). Tinha 23 anos.

Beijão!

Jakeline Magna disse... [Responder comentário]

adoroooo a amanda e saber um pouquinho sobre a sua vida demais... adoreiii e lindas fotos... aiii que invejinha boaaaaaa... quero ir para australiaaaa...

Lidiane Vasconcelos disse... [Responder comentário]

Amanda e Kátia! Parabéns pela parceria nesse post. Foi acertadíssima! Achei muito interessante saber um pouco mais da Austrália. Muito do que vi e li por aqui eu não conhecia, e fiquei com vontade de dar um pulinho lá. :)

Quem sabe? Quem viver, verá! :D

Related Posts with Thumbnails