terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

A Caixa

Vocês acharam o título desse post intrigante???? Sim? Não? Era esse o meu objetivo porque foi assim que classifiquei a caixa com um pequeno botão que encontrei em cima da mesa do EMPÓRIO CANELA,  um mix de restaurante/livraria/loja de artesanato em Canela, RS: intrigante. Tá certo que a ilustração e a palavra “garçom” entregavam a utilidade desse artefato, mas eu “viajei na maionese” ao me deparar com a novidade. Foi inevitável lembrar de um episódio do programa que eu mais gostava de assistir nos anos 80: o “Além da Imaginação” ou Twilight Zone, em inglês. Querem saber o motivo? Basta continuar lendo esse post misterioooooooso…

Há dois anos estivemos em Canela e Gramado durante o Carnaval e resolvemos repetir a experiência em 2012. Não somos cariocas típicos e preferimos “fugir” da folia nos refugiando em lugares mais tranquilos. A Bárbara Kreutz Pustai comentou o seguinte no meu Facebook: “Com tanta programação que vocês fazem por essas bandas, deveriam se mudar pra cá! :) Estamos esperando :D hehehe”. Barbara, meu sonho de consumo é morar no bairro Planalto, em Gramado, quando me aposentar, rsrsrsrs!!!! Quem lê o blog há algum tempo, já percebeu que troco a praia pela serra frequentemente, que adoro frio e que tenho achado que chuva pode ser uma coisa legal. A serra gaúcha tem casas lindas com jardins impecavelmente tratados, sem muros, cercas ou grades nas janelas, como estou acostumada a ver no Rio. É uma realidade completamente diferente do meu cotidiano e eu sou muito grata de ter nascido no Brasil, esse país que é absolutamente eclético e diversificado!!!!

O EMPÓRIO CANELA me conquistou de cara. Como designer, eu presto muita atenção a minúncias e o slogan do restaurante me encantou: “Livros, Sabores e Achados”. Hummm, que interessante!!!!! A decoração tem tudo a ver comigo: mistura de peças clássicas com algumas modernas e outras artesanais. Mas o principal é perceber a atenção e o cuidado com a ambientação. Na foto acima, vocês podem ver uma amostra da arrumação do banheiro feminino. É tudo planejado com tanto carinho e ênfase nos detalhes que é natural estendermos essa impressão à cozinha do restaurante.

Adoro esse trecho da frase do Antoine de Saint-Exupéry: "Eis o meu segredo: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos. Os homens esqueceram essa verdade, mas tu não a deves esquecer. Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas." Lembram de “O Pequeno Príncipe”?????

O cardápio do restaurante imitava um jornal e, além da lista de petiscos, pratos principais, sobremesas e bebidas servidas na casa, havia jogos e brincadeiras na última página da publicação. Pedimos uma cerveja CORUJA ALBA, do tipo Weizen (de trigo), da qual gostei muito. A garrafinha bojuda de 600 ml veio em um pequeno balde de gelo feito em acrílico transparente. Um charme!!!!

Para comer, dividimos uma sopa de queijo com cogumelos acompanhada de torradinhas. O petisco D-E-L-I-C-I-O-S-O me lembrou muito os fondues com cogumelos que experimentamos na Suíça. Taí uma boa ideia pra festa que pretendo organizar no meio do ano!!!!

Voltando à misteriosa caixa do início do post, descobri que ela era simplesmente uma maneira de sinalizar que o cliente deseja ser atendido por um garçom. No meu caso, apertei o botão quando terminamos a refeição para pedir a conta. Mas antes elogiei o artefato e perguntei como funcionava, já que só vi uma luz vermelha se acender e não escutei som algum. A gentil atendente me explicou que havia um painel eletrônico ao lado do bar que registrava o número da mesa que estava “chamando”. É uma ideia tão simples e prática que achei curioso o fato de eu nunca ter visto nada parecido nem no Brasil nem no exterior. O mais interessante é que tínhamos desistimos de comer em outro restaurante nas proximidades porque esperamos 15 minutos para sermos atendidos e ninguém apareceu. Se o tal restaurante possuísse esse recurso, provavelmente não seríamos ignorados por tanto tempo e teríamos permanecido lá.

Penso que a caixa é uma ótima solução para lugares grandes, cheios e barulhentos, nos quais é difícil ser percebido por um garçom. Mas esse não era o caso do EMPÓRIO CANELA, um restaurante charmoso com jeitinho de bistrô, simples e aconchegante, que tinha jazz como som ambiente e fica pertinho da CATEDRAL DE PEDRA, uma das maiores atrações turísticas da cidade, construída em estilo gótico inglês (foto abaixo).

O programa “Além da Imaginação” (Twilight Zone) era exibido à noite na Rede Globo nos anos 80 e eu simplesmente adorava as histórias criativas contadas na série de suspense. No dia seguinte às exibições do programa, o papo no colégio girava em torno do episódio mais recente, mas havia um que eu nunca consegui assistir: BUTTON, BUTTON, baseado em um conto do escritor Richard Matheson.

A história gira em torno de um casal de classe média afundado em dívidas que um dia recebe a visita de um homem misterioso de posse de uma caixa de madeira com um botão no topo. O homem promete que entregará uma fortuna em dinheiro se o casal apertar o botão dentro de 48 horas. Entretanto, ao realizar esse ato, eles estarão simultaneamente causando a morte de um ser humano desconhecido em algum lugar do mundo. O dilema moral é o tema central do enredo e propõe uma reflexão sobre o poder das nossas escolhas e suas consequências, que afetam não só nós mesmos, mas também as pessoas que nos cercam.

poster

Felizmente, em 2009 foi lançado um filme inspirado no episódio que aguçou a minha curiosidade durante anos, e eu pude finalmente acompanhar o desenrolar da trama alugando o DVD THE BOX, onde atuam Cameron Diaz e James Marsden (embora a versão para o cinema seja bem diferente da TV e do conto original).

Vocês repararam no formato da caixa do cartaz acima? Não lembra a caixinha do restaurante?????

Deixo aqui o trailer do filme para quem tiver curiosidade de assisti-lo. Confesso que a parte de ficção científica que nada tem a ver com a história original não me agradou muito, mas achei o enredo bastante criativo.

Um grande beijo pra todos!!!!

P.S.: Na semana que vem vou mostrar os preparativos para a FESTA DE VERÃO!!!! Espero vocês aqui!!!!

Bonfa ass

34 comentários:

ROSE OLIVEIRA disse... [Responder comentário]

ai Katia que lugar gostoso,parabéns como sempre arrasando...bjs

Flávia Mergulhão disse... [Responder comentário]

Adorei este lugar!
E a caixa tb!!rsrsrs
Ai, Bonfa, estou achando que não vou conseguir participar do concurso...meu computador deu PAu com tds as fotos no HD.Vc não sabe como estou triste...vou ver se consigo preparar alguma coisa a tempo, mas não garanto, pq minha preocupação agora é salvar td que estava lá, documentos, arquivos,fotos...ô raios de tecnologia!rs
Bjão

Andresa Vaz Freitas disse... [Responder comentário]

Oi flooor... eu conheci esse sistema maravilhoso em Buenos Aires. Em um restaurante super aconchegante e lindo. Também tirei fotinhas, pois achei a ideia muito boa também. Amanhã pego no pc de casa e te envio. Ela é super moderninha.

Um dos meus próximos destinos de viagem certamente será Gramado, acho lindo!!

Beijos e anciosa pros preparativos da festa de verão!

Regina Fatima disse... [Responder comentário]

Katia incrível este lugar!!! tenho o mesmo pensamento, quando pudermos (aposentadoria)gostaria de morar em Gramado ou Canela estes lugares são mágicos!!! Parabéns pela viagem!!
De Norte a Sul este país é lindo!!!!
bjsss

Bird disse... [Responder comentário]

Interessante meso essa historia! Nao tinha aindo visto falar!

Ah, adorei a festa no fete a fete! Ja sou fa! :)

Essa sereiazinha é tao linda!! Estou por sinal fazendo uma festa (infantil) do fundo do mar!! Ficarei de olho na sua com certeza!

Bjocas

Bia Jubiart disse... [Responder comentário]

Oi Bella!

Esta é a única região do país em que ainda não coloquei os meus pezinhos... Também adoro uma serra, e água doce, do mar amo a brisa e os frutos rsrsrs

Um dia maravilhoso p/ vcs!

Beijossssssss

Heloísa disse... [Responder comentário]

Kátia,
Essa região das serras gaúchas é mesmo muito bonita.
Ficou linda a foto da Catedral de Canela.
E a associação que você fez com a "caixa" do restaurante é totalmente procedente.
Beijo.

Simone Scharamm disse... [Responder comentário]

Oi, queridona,
Já conferiu o post do blog Viagem para Mulheres? fui lá e adorei! Ficou ótimo!!!
Esse lugarzinho de Canela eu perdi...ah, vou ter que voltar lá!rs! Amei os detalhes e a história da caixa, muito legal!
Beijos!

Day Ribeiro disse... [Responder comentário]

Ai Kátia, Gramado e Canela são lindas!! Bateu saudades...Fui nas duasno Natal de 2010, inesquecivel!!

Sandra disse... [Responder comentário]

Oi Bonfa, amo tudo em seu blog. É tudo lindo e de extremo bom gosto. De vez em quando chamo meu esposo para ver as cervejas que você encontra nos diversos lugares que vai. Um dos sonhos de consumo dele é esta cerveja Coruja, que você mostrou.
Sabe que a tal caixa é bem comum por aqui (Cascavel-PR), vários barzinhos até muito simples as tem, não sabia que era raro...hehehe
Abraços

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

Que legal saber disso, Sandra! Eu achei esse aparelhinho super prático e no Rio ainda não vi! A Coruja é uma delícia! Tem um tipo não-filtrado chamado CORUJA VIVA, é muito bom e bem diferente! Vale à pena experimentar! Beijão!

Cíntia A. S. Sevaux disse... [Responder comentário]

Olá Bonfa, eu passei minha lua de mel em gramado e canela, e amei !!!Em canela fomos no strudelhaus, um restaurante familiar de comida alemã( a melhor que comi na vida) q foi uma dica dos destemperados....Eu já vi esse sistema da caixinha em alguns lugares, acho uma ótima idéia , mesmo!!!e Amava além da imaginação... muito legal a história da caixa...

Helô disse... [Responder comentário]

Olá Kátia!
Gramado e Canela! Cidades fantásticas, e que nos instigam a mudar nossas vidas.
Com relação à caixinha do restaurante, você também poderá encontrá-la no restaurante Leños y Carbón, em Cause Way, aqui no Panamá. Agora você já tem um motivo pra viajar pra cá, certo? rsrsrs
Na próxima vez que eu for lá, tiro uma foto e mando pra você.
Beijo

Margarete disse... [Responder comentário]

Oi Katia, eu adoro essa região. Há muito tempo estive em Gramado/Canela, quando ainda morava em S.Paulo, agora que estou bem mais perto (Curitiba), ainda não fui, mas vendo suas fotos bateu uma vontadezinha de dar um giro por lá.
Ótima história, por sinal assisti recentemente esse episódio do Twilight Zone . O filme ainda não vi, valeu a dica.
Como sempre as imagens e a prosa estão fantásticas.
beijos

Dani disse... [Responder comentário]

Oi Kátia,

Adorei o post! Me senti mais próxima de ti ao me deparar com 'a caixa' do Empório aqui no blog hehehe.É que eu sou de Porto Alegre, tenho casa em Gramado e um dos meus locais preferidos por aqui, sem dúvida, é o Empório! Quando vieres pra cá de novo vamos marcar alguma coisa!!!

:: Nanda :: disse... [Responder comentário]

Em São Bernado/ SP tem uma lanchonete que tem o mesmo sistema. É ótimo e também me surpreende como todos os restaurantes ainda não aderiram à caixa rs.
Adorei o lugar, estou cogitando incluir o Sul nos meus próximos destinos.
bjos

Marta disse... [Responder comentário]

Ahhh Katita.. lindas fotos e um ambiente super aconchegante!!!
Beijos

Pri Bragança disse... [Responder comentário]

Oi Bonfa!

Realmente, a caixa é uma solução simples para grandes problemas. Aqui no Rio, em algumas churrascarias, existe um cartão com um lado verde e o outro vermelho, para sinalizarmos ao garçom quando estamos "livres" ou não para comer no rodízio... Mas essa caixa é ÓTIMA!

Tenho muita vontade de conhecer o sul do país e esse post só aumentou esse desejo.

Um beijo, Pri.

Maria disse... [Responder comentário]

KKKKK, eu assisti The box também e assisti a alguns episodios de Além da Imaginação. adorava.... Eu fico boba como você pode gostar de frio com um calor e uma praia deliciosa. Eu amo sol e apesar de não conhecer o Rio imagino a energia que vem do mar. Esse botão de chamar garçon tem na rede A Cachaçaria e eu também achei muito bom. Assim evita de você ficar horas esperando que um garçom para em sua mesa. Bjus.

RUTE disse... [Responder comentário]

Eu vi esse filme! Muito intrigante, caça o espetador.

Amei a caixinha do empório canela. Esse lugar é muito especial. Sou fã do livro do Principezinho.
Beijinhos.
Agora vou procurar o novo passatempo.
Rute

Gerliane disse... [Responder comentário]

Katia adorei sua entrevista lá no Blog Mulheres que viajam, achei que ela conduziu muito bem, fez perguntas interessantes e esclarecedoras, como a que se vc abriu mão de alguma coisa precisa pra viajar, se gasta muito, se dá pra curtir romanticamente... gostei de tudo e fiquei com vontade de pedir dicas suas no dia que eu viajar... Ei vc tem TT?

Meu Canto Na Cozinha disse... [Responder comentário]

Oi Katia
Um restaurante que se preocupa com o cliente dessa forma ja merece ponto positivo. Nao adianta ter uma comida gostosa e um atendimento falho...
Sabe que logo que eu li o titulo me lembrei do filme The Box... demorei um tempao ateh decidir assistir o filme, me arrepia ateh hoje.
Beijos
Paty

Milena disse... [Responder comentário]

Ai,adorei o post!!
Adorei o texto e o desenrolar dele!!!
E sabe,na verdade o destino de vocês mudou na ausência da caixa,pois assim vocês encontraram esse outro lugar incrível!
bjs

Glaucia disse... [Responder comentário]

Katia, também amo as Serras Gauchas, embora viva entre as montanhas de Minas. Quanto a caixa já vi em vários restaurantes aqui na minha região, mas a primeira vez,fiquei sem entender pra que servia aquilo, bem prática. Espero mandar minha receitinha pra vc bem rápido, com todo esse calor aqui em Minas, ando me jogando nas saladas.
bjos e um bom dia!
Gláucia

Casar é assim... disse... [Responder comentário]

Que linda essa catedral, sabe aquela história de "Nem parece que é no Brasil"???....

Interessante essa caixinha para chamar o garçom, muitos lugares deveriam usar este recurso para não perder clientes!! rsrs..E é igual a do cartaz do filme...=)

Beijos!!!

Adelaide Araçai disse... [Responder comentário]

Quando vi o titulo do post a primeira coisa que pensei foi no filme pois o assisti nesta semana, e realmente o foco está na questão moral.
Olha sou do Sul, Paraná - e ainda não fui conhecer o RS viajamos a varias cidades do nordeste e esse ano decidimos que iremos conhecer o RS, fato esse reforçado por seu texto.

Abraços

Ninha Andrade disse... [Responder comentário]

Minha amada, minha adorada ilustradora favorita... Não faz essa comparação, por favor...rss
Brincadeiras à parte, eu também esperava mais do filme, mas valeu à pena assistir até o fim.
Quanto a Gramado e Canela, minha amiga, ninguém acredita quando eu digo: "Fui apenas uma vez!". Sim, fui há 17 anos. Mas, vivo encantada com a ideia de voltar pra lá. De rever cada centímetro daquele lugar encantado. Eu não sei quando voltarei. Ah, mas, não vejo a hora disso acontecer.
Bjo

Cucchiaio pieno disse... [Responder comentário]

Oi linda
Não conheço o sul do Brasil, mas me delicio com tuas descrições!
Gostei muito do Empório Canela, linda decoração, também tem haver comigo!
Amo essa frase do Antoine de Saint-Exupéry, usei-a na minha apresentação de monografia de fim de curso acredita?!
Adorei a ideia da caixinha.
Amiga, eu também assisti ao programa “Além da Imaginação” e na época fiquei tão impressionada que nunca me esqueci! Fiquei curiosa, também quero assistir a esse filme com Cameron Diaz!
Bjo grande
Léia

PeuArt disse... [Responder comentário]

Ah! Eu já fiquei um pouco encabulada com essa tecnologia...

Há alguns anos atrás estive em um restaurante que usava essa tecnologia, só que o botão era acoplado ao suporte de guardanapos! E não havia absolutamente nenhuma indicação do porquê daquele botão estar ali...rs!!!

Já tínhamos feito nosso pedido da forma tradicional e que, inclusive já estava na mesa, quando de repente me dei conta do botão e a curiosidade falou mais alto! =)

Apertei sem hesitar e em segundos o garçom chegou: "pois não?" rs...
Fiquei encabulada, mas matei a curiosidade! =)

Ta vendo só, se naquela época a Bonfa tivesse explicado antes...hehehe

bjks

Aline Krüger disse... [Responder comentário]

Moro bem próximo de tudo isso a 140 km de Porto Alegre e fazem dez anos que estive em gramado em lua de mel. Gostaria de ir a Gramado e Canela mês que vem no feriado de páscoa. Com certeza irei no Empório Canela. Mas gostaria de saber como é os valores lá pra um casal. Quanto deveria ter na carteira pra poder provar alguma dessas delícias> falando francamente o restaurante é carinho?????

Kamila Dantas disse... [Responder comentário]

Adoro os posts Bonfa!!!! ... os de viagem então, sempre me inspiram!
A caixinha aqui no Rio, vc pode encontrar bem pertinho de nós... tem um restaurante na Barra e Ipanema chamado Balada Mix, que utiliza de apetrecho super útil!
Um bjo
Kamila

Claudia Liechavicius disse... [Responder comentário]

Katia querida!!!

Fugiu no carnaval, é??? Nós também. É uma época perfeita para viajar.

Canela e Gramado são de sonho... Sempre que posso volto.

A foto em frente à igreja está linda!!!

Beijos
Claudia

Val disse... [Responder comentário]

Oi Katia,

Realmente Gramado e Canela são lugares encantadores. Eu passei férias em 2004 na Serra Gaucha e sou doida para voltar!
Agora quanto essa caixinha, eu já tinha visto aqui na minha cidade (São Jose dos Campos) em uma padaria na qual jantamos às vezes. Além da comida ser ótima, esse aparelho agiliza muito o atendimento.

Bjks

Val

Viagem para Mulheres disse... [Responder comentário]

@Simone Scharamm

Oi Simone! Que bom que gostou do post no Viagem para Mulheres!

A Kátia é que é ótima e tem sempre uma boa história de viagem para contar!

Beijos

Related Posts with Thumbnails