segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Pra onde fui nas férias de novembro? Colômbia!!!!! Resumão da viagem - parte 1: San Andrés + os mimos que eu trouxe de presente

Ilha de Johnny Cay em San Andrés

Praia em Johnny Cay num breve momento de sol

Snorkelling em West View

A água com cor de piscina do Acuario (Rose Cay)

Uma iguana bem verdinha em Johnny Cay

Voltei, pessoal!!!!! Espero que estejam todos bem e que novembro tenha sido um ótimo mês! Ah, gente, essas férias foram uma delícia… não só pelos diferentes lugares que conheci, mas também porque eu estava precisando muito de um tempinho longe da rotina. Desliguei completamente e até me permiti voltar a ler, coisa que adoro fazer e que estava deixando de lado por conta dos compromissos de trabalho e da minha própria cobrança com relação a prazos e desempenho. Posso dizer que voltei com a mente mais arejada e com o desejo de desacelerar. Enfim, já tenho uma lista enorme de resoluções para 2013, mas isso é papo para outro post!

Gostaria de agradecer a todos os que participaram da brincadeira “Pra onde vou nas férias de novembro?”. Achei bastante divertido ler os palpites e descobrir que tanta gente acertou na mosca, mesmo eu tendo colocado uma foto tão genérica, que era mesmo pra dificultar a coisa, rsrs!

Bom, como vocês já sabem, a resposta certa era COLÔMBIA e, conforme a regra do concurso:

“Só vale um palpite por pessoa no formulário de comentários desse post até o dia 1 de dezembro e vou considerar somente quem acertar o NOME DO PAÍS, OK? Não vale cidade, região, continente etc.”

Infelizmente, percebi que algumas pessoas não prestaram atenção ao fato de que só valia o NOME DO PAÍS, até porque eu estive em cinco lugares: Bogotá, Medellín, Cartagena, San Andrés e Zipaquirá. Também notei um grande número de palpites que incluíam México e Havaí, nos EUA. Mas era fácil descobrir que eu não poderia estar nesses lugares, sabem por que? Uma das dicas era:

1. Nunca estive nesse país.

Sendo assim, bastava dar uma olhada na página VIAGENS DA BONFA, cujo ícone se encontra na lateral do blog e também no menu principal, logo abaixo do cabeçalho. Lá estão listados alguns dos países por onde andei recentemente, incluindo o México e os Estados Unidos com seus respectivos posts.

Conforme combinado, amanhã divulgarei o nome do ganhador(a) do concurso, bem como o resultado da promoção USE ZARA. Aguardo vocês aqui e desejo a todos BOA SORTE!!!!

 

San Andrés

Dessa vez resolvi começar o relato da viagem de férias pelo último lugar por onde passei, que foi justamente a ilha representada na foto-dica do concurso, San Andrés. Os posts seguintes serão sobre Cartagena, Medellín, Bogotá e Zipaquirá.

A ilha de San Andrés é a maior das ilhas que formam o Arquipélago de San Andrés, Providencia e Santa Catalina, com extensão de 26 km². Pertence à Colômbia desde 1803, quando a Espanha a anexou política e administrativamente ao então Vice-reinado de Nova Granada. Quando o território se emancipou em 1819, as ilhas se anexaram de imediato por vontade própria a atual Colômbia.*

San Andrés está situada a 700 km da América do Sul, no mar do Caribe, e é considerada um destino rústico, sem grandes luxos que podem ser encontrados em outras ilhas caribenhas. A natureza exuberante e os preços razoáveis compensam a simplicidade, fazendo com que o local seja uma opção acessível para férias nessa região. A língua mais falada em San Andrés é o Creolle (mistura de inglês, espanhol e dialetos africanos), seguida do espanhol e do inglês. A moeda oficial é o Peso Colombiano, mas os dólares americanos são aceitos em muitos estabelecimentos.

Chegamos na ilha no fim da tarde e o vento soprava com muita força. Deixamos as coisas no albergue e seguimos para a praia central, também conhecida como Spratt Bight, conhecer o famoso “mar de sete cores”, uma referência aos sete tons de azul encontrados nas praias de San Andrés, que possuem extensas faixas de areia branquinha.

Os turistas aventureiros procuram a ilha por causa dos esportes aquáticos como mergulho, snorkelling, kite surf etc., os baladeiros curtem a agitada vida noturna e os que não dispensam as comprinhas, se encantam com os milhares de produtos vendidos a ótimos preços, já que se trata de um porto livre de impostos. Há uma oferta enorme de bebidas, perfumes, roupas, comidas e eletrônicos provenientes de diversas partes do mundo… uma verdadeira tentação!!!!

A maior parte das lojas fica concentrada no centro comercial e na Peatonal, um calçadão fechado onde estão localizados alguns hotéis, restaurantes e as grandes redes da ilha, como a LA RIVIERA. O comércio abre às 9h e fecha às 12h30 para a siesta. Depois do almoço, as lojas funcionam das 15h às 19h30.

É preciso tomar cuidado para não levar por engano produtos que não são originais. Vi embalagens parecidíssimas (de propósito) com as da VICTORIA’S SECRET por um preço muito mais camarada, mas a qualidade não deve ser grande coisa. Uma loja que adorei ter encontrado foi a BATH AND BODY WORKS, que pertence ao mesmo grupo da VS e é especializada em perfumes, hidratantes, velas e aromatizantes para a casa. Os preços são tão convidativos e a variedade dos produtos é tão grande que me deu vontade de comprar uma mala extra e despachá-la de volta ao Brasil. Mas, felizmente, o bom senso falou mais alto e eu me contive, mantendo minha resolução de viajar somente com uma mala de mão sempre que possível, economizando tempo e evitando o estresse de esperar a bagagem aparecer (ou não) na esteira do aeroporto. Só quem já teve a mala extraviada sabe como esse tipo de situação é inconveniente e desgastante… é claro que muitas vezes é impossível não despachar a bagagem e eu fiz isso a minha vida toda, até descobrir como é prático viajar com pouca roupa e sair do avião pronta para pegar um táxi, ônibus ou metrô direto para o hotel!

Novembro é o pior mês do ano para conhecer San Andrés, mas decidimos tentar a sorte e incluir a ilha no nosso roteiro de viagem à Colômbia. A melhor época, segundo o pessoal local, vai de janeiro a abril, quando praticamente não chove nem venta. Bom, a gente já sabia que a previsão do tempo era ruim para todos os quatro dias que passaríamos na ilha, com direito a tempestades tropicais à tarde. Porém, o que não imaginávamos era que algumas atrações estariam fechadas devido ao mau tempo… foi um balde de água fria, mas posso dizer que tivemos sorte e os lugares que estavam interditados há semanas, reabriram justamente nesses quatro dias, uhuuuuuuuuuuuu!!!!! Mais uma vez, São Pedro, nosso amigo, foi muito legal, e chegou inclusive a nos presentear com sol durante breves momentos. Só tenho a agradecer mais uma vez!!!!!

No dia seguinte ao da nossa chegada, havia um único roteiro disponível: o passeio ao Acuario ou Rose Cay, pequeno banco de areia cercado de corais, que fica a alguns minutos de lancha do porto (Muelle Casa de La Cultura). À medida que nos aproximávamos da atração, pudemos perceber as diferentes tonalidades da água, o que é explicado pela profundidade do mar e pelo tipo de solo, formado por areia ou corais.

Quando chegamos ao banco de areia onde ficam os quiosques, a água adquiriu um tom praticamente fluorescente! Eu não achava que conseguiria ver esse azul turquesa se o tempo estivesse nublado. O sol deixa tudo mais bonito e intensifica as tonalidades do mar, sem dúvida, mas as sete cores estão sempre presentes e são lindas de qualquer maneira!

Muitos turistas combinam o passeio ao Acuario com a ilha de Johnny Cay no mesmo dia, mas esta estava interditada por causa do mau tempo e, principalmente, dos ventos fortes. Consequentemente, o Acuario estava lotado e sobrava pouco espaço na areia. Então eu e o Marcelo nos revezamos tomando conta das mochilas, enquanto o outro aproveitava a água límpida e cristalina para fazer snorkelling ou simplesmente boiar e curtir esse pedacinho do paraíso!

Lá também é possível alugar um Jet Ski e passear pelos arredores.

Algumas das sete cores do mar…

Os tons de azul turquesa e azul piscina são os meus preferidos!

A temperatura da água é deliciosa e as poucas ondas fazem com que o Acuario seja um ótimo lugar para relaxar. Uma dica que eu gostaria de compartilhar com vocês e que considero importante é usar sapatos de mergulho (foto acima), que podem ser encontrados em diversas lojas na ilha por um valor equivalente a 10 reais. Esse tipo de calçado é bem confortável, flexível e protege os pés contra as pedras que ficam no fundo do mar. É perto delas que a gente encontra mais peixinhos.

Mesmo com os sapatos especiais, o Marcelo escorregou, batendo a perna contra um conjunto de rochas, e eu ralei a panturrilha. Então é bom tomar cuidado!

Fazer snorkelling é uma boa pedida para aproveitar a manhã no Acuario, já que a concentração de peixes por lá é grande. Outra boa dica é comprar o equipamento ao invés de alugá-lo. O nosso custou o equivalente a 25 reais e esse valor é mais ou menos o que se paga de aluguel. Dessa forma, pudemos aproveitá-lo bastante em diversas atrações da ilha e pretendemos continuar fazendo uso do aparato aqui no Brasil!

Perto do banco de areia onde fica o Acuario propriamente dito, há uma ilhota chamada Haynes Cay, que conta com uma infraestrutura de quiosques, restaurantes e banheiros.  Dependendo da maré, é possível percorrer o trajeto andando. Ou então, nadando. Quando chegamos, a maré estava meio alta e, com medo de molhar as mochilas, decidimos pagar o transporte até lá e combinar com o barqueiro a hora de voltar.

Passamos pouco tempo em Haynes Cay porque, com o vento forte e os chuviscos ocasionais, o complexo de lazer estava praticamente vazio.

Demos a volta na ilhota, tiramos algumas fotos e encerramos o curto passeio com duas cervejas e um papo animado com um simpático dono de quiosque.

A maré estava mais baixa na hora em que retornamos, mas mesmo assim, não era possível voltar caminhando.

Quando voltamos ao porto, o Marcelo achou que era uma boa ideia alugarmos um carrinho de golfe para dar uma volta em San Andrés, o que é bastante recomendado pelos guias de viagem.

Tanto os moradores quanto os turistas preferem se deslocar pela ilha nesse tipo de transporte, ou então, em scooters.

Construção em madeira que avançava pelo mar

Policiais a cavalo passeando pela praia de San Luis

Aproveitamos a liberdade de movimento oferecida pelo carrinho de golfe para desenhar nosso próprio roteiro, parando em algumas praias pelo caminho e permanecendo nelas pelo tempo que achamos necessário.

Em Rocky Cay há um barco naufragado que fica próximo da costa. É o cartão postal da praia e o pessoal caminha até ele tranquilamente com a água batendo na altura da cintura.

O restaurante EL PARAISO aparecia em um dos relatos que o Marcelo encontrou na internet sobre San Andrés e fomos lá beliscar alguma coisa. Apesar de o local ser bem avaliado no TRIP ADVISOR, não fiquei muito feliz com a lula ao molho de alho e limão que pedi. Mas o ambiente é agradável e a varanda do restaurante oferece uma bela vista da praia de San Luis.

Infelizmente, La Piscinita e West View, duas piscinas naturais onde se pode nadar e observar muitos peixinhos, estavam interditadas por causa do mau tempo. Então voltamos para o centro de San Andrés, tomamos um banho no albergue e saímos à procura de um lugar para jantar.

Pela manhã havíamos passado em frente a esse restaurante temático que homenageava os ícones, as músicas, os brinquedos e a estética dos anos 80, período em que curti minha infância e adolescência. Já fui a algumas festas com esse tema, mas nunca tinha visto um bar dedicado a ele.

Adorei a ideia e fiquei um tempão analisando os bonecos, os cartazes e as capas de LPs expostas nas paredes e até no teto do restaurante… foi divertido!!!!

Como não sentíamos muito calor por causa do vento que soprava todo o tempo e o ambiente era climatizado, decidimos tomar uma taça de vinho para acompanhar o burrito e o hamburguer que pedimos. Pra variar, o prato do Marcelo estava mais gostoso do que o meu, mas a comida não era muito especial. O grande barato é mesmo a decoração e a sensação nostálgica!

No dia seguinte, acordamos cedo e fomos passear pela praia de Spratt Bight sem muita esperança de que a ilha de Johnny Cay estivesse aberta para os turistas, mas fomos abordados por um barqueiro que nos convidou a conhecer o lugar. Ficamos um pouco desconfiados, mas dei um zoom com a minha câmera e percebi que havia barracas e pessoas caminhando por lá. Ficamos bem animados, fechamos o transporte de ida e volta e esperamos alguns minutos até o barco completar sua lotação.

O mar estava meio agitado e foi difícil atracar no pequeno píer, mas chegamos na ilha em apenas dez minutos e decidimos permanecer por lá até o último horário disponível, às 15h.

Johnny Cay possui uma das praias mais lindas do arquipélago, com muitos coqueiros e areia branquinha. Isso sem falar nos tons da água: sensacionais!!!!

Johnny Cay também é um parque natural que abriga várias espécies de pássaros e muitas iguanas.

A ilha possui ótima infraestrutura com alguns quiosques onde se pode simplesmente beliscar um petisco acompanhado de uma cervejinha gelada ou até mesmo comer um bom prato de peixe.

Quando chegamos o tempo ainda estava bem encoberto, mas a faixa de mar mais próxima da praia exibia um tom de azul turquesa intenso.

Alugamos uma espreguiçadeira e resolvemos experimentar um drink típico chamado Coco Loco, teoricamente preparado com vodca, tequila, rum, suco de limão e creme de coco. Bom, o nosso parecia não seguir essa receita, já que era vermelho e tinha gosto de xarope de groselha ou grenadine. Como gostamos mais de cerveja, em seguida pedimos Aguila e Club Colombia, as duas mais comuns na Colômbia.

Se não me engano, havia 3 opções de horários para retornar da ilha e nós preferimos comemorar sua reabertura permanecendo lá o maior tempo possível, mas muita gente voltou mais cedo, por volta das 13-14h.

Acho que fizemos a escolha certa porque, quando a praia ficou mais vazia, as nuvens carregadas deixaram passar um solzinho tímido, porém poderoso o suficiente para iluminar o mar de sete cores e torná-lo ainda mais bonito e vibrante!!!!

Johnny Cay é realmente um lugar muito agradável e, quando o sol apareceu pela primeira vez, não resisti à tentação e registrei o momento com o celular do Marcelo, postando uma foto no Facebook algumas horas mais tarde, mas sem revelar onde eu estava, claro!

Perto das 15h, recolhemos nossas coisas e partimos em direção ao píer para esperar o barco. O pessoal dos quiosques já havia recolhido todas as cabaninhas, cadeiras, espreguiçadeiras e o lixo que os visitantes deixaram na praia.

À noite, decidimos seguir uma das sugestões do guia LONELY PLANET e conhecer o GOURMET SHOP ASSHO, uma mistura de restaurante e delicatessen. Assim que chegamos lá, caiu uma baita tempestade com ventos fortíssimos… deu até medo!

Sou suspeita para falar sobre a decoração do ASSHO porque adoro tons de terra, madeira, vidro e iluminação indireta. O ambiente é bastante aconchegante e, como escolhemos uma mesa perto de prateleiras repletas de molhos e temperos, fiquei tentada a comprar algumas coisinhas. Os preços realmente compensam, incluindo o da garrafa de vinho CASILLERO DEL DIABLO, bem mais barato do que no Brasil, apesar de ser produzido pertinho da gente, no Chile.

Depois das bruschettas gourmet, que estavam saborosas, pedimos os pratos principais: uma costelinha com molho barbecue para o Marcelo e, pra mim, uma porção de camarões no estilo cajun à moda de Louisianna, bem temperados e apimentados. Ambos os pratos vieram acompanhados de uma saladinha deliciosa e interessante, que levava alface, abacate, farelo de tortilla chips e um molho suculento. Embora eu tenha sentido falta de uma massa ou arroz como acompanhamento para os camarões, ficamos bastante satisfeitos com o jantar.

Quando bateu a sede, decidimos comprar água e refrigerante em um mercadinho, mas como eu adoro novidades, resolvi experimentar essa bebida de coco com suco de lichia e pedacinhos da fruta. Era bem gostoso, mas um pouco doce demais para o meu paladar.

No dia seguinte, o Marcelo alugou uma scooter para conhecermos o resto da ilha, já imaginando que as piscinas naturais e o belíssimo atol de Cayo Bolívar não estariam abertos à visitação.

Nossa primeira parada foi em La Loma, um bairro localizado no ponto mais alto da ilha que abriga a primeira Igreja batista da região, construída em 1847.

A igreja fica ao lado de uma escola e celebra uma missa aos domingos, além de reuniões para o estudo da Bíblia às quartas, encontros para oração coletiva às quintas e outros eventos voltados para jovens e crianças aos sábados.

Para conhecê-la por dentro, pagamos uma pequena taxa e um guia nos contou um pouco da história de sua construção, além de nos levar até o topo da igreja, onde fica o sino, de onde se pode observar quase toda a ilha.

Para chegar ao mirante, é preciso subir escadas de madeira bem íngremes e com degraus super estreitos, mas a vista lá de cima compensa o esforço, rsrs!

Vista de San Andrés a partir do mirante da igreja batista

O bairro de La Loma é o mais antigo da ilha e, passeando por suas ruas tranquilas, é possível encontrar vários exemplos da arquitetura típica anglo-afro-caribenha.

Quando chegamos à La Piscinita, descobrimos que a atração estava funcionando normalmente: obaaaaaaaaaaaa!!!!! Mais uma vez nos sentimos sortudos porque o local estava fechado há 3 semanas e havia sido reaberto justamente naquela manhã.

Trata-se de uma piscina natural onde cardumes se concentram atrás das migalhas de pão que são distribuídas aos visitantes logo após o pagamento da taxa de entrada. Confesso que quando vi esses super caranguejos nas pedras, fiquei com medo de andar por lá… pra piorar, o Marcelo foi beliscado por um peixe que confundiu seu dedo com um pedaço de pão. Então decidi ficar só observando até tomar coragem de mergulhar, mas logo depois seguimos para West View, outra piscina natural com infraestrutura mais completa e ingresso um pouco mais caro.

West view fica em frente a um restaurante de comida típica, possui alguns quiosques de comes & bebes e oferece tanto coletes salva-vidas quanto snorkels para aluguel.

O visitante pode escolher entrar na água via tobogã, como preferiu o Marcelo

… ou via escadinha de alumínio, que foi como me senti mais confortável.

O Marcelo ainda se aventurou no trampolim, mas vi muito marmanjo desistindo da empreitada depois de passar alguns minutos lá na pontinha da prancha. O próprio Marcelo disse que deu um pouco de medo e o melhor a fazer é não pensar muito e simplesmente pular!

A água em West View estava mais clara do que em La Piscinita e era tão cristalina que dava pra ver tudo lá embaixo, incluindo muitos peixinhos!

Caminhamos até uma área mais afastada onde descobrimos uma estátua de Netuno no fundo do mar. Achamos o fato curiosíssimo, mas depois lembramos que deveria ser uma peça decorativa da atração AQUANAUTAS, em que o participante desce a 6 metros vestido com um capacete que é alimentado por um tubo de ar e passeia no fundo do mar cercado de peixes variados, atraídos para o local por meio de comida oferecida pelos mergulhadores.

É engraçado que os peixes pareçam tão acinzentados nas fotos que tirei porque eles tinham cores sensacionais e super vibrantes! Preciso confessar que, quando visitava aquários (coisa que adoro), eu achava que as cores dos peixes eram determinadas por luzes especiais instaladas no topo das caixas de vidro… quanta ignorância, rsrs!

Foi só quando fiz snorkelling pela primeira vez que percebi que os peixinhos tem mesmo uma coloração surpreendente!!!!

O Hoyo Soplador é uma atração curiosa que fica no extremo sul da ilha. Trata-se de um gêiser natural que expele um jato d’água que pode chegar até 15 m de altura depois que as fortes ondas do mar o atingem, passando antes por uma caverna subterrânea.

Para terminar o dia, voltamos à praia de Rocky Cay, onde aproveitamos os baixos preços das cervejas americanas para experimentar a Old Milwaukee, mais barata e mais fraquinha do que as similares colombianas.

O restaurante LA REGATTA é o Top Choice do guia LONELY PLANET. Demos uma olhada no cardápio e achamos os preços meio salgados. Então decidimos jantar em outro restaurante também recomendado pelo guia, o MISS CELIA O’NEILL TASTE.

Mas, antes disso, resolvi ser cara-de-pau e fotografar a decoração rústica e colorida do caminho que leva ao LA REGATTA. Adorei!!!!! As garrafas de vinho vazias foram usadas para criar verdadeiras esculturas, incluindo pirâmides iluminadas e móbiles que pendem das árvores. Quando o vento soprava, algumas garrafas se chocavam e reproduziam um barulhinho que lembrava sinos tocando.

O restaurante fica em uma marina e possui várias referências náuticas.

As pequenas luzes amarelas e vermelhas ajudam a criar uma atmosfera meio lúdica e “mágica”: tudo é muito fofo e aconchegante!

Há garrafas de vinho por todos os cantos, inclusive dentro de uma canoa vazia.

Terminada a “sessão fotográfica”, atravessamos a rua e fomos jantar no restaurante concorrente. O lugar é mais simples e bem colorido.

Achei divertida essa foto do Marcelo com cabeça de luminária, rsrsrs! A peça ficava pendente a menos de 1 metro da mesa.

O Marcelo pediu a bandeja paisa, que já havia provado e aprovado em Medellín. O prato consta de plátano frito, aipim (yuca), carne de porco (chicharrón), linguiça, carne moída, ovo frito, morcela, abacate, feijão e arroz.

Como adoro frutos do mar, optei pelo guisado de caranguejo com arroz de coco (SENSACIONAL!), salada e plátano frito. Estava tudo bem temperado e bastante saboroso.

E assim terminou nossa última noite nessa simpática ilha caribenha!

No dia seguinte, o céu amanheceu mais azul e as águas de Spratt Bight pareciam mais turquesa do que nunca!

Com o auxílio da minha câmera, dei um zoom em Johnny Cay e percebi que havia gente por lá. Fiquei feliz em saber que a ilha estava aberta à visitação novamente! De todas as atrações que havíamos programado, só não conseguimos conhecer Cayo Bolívar, considerado um dos lugares mais bonitos de San Andrés. O atol está localizado a uma ou duas horas da ilha principal (dependendo das condições do mar e do barco) e o pacote que pesquisamos incluía um passeio de dia inteiro, um prato de ceviche, bebidas liberadas, almoço, snorkelling e aula de pesca. O preço era meio salgado (cerca de 100 dólares por pessoa), mas parece valer muito a pena!!!!!

Aproveitamos o resto da manhã para passear pelo calçadão, degustar uma cerveja CLUB COLOMBIA negra e beliscar uma pizza Napolitana no restaurante CAFÉ CAFÉ antes de pegar o voo de volta à Bogotá.

O restaurante tem uma decoração meio retrô e suas paredes são recheadas de posters de bandas de rock, filmes, personagens de histórias em quadrinhos etc.

No cardápio, havia algumas opções de massa, pizza, cafés e sobremesas. Nossa escolha foi acertada e a pizza estava gostosa. Para incrementar as minhas fatias, salpiquei doses generosas de pimenta calabresa por cima delas!

Regressamos ao albergue (EL VIAJERO) para buscar nossas mochilas e partimos para o aeroporto à pé… ele fica a somente dez minutos de onde estávamos hospedados, super prático!

 

Comprinhas na ilha “duty free” e o mimo que eu trouxe para um de vocês

Como mencionei no início do post, fiquei tentada a levar para casa alguns temperos e molhos, além de hidratantes da BATH AND BODY WORKS, mas só de pensar em carregar uma mala extra até Bogotá e depois até o Brasil, fiquei desanimada. Se eu tivesse gostado muito de um conjunto de talheres, por exemplo, como aconteceu na Estônia e mostrei nesse post, eu teria despachado a mala com o maior prazer, rsrsrs! Mas, como não foi o caso, me limitei a adquirir chocolates GHIRARDELLI (produzidos em São Francisco – EUA), um Toblerone que nunca havia experimentado com amêndoas salgadas, meus perfumes preferidos (DIOR ADDICT e DKNY BE DELICIOUS) 30% mais baratos do que no Duty Free do Rio e duas embalagens de ervilhas crocantes cobertas com raiz forte.

E adivinhem o que eu trouxe para um de vocês???? Um conjunto de mimos JUAN VALDÉZ, uma conceituada rede de cafeterias, no estilo da americana STARBUCK’S, com deliciosas bebidas que usam o café como ingrediente principal. Hummm, eu experimentei um milkshake sabor mocha que amei, amei, amei, e pretendo reproduzir em casa qualquer dia desses com um certo toque pessoal… se der certo, compartilho  a receita aqui com vocês, OK?

Como o café produzido na Colômbia é considerado um dos melhores do mundo, achei que este seria um presente bem representativo do país que visitei.

O kit consta de dois tipos de café em pó, uma latinha fofa contendo biscoitinhos de canela (que comprei pra mim também) e outra latinha com pequenos suspiros sabor café.

Eu espero que o ganhador(a) goste de café ou então, que goste de latinhas decoradas, assim como eu, rsrsrs!

Pessoal, só pra lembrar: a única resposta considerada correta é COLÔMBIA, de acordo com as regras do concurso, e o prazo para participação terminou no dia 1 de dezembro. Sendo assim, precisei desconsiderar os comentários que surgiram depois do prazo, os quais não foram publicados.

Por hoje é só, galera!!!!! Estou oficialmente de volta ao trabalho e vou tentar ler todas as mensagens que chegaram enquanto estava de férias, mas, se preferirem reenviá-las, fiquem à vontade, já que há sempre o risco de eu ter deletado algum e-mail por engano junto com os spams.

Um grande beijo com votos de uma semana cheia de energia!!!!

*Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Ilha_de_San_Andr%C3%A9s_(Col%C3%B4mbia)
http://www.sanandres.com.br/
http://viagem.uol.com.br/guia/cidade/san-andres---compras.jhtm
http://oglobo.globo.com/boa-viagem/com-uma-natureza-exuberante-colombiana-san-andres-desponta-como-alternativa-de-caribe-rustico-2982730
http://revivendoviagens.blogspot.com.br/2012/04/acuario-de-san-andres-colombia.html#.ULys_4PLQw0
http://viagem.uol.com.br/guia/cidade/sanandres_historicas.jhtm

Bonfa-ass

68 comentários:

Carlinha disse... [Responder comentário]

Que viagem maravilhosa!

veri disse... [Responder comentário]

lindo esse lugar hem ! E esse largato mem se fala, a comida é que não me agradou muito mais em compensacão esse azul do mar um espetáculo. Beijos

Vamos participar !! Tô te convidando a participar de um post que vai ser um barato.
É só entrar no meu blog e ver como funciona.
beijos

Luciana disse... [Responder comentário]

Oi Katia!!! Tudo bem?? Estava aguardando, ansiosamente, pelo relato de sua viagem. O meu palpite foi o Panamá, mas depois que postei conclui logo que estava errada. Pena.....rsssss..... Nossa, eu tinha tanta coisa para comentar que acho que nem cabe aqui... Mas, enfim, descobri seu blog faz uns 2 meses e me apaixonei. Descobri por causa do mochileiros.com. Se não me engano tinha algum link lá que remetia ao seu blog... Ia ler sobre alguma viagem e acabei lendo, acho que todos os posts sobre as festas. Amei!! Das viagens só consegui ler sobre a Turquia, Belém e São Francisco, mas pretendo ler os outros... É que está me faltando tempo. Me identifiquei com muitos dos seus gostos, como por exemplo, o de experimentar coisas diferentes. O que me impressiona no seu blog é que consegui achar num só lugar os assuntos que mais me interessam: decoração, comidinhas, viagens. Me tornei leitora assídua. Virei fã!!
Adorei o relato sobre San Andres. E estou aguardando, ansiosamente, pelo restante. Já sei que quando for visitar vou me socorrr mas suas postagens.
Parabéns pelo blog, pela criatividade e, sobretudo, por compartilhar tantas coisas boas conosco. Tudo de bom!! Bjs.



Bia Jubiart disse... [Responder comentário]

Bonfa, amo viajar com vcs!

Gostei do bronzeado! As imagens das águas estão espetaculares!

Seja bem vinda, e tenham uma excelente semana!

Bjossssss

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@LucianaLuciana, que delícia de mensagem! Você deve ter visto o link para o blog em uma das postagens do meu marido no MOCHILEIROS, o Marcelo, conhecido lá como MCM. Que legal que temos tantas coisas em comum! No início, não idealizei o blog para falar de viagens, mas foi acontecendo naturalmente, já que eu amo viajar e comecei a gostar de preparar os relatos desses passeios para poder reler mais tarde e lembrar esses momentos especiais. Em paralelo, também compartilho as festas que faço em casa, além dos meus trabalhos de design, comes & bebes e outros assuntos pelos quais me interesso e que fazem parte do meu dia a dia. O blog é uma válvula de escape, um espaço onde posso registrar e trocar ideias e foi po meio dele que fiz lindas amizades! Muito obrigada pela mensagem carinhosa e pelos elogios!!!! Seja sempre muito bem-vinda!!!!! Ih, menina, pretendo fazer o post sobre Cartagena pra semana que vem, mas foi o lugar que mais gostei e tem tantas fotos liiiindas! Acho que vou demorar um tempão só pra selecionar as imagens, rsrsrs! Um grande beijo!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@CarlinhaCarlinha, foi uma delícia mesmo! Estou doida pra fazer o post sobre Cartagena, a cidade colombiana que mais gostei! Além de ser histórica e de ter lindas construções, também tem praias de água azul turquesa a uma hora de lancha! Um beijão!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@veriOi, Veri! Vou lá dar uma olhada no concurso, pode deixar! O verde da iguana era super vibrante, muito bonito!!!!! A comida era gostosa, mas bem diferente! Um beijÃo!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Bia JubiartMuito obrigada, Bia~! O passeio foi uma delícia mesmo! A única coisa ruim das viagens de férias é que um dia elas acabam, rsrsrs! Um grande beijo!

Elisa Barros disse... [Responder comentário]

Ahhh o Caribe! Eu sabia que você ia gostar! Não participei do concurso porque já sabia a resposta desde agosto, quando vocês me contaram. Como assim que tem Bath and Body Works na Colômbia Katia?!? MORRY! AMO tudo de lá e com certeza eu seria a louca que compraria a mala pra despachar cheia de creminhos. rs
Comprou artesanatos? Eu trouxe umas coisinhas tão lindas de Bogotá, super delicadas e baratinhas!
Estou esperando o resto da viagem, ainda mais curiosa.
Beijão

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Elisa BarrosPois é, Elisa! Na verdade, não é uma loja só deles, mas uma prateleira inteira dentro de uma loja grande. Tem tuuuuudo e realmente a tentação foi grande, rsrsrs! San Andrés é muito bonito mesmo, me lembrou Cancun, mas é menos badalado e mais simples. Por isso mesmo, mais acessível e aconômico. É uma viagem muito legal, mas Cartagena me deixou mais encantada por causa de sua arquitetura e história! Estou doida pra ter um tempinho e começar a preparar o próximo post! Um grande beijo!

Gislaine Cunha disse... [Responder comentário]

Bom dia Katia!! Estou aqui no trabalho e achei um tempinho pra me deliciar com sua postagem. Tudo lindo demais!!
Delícia de viagem, eu ainda quero conhecer um lugar assim!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Gislaine CunhaOi, Gislaine!!!! Que bom que gostou!!!! San Andrés é um lugar lindo mesmo, mas eu gostei ainda mais de Cartagena! A Colombia tem muitas facetas! O legal é que conhecemos lugares bem diferentes e representativos. Deu pra dizer que tivemos uma boa noção do que é o país. Um beijão!

Maria disse... [Responder comentário]

Fotos belissimas. Pena que não acertei o local. Fico lendo e relendo seu relato e cada vez sinto mais vontade de conhecer a Colombia. Vou esperar suas proximas postagens para me deliciar mais e mais. Bom retorno. Bjus.

Deise Meireles disse... [Responder comentário]

Katia, que lindo post!!Que lindas imagens!!!
Que delícia poder fazer uma viagem dessas, me inspira a estudar mais, pra ganhar mais e poder conhecer tantos lugares maravilhosos neste mundo!!
Que vc continue sendo essa pessoa abençoada e iluminada, percebo isso através da sua escrita!!!
Beijos e bom retorno!!!

Leni disse... [Responder comentário]

Olá Bonfa!!!

Que lindas as fotos dessa viagem!!! lugar tipo paraíso hein.....gosto muito da maneira como descreve suas viagens!! parabéns..

lindas as latinhas de biscoito e merengue q vc trouxe pro sorteio..amo latinhas assim como vc!!.rs

beijo
LEni

Mimosa Lingerie disse... [Responder comentário]

que lindo o lugar!
havia ficado em dúvida no país; acabei colocando EUA (Havaí) e relamente, nem me toquei qt à dica de que vc nunca havia ido neste lugar. áááááá que pena que errei! rs poxa, mas achei o lugar sensacional! mt legalmesmo.
Parabéns pelo blog e bom retorno!!!!
=D

Francy disse... [Responder comentário]

Não sei se eu te sigo ou tu me segue...m estivemos na Colombia em 2011 e fizemos esses passeios, menos St. Andrés porque não deu tempo, mas voltaremos lá... Nos encatamos com Cartagena, com a Catedral de Sal e muito mais..
abs,

Francy disse... [Responder comentário]

Não sei se eu te sigo ou tu me segue...m estivemos na Colombia em 2011 e fizemos esses passeios, menos St. Andrés porque não deu tempo, mas voltaremos lá... Nos encatamos com Cartagena, com a Catedral de Sal e muito mais..
abs,

Unknown disse... [Responder comentário]

Oi Katia, este post caiu do céu. Eu estou vendo justamente para ir à Colombia, em especial estava pensando em Cartagena, masss maridão ama uma praia e queria que nosso destino fosse com um "marzão" lindo .... E quando vi seu post, nossa, amei, li do começo ao fim .....
Se pudesse dar mais dicas das hospedagens, agradeço ...
Abraços
Juliana

Unknown disse... [Responder comentário]

Oi Katia, este post caiu do céu. Eu estou vendo justamente para ir à Colombia, em especial estava pensando em Cartagena, masss maridão ama uma praia e queria que nosso destino fosse com um "marzão" lindo .... E quando vi seu post, nossa, amei, li do começo ao fim .....
Se pudesse dar mais dicas das hospedagens, agradeço ...
Abraços
Juliana

Unknown disse... [Responder comentário]

Oi Katia, este post caiu do céu. Eu estou vendo justamente para ir à Colombia, em especial estava pensando em Cartagena, masss maridão ama uma praia e queria que nosso destino fosse com um "marzão" lindo .... E quando vi seu post, nossa, amei, li do começo ao fim .....
Se pudesse dar mais dicas das hospedagens, agradeço ...
Abraços
Juliana

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@UnknownQue legal, Juliana!!!!! Ah, claro que posso dar dicas! O Marcelo está preparando os posts da viagem no MOCHILEIROS.COM e os relatos devem ficar prontos em breve! Os meus sempre demoram mais, mas penso que o de Cartagena deve ser publicado na semana que vem... vou torcer pra dar tempo! Bogotá, Medellín e a catedral de sal em Zipaquirá também são destinos interessantes, mas se eu tivesse que escolher somente dois, estes seriam Cartagena e San Andrés, com certeza! Um grande beijo e ótima viagem!!!!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@FrancyQue legal, Francy! Já vi que temos gostos parecidos e gostamos de viajar para lugares bem diferentes uns dos outros, né? O mundo é grande demais pra se conhecer em uma vida só, rsrsrs! Por isso eu não gosto muito de repetir viagens, a nào ser que exista uma escala em um lugar onde já estive e gostei! A Catedral de Sal é realmente linda! Conhecemos uma na Polônia que também é sensacional! Tem até lustre feito de sal, uma coisa incrível! Um grande beijo com votos de muitas viagens no futuro!!!!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Mimosa LingerieAh, era difícil de acertar mesmo!!!! Quer dizer, pelo menos, eu acharia... eu teria chutado, realmente poderiam ser vários lugares porque a foto foi bem genérica! De qualquer forma, agradeço demais sua participação e espero que volte a participar de futuras promoções! Um beijão!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@LeniSuper obrigada pelo incentivo, leni!!!!! Eu gosto muito de fazer esses relatos de viagem bem descritivos, registrando minhas impressões e sentimentos. Gosto mais de relatos de "gente comum" como eu, do que dos mais jornalísticos e profissionais. Quando a gente se identifica com a personalidade e maneira de viajar da blogueira então, é ainda mais legal! Um beijão e seja sempre muito bem-vinda!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Deise MeirelesIsso, Deise! Gostei muito do que escreveu! Acho que quando a gente sabe o que quer, quando tem um objetivo na vida e se foca nele com boas energias, o universo conspira a nosso favor! Um beijão com votos de muitas viagens inesquecíveis no seu caminho!!!!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@MariaMaria, espero que vc goste de Cartagena como eu gostei! Vou tentar caprichar ao máximo no relato e publicá-lo na semana que vem!!!! Um beijão!

Milena disse... [Responder comentário]

Amiga,bom retorno!
Bom ler que descansou e está animada!
Como o azul pode ter nuances tão maravilhosas??
Ler os seus relatos é uma gostosura,a cor dos peixes foi demais,mas vc fotografar um restaurane e mostrar que comeram no outro foi o ponto alto.Sabe que adoro o seu despojamento!
E das compras eu amei a latinha de suspiros:muito fofa!
bjs

Fê Costta disse... [Responder comentário]

Katia querida, quanto tempo! Andei sumidinha por um motivo nobre: dedicação total ao meu baby!! :D

Estou voltando aos poucos para a blogsfera e vim logo de imediato de visitar e saber das trends!! ;)

Menina, fiquei encantada com este lugar! Jamais imaginei que a colombia tivesse essa cor de água maravilhosa!! A principio que era Maldivas ou Seychelles! Bom demais esta dica!!

Beijao!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@MilenaMi, vc também é uma figura! Achei engraçado vc achar engraçado a história do restaurante, mas pensando bem... é mesmo engraçado, rsrsrs!!!!! Fui lá só pra fotografar porque, se tivesse que pedir algo do cardápio, tinha que ser frango porque era a coisa mais barata... frutos do mar, nem pensar! Então fomos na outra indicação, mais econômica e dentro do nosso perfil de viajantes mochileiros!!!!!! Beijão!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Fê CosttaFê, que notícia boa!!!!!!!!! Eu é que estava sumida, nem soube que estava grávida, que legal! Vou passar no seu blog pra me inteirar das novidades também! Um grande beijo!!!!

Doçura de conversa disse... [Responder comentário]

Que viagem deliciosa,lindo mar,vc estava radiante. Bjs querida. trícia.

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Doçura de conversaMuito obrigada, tricia!!! San Andrés tem um astral muito legal e paisagens deslumbrantes!!!! Um grande beijo!

Sheila Zanella disse... [Responder comentário]

Já estava nervosa pra ler teu post da viagem...adoreiiii tudo...Que lugar lindo e os programas de voces sempre me atraem, já que adoro um drinkesinho e umas comidinhas diferentes...

Beijinhos
Sheila
http://www.vidasuculenta.blogspot.ie/

Luciana disse... [Responder comentário]

Muito obrigada Katia pelo carinho da resposta. Ah, acredita que fiquei com as imagens deste marzão lindo o dia inteiro na minha cabeça? Eu já venho pensando há muito tempo em conhecer a Isla Margarita na Venezuela, agora San Andres também faz parte dos meus desejos. Espero em breve poder realizar mais este sonho. Bem, vou aguardar ansiosamente pelo relato sobre Cartagena e pelo do Marcelo no Mochileiros.com. Beijim

Flávia Mergulhão disse... [Responder comentário]

Katinha, que bom que está de volta e com imagens maravilhosas!
Fiquei me coçando para conhecer a Colômbia. Tenho uma querida que mora lá e não cansa de me convidar. Acho que agora eu vou aceitar!!!rsrsrsrs.
Eu, da Colômbia ,só conheço o aeroporto de Bogotá em conexões!!!rsrsrsrs
Falei o lance dos corais, mas não foi bronca não. É preciso ter cuidado, pela preservação e tb porque alguns corais contêm substâncias tóxicas e podem te queimar!Preservação e precaução, entendeu?
Vamos comer aquele camarão sim!! Vamos combinar em janeiro! Quem sabe as meninas não se juntam à nós?
Estou te esperando lá no fundo do mar! se o Marcelo quiser, meu otorrino é mergulhador tb e tem consultório bem pertinho da sua casa!!hahahaha
Bjossss

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Flávia MergulhãoFlavinha, por mim está fechado pra janeiro!!!!! Nossa, eu adorei aquele lugar! Voltei lá depois com uma amiga de BH e já tomei o chopp em um bar no Jardim Botânico, acredita? Quando o garçom disse que era produzido em Niterói, já sabia que era no NOI! Realmente San Andrés deve ser sensacional para o mergulho!!!! E te agradeço por falar dos corais, eu não sabia mesmo, mas foi perto de onde os tocamos que estavam os bichos cabeludos do fundo do mar, rsrsrsrs! Ah, Cartagena é linda, acho que vc iria amar e foi lá que vimos mais peixes diferentes porque estávamos em alto mar! Vou ver se consigo começar a separar as fotos para o post hoje! Um grande beijo!!!!!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@LucianaQue legal, Luciana! Também vi uma foto de Los Roques na Venezuela e de San Blas no Panamá, que me deixaram encantada! Essa região é mesmo muito bonita!!!! Um grande beijo!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Sheila ZanellaQue legal seu comentário, Sheila! Menina, adoro experimentar coisas novas e até bem exóticas mesmo! Em Bogotá tinha umas comidinhas bem esquisitas, rsrsrs! Experimentamos algumas, mas não deu pra encarar todas!!!! Um beijão!

Léia Silva disse... [Responder comentário]

Querida Katia
Menina como você está linda com esse bronzeado dourado!
Também apaixonei-me pela cor azul turquesa do mar, simplesmente incrível!
Pelo que parece o paraíso é ali!
Fiquei curiosa para saber sobre a tua lista de resoluções para 2013, também tenho que fazer a minha:D
Que delicia! Se tivesse ali também escorregaria no tobogã, já o trampolim é coisa de gente corajosa, que não é o meu caso - hehehe!
Muito interessante esse gêiser natural.
Custou "cair a ficha", quando vi a foto do "Marcelo com cabeça de luminária" :D
Como sempre tuas viagens são show - adoro!
Mil bjos
Léia

Ana do Chá e Viagens disse... [Responder comentário]

A Colombia está na minha lista, mas agora vc aguçou!

Bjokas
Ana
www.viajaretudibom.blogspot.com

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Léia SilvaOi, querida Léia! Muito obrigada! Menina, nem lembro mais qual é a minha cor de pele original, tenho emendado um bronzeado no outro, rsrsrs! Ah, menina, minha lista de resoluções é quase sempre a mesma, o problema é que nào consigo cumpri-la e todo ano novo renovo as esperanças de colocar meus objetivos em prática... vamos ver! Eu achei divertida essa luminária porque ficava bem na frebte dele, não dava pra ver o rosto eu tinha que desviar, rsrsrs! Estou com saudades de vc! O blog entrará em recesso para as festas de fim de ano e terei um tempinho para visitar os blogs que mais admiro, como o seu! Um grande beijo!

Nathalia disse... [Responder comentário]

Katia do céu, que lugar lindo é esse, mulher???? Não imaginava que a Colômbia fosse esse paraíso todo! Agora estou morrendo de vontade de conhecer esse pedaço maravilhoso do mundo!
Beijo!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Ana do Chá e ViagensQue legal, Ana! Então espere pra ver o post sobre Cartagena, minha cidade preferida!!!!! Tem praia, história, arquitetura e museus! É um lugar completo!!!! Bjs!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@NathaliaQue bom que gostou, Nathalia! A ilha de San Andrés fica afastada do continente, mas Cartagena também tem praias de azul turquesa a uma hora de lancha! E também tem história, cultura e uma arquitetura linda! Já estou separando as fotos para o próximo post, mas deve ter umas 200, tenho que reduzir muito, rsrsrs! Beijão!

Casar é assim... disse... [Responder comentário]

Bonfa querida...depois vou voltar e ver o post inteirinho, adorei as fotos de águas clarinhas, igual Cancun =)


Beijosss!!!

Ah, tem sorteio de créditos para hotéis no meu blog, acho que pode te interessar bastante =)

beijos!!!!

Amore con Cuore disse... [Responder comentário]

Oi Katia que fotos maravilhosas estou indo com o marido e o filhote para San Andres 08/01 , vc gostou , me conte um pouco mais de lá se vc puder , bjs

Deborah

Luciana disse... [Responder comentário]

Oi Katia!! Também já vi algumas fotos e li sobre Los Roques... Deve ser um lugar incrível também. Mas esta ilha já não faz parte dos mes planos, mas não porque não queira conhecê-la (adoraria), mas porque não teria coragem de entrar num daqueles aviõezinhos para chegar lá. Apesar de adorar viajar tenho medo de avião, então imagine o medo de encarar um avião pequeno.....rsssss...... Engraçado que falo isso, mas encarei um helicóptero sobre as cataratas do Iguaçú........rsssss....... Lá é lindo também, conhece???
Bjs.

Marta disse... [Responder comentário]

Katita, as fotos falam por is só. Que lugar lindo e que bom que Sâo Pedro ajudou. Ir para um local de praia tem que ter sol e tempo bom!!!!!!!
Beijos

Deia Bisaggio disse... [Responder comentário]

Ia perguntar sobre o avião para San andrea...
É pequeno né?
Acho que não terei coragem!
Hahahah

Claudia Liechavicius disse... [Responder comentário]

Colômbia, sua danada!

Eu não poderia imaginar. É um destino pouco provável. Parece que vocês se divertiram muito. Pena que o sol não deu muita sua cara. Praias azuis ficam ainda mais bonitas com bastante sol. Mas, com esse mar nem precisa, né?.

Um beijo enorme

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Claudia LiechaviciusPois é, menina!!!!!! Fomos pra Colômbia!!!!! Realmente o sol faz a maior diferença, mas a gente escolheu ir pra SanAndrés na pior época do ano, com chuva e ventos fortes, rsrsrs! Mas eu gostei mais de Cartagena e publiquei o post hoje. Vc conhece? Acidade é uma graça, cheia de construções históricas bem preservadas. E ainda tem praias de água clarinha também a algumas horas de distância. É muito legal! Um grande beijo!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Deia BisaggioOi, Deia! Não é pequenno nào! Pegamos um avião da embraer com duas poltronas de cada lado. E os voos foram tranquilos, apesar dos ventos fortes! Pode ir sem medo! Um beijão!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Casar é assim...Isso mesmo, Gábi! As águas são como as de Cancun, cristalinas e bem azuis, uma delícia! Bjs!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Amore con CuoreQue legal que vc está indo! Acho que coloquei todas as dicas nesse post mesmo, mas se vc quiser saber mais, pode me escrever por e-mail! Beijão e ótima viagem!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@LucianaLuciana, nunca viajei num avião pequeno, acho que ficaria insegura também, rsrsrs! Eu tinha vontade de voar de helicóptero, mas acho que teria medo... já de balão não senti nada, nem um friozinho na espinha! Um beijão!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@MartaPOis é, martinha! Ainda bem que as águas eram quentinhas porque já imaginou chuva e água fria? O sol apareceu tímido, mas o melhor foi que as atrações reabriram... seria chato realmente ficar só na praia principal sem conhecer o Acuario ou Johnny Cay. Um beijão!

Magnum Alves disse... [Responder comentário]

Olá Katia, adorei seu post. Vou à ilha de San Andres em Abril e certamente usarei esse post como um guia. Você recomenda levar dólar ou peso colombiano? E se for o peso, você recomenda compra no Brasil, Bogotá (aeroporto) ou San Andres? Desde já agradeço.

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Magnum AlvesOi, Magnum! Que bom que gostou do post! E vc vai gostar muito de San Andrés também, é um lugar muito bonito! Sobre suas perguntas... ih, nào sei te responder bem, mas acho melhor levar dólar e trocar em Bogotá por pesos colombianos. Um grande beijo e ótima viagem!

Ivy disse... [Responder comentário]

Bom dia, Katia.

Tudo bem?

Vou passar o réveillon em San Andres e apesar de já ter procurado em vários lugares não achei nada sobre passar a virada do ano lá, tem alguma dica?

Obs: O seu post foi um dos melhores que eu já li, você realmente visitou a ilha toda e me deu várias ideias para o roteiro, obrigada!!

Bjs

Ivy disse... [Responder comentário]

Bom dia, Katia.

Tudo bem?

Vou passar o réveillon em San Andres e apesar de já ter procurado em vários lugares não achei nada sobre passar a virada do ano lá, tem alguma dica?

Obs: O seu post foi um dos melhores que eu já li, você realmente visitou a ilha toda e me deu várias ideias para o roteiro, obrigada!!

Bjs

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@IvyoI. iVY! Muito obrigada! Fico feliz com elogio e que tenha gostado do post, mas infelizmente não sei nada sobre o réveillon na ilha. Um super beijo e ótima viagem!!!!

bafafabypaula disse... [Responder comentário]

@Katia BonfadiniOi Kátia! Os produtos da Bath Body and Works ficam em qual loja? Tinha velas??? Risos!

beijo!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@bafafabypaulaOi, Paula! Puxa, não me lembro, mas acho que vi os produtos em mais de um lugar. Só não lembro de ver velas nem fragrâncias pra casa. Acho que só tinha produtos para o corpo e perfumes. Beijão e boa viagem!

Rosa Paula Pereira disse... [Responder comentário]

Meu Deus . fiquei babando.que lugar lindo

Renata disse... [Responder comentário]

Oi Bonfa! Tava aqui passeando nas suas viagens e olhando Colômbia....vc sempre minha referencia!!!!!! Vou só ver a opção de ir ao Caribe.....beijos queridona!!!! Lima foi muito melhor pelas suas dicas!!! AMEI o mergulho com lobos marinhos e não iríamos se vc não tivesse comentado!!! MachuPicchu um sonho. Voltaremos!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@RenataRenata, muito obrigada! Adorei seu recado e adorei saber que vc gostou de lima! Amei a viagem ao Peru! E que coincidência, vamos para o Caribe nas próximas férias! É uma região linda mesmo que precisamos explorar mais. Um super beijo!

Renata disse... [Responder comentário]

Olha eu de novo aqui!!!!! Vendo suas dicas colombianas de san andres..passagens compradas para este mês!!! Vou tomar nota de tudo..hihihii..

Related Posts with Thumbnails