segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Resumão das férias na Grécia – Parte 2: Atenas

Pôr do sol no Monte Licabetus

Acrópole de Atenas

Detalhes das gigantescas colunas gregas

Estádio Panathinaiko

Eu pretendia terminar a série de posts sobre as férias de abril (Rússia, Turquia e Grécia) no final de 2012, porém a correria da época de festas e as novas férias em novembro (Colômbia) me atropelaram. Mas eis que 2013 chegou e, fazendo uma retrospectiva, fiquei feliz por ter conseguido publicar quase todos os relatos das viagens internacionais e uns 60% das viagens nacionais que fizemos no ano passado. Como já mencionei algumas vezes, não imprimo fotos há muito tempo nem mantenho álbuns virtuais atualizados, então esses posts funcionam como fontes de consulta a fim de relembrar momentos especiais. Também gosto de compartilhar dicas e sugestões com quem planeja visitar os lugares por onde passei. Se eu puder ajudar, basta deixar um comentário aqui que respondo em breve!

Sendo assim, hoje é dia de escrever sobre Atenas, a capital da Grécia e nossa última parada antes do retorno ao Brasil.

Ficamos hospedados por duas noites no THE STUDENT & TRAVELLERS INN, um hotel/albergue simples, porém muito bem localizado no animado bairro de Plaka a 10 minutos de caminhada da Acrópole, da Praça Syntagma e do metrô.

Nos arredores do hotel, a gente encontrou de tudo: bares e restaurantes com mesas nas calçadas, lojas de souvenirs, lojas de conveniência, casas de câmbio etc.  Plaka é um bairro charmoso e aconchegante que possui ruas estreitas revestidas de pedra e paralelepípedo. A maioria delas é fechada para carros e é uma delícia percorrê-las sem pressa.

No primeiro dia fomos direto visitar a atração principal da cidade: a Acrópole. Segundo a Wikipedia, “Acrópole (do grego ἀκρόπολις, composto de ἄκρος, "extremo, alto", e πόλις, "cidade") é a parte da cidade construída nas partes mais altas do relevo da região. A posição tem tanto valor simbólico, elevar e enobrecer os valores humanos, como estratégico, pois dali podia ser melhor defendida.”

Na bilheteria da Acrópole é possível comprar um ingresso válido para entrar em vários pontos turísticos e foi o que fizemos para aproveitar bem os dois dias que passamos em Atenas. A Acrópole de Atenas abriga algumas das mais famosas construções do mundo antigo, como o Partenon e o Erecteion.

O Erecteion é um templo grego consagrado a Atena, Hefesto e Erecteu que foi erguido entre 421 a 406 a.C. É reconhecido como o mais belo monumento em estilo jônico da antiguidade.*

As Cariátides são essas colunas esculpidas como estátuas femininas que suportam na cabeça todo o peso do templo. Algumas vezes os gregos utilizavam esse recurso estético para substituir as colunas de sustentação tradicionais.

Marcelo e o Erecteion

Detalhe das grandes colunas e do encaixe dos blocos de pedra

O Partenon é certamente a edificação que chama mais atenção na Acrópole e é considerado o maior símbolo da Grécia.

Infelizmente, ele estava cercado por andaimes e parece que é sempre assim, ou pelo menos foi a impressão que tivemos depois de ver muitas fotos do monumento sempre em restauração.

Na foto acima, registrei um raro pedaço do Partenon sem os andaimes. Apesar de eu tentar evitar fazer comparações, foi impossível não lembrar de Éfeso, na Turquia, e pensar que a cidade antiga me cativou muito mais do que a Acrópole. A Biblioteca de Celsius está muito melhor conservada e os outros prédios me pareceram mais “inteiros” e imponentes do que na Grécia. Vocês podem ver o post que escrevi sobre o Éfeso aqui:

http://casosecoisasdabonfa.blogspot.com.br/2012/07/resumao-das-ferias-na-turquia-parte-1.html

Vista de Atenas a partir da Acrópole com o Templo de Zeus em destaque

Marcelo e eu em frente à fachada do Odeão de Herodes Ático

Odeão é o nome dado ao pequeno anfiteatro grego usado para competições musicais. Sua estrutura era semelhante a de um teatro com a diferença de que o odeão possuía uma cobertura com o objetivo de reter o som, proporcionando uma acústica melhor.

Há muitas ruínas milenares espalhadas pela cidade. Depois de percorrer a Acrópole, seguimos para visitar a Ágora, um espaço público importante na constituição do espaço urbano da Atenas clássica.

A Ágora de Atenas caracterizava-se como uma grande praça em meio às casas típicas da época. De um lado, era limitada por uma série de edifícios públicos, cada um representando um papel diferente na vida política da cidade. Do outro lado havia mercados e feiras livres.

Vista da Acrópole

Detalhe da Stoa de Átalo na Ágora de Atenas

De algumas construções só resta um amontoado de pedras e seria difícil imaginar o que existia ali se não fossem os mapas e desenhos colocados perto dessas atrações.

Fizemos uma pausa para o almoço em uma badalada rua de pedestres da cidade (Adrianou). Havia muita gente passeando por lá, além de vendedores ambulantes, comerciantes de antiguidades e até uma banda tocando samba! Foi uma pena não anotarmos o nome do restaurante onde o Marcelo comeu um suculento gyro e eu pedi um pratinho de queijo feta assado com tomate e pimentões. Gostamos tanto que voltamos no dia seguinte.

Mais tarde fizemos uma nova parada a fim de experimentar um delicioso cappuccino freddo e outra bebida com café. Percebemos que um monte de gente pedia esse tipo de drink e decidimos imitar os locais.

Eu me apaixonei pela vitrine da loja OCTOPUS que, infelizmente, permaneceu fechada durante o final de semana.

Os objetos expostos eram fofos, coloridos, criativos e divertidos!!!! Amei os relógios de parede!!!! Algumas peças eram da marca francesa PYLONES, mas havia vários outros acessórios que eu nunca tinha visto. Bom, já que eu não pude entrar, pelo menos fotografei a vitrine para deixar aqui a dica e, quem sabe, voltar algum dia!

No fim da tarde fomos curtir o último por do sol da viagem no Monte Licabetus. No caminho, passamos pelo Jardim Nacional (National Gardens), uma área muito agradável que abriga um pequeno zoológico.

Passamos também pelo Zappeion, um belo edifício geralmente utilizado para reuniões e cerimônias oficiais.

Subimos à pé o Monte Licabetus porque gostamos muito de andar, mas é uma caminhada meio cansativa. Para quem quiser subir com mais conforto, há um funicular.

Lá de cima é possível apreciar uma belíssima vista da cidade e de algumas montanhas nos arredores. Pedimos duas cervejas no bar e ficamos papeando em uma das mesas ao ar livre esperando o pôr do sol.

Pôr do Sol visto a partir do Monte Licabetus

Quando escureceu, descemos pelo mesmo caminho e fizemos um passeio pelos arrredores do hotel antes de escolhermos um lugar para jantar.

Iluminação noturna do Museu da Acrópole

As ruas de Plaka são muito fofas e à noite ganham uma iluminação romântica e aconchegante.

Adorei a decoração das prateleiras do bar BRETTOS, repletas de garrafas coloridíssimas!!!!

Como se trata de uma zona bastante turística e os restaurantes são colados uns nos outros, o viajante é muito assediado em Plaka. Há vários estabelecimentos que servem comida típica e escolhemos um que ficava bem pertinho do hotel porque o cardápio parecia promissor e o garçom nos ofereceu uma cerveja grátis, rsrs!

Sou apaixonada por queijo feta e, como eu sabia que não seria tão fácil nem barato encontrar a iguaria no Brasil, aproveitei para comê-lo todos os dias em que estive na Grécia. Por isso pedi um pedaço do queijo regado com azeite e orégano como entrada.

Muitas vezes troco o jantar por vários petiscos e esse dia resolvi experimentar a tradicional  Spanakopita, uma espécie de massa folhada recheada de espinafre e ricota.

O Marcelo optou por um prato mais consistente com batatas, tomate e pimentão recheados com carne moída.

No dia seguinte, fomos visitar as atrações que estavam incluídas no ingresso comprado na entrada da Acrópole: o Templo de Zeus e o Arco de Adriano.

O templo de Zeus Olímpico, também conhecido como Olympeion, é a ruína monumental de um antigo templo dedicado a Zeus, cuja construção começou no século VI a.C.*

Detalhe das colunas do Templo de Zeus

Detalhe das colunas do Templo de Zeus

Em seguida, partimos para o Panathinaiko, um estádio de atletismo construído inteiramente em mármore. Suas fundações originais remontam há mais de 2.300 anos.

O estádio foi construído em 566 a.C. e reconstruído em 329 a.C. Em 1870 suas ruínas foram restauradas e em 1895 foi reformado para a realização dos primeiros Jogos Olímpicos da era moderna em 1896.*

Curiosa estátua do Estádio Panathinaiko

Sua pista tem forma de U e suas arquibancadas tem capacidade para 80.000 espectadores sentados. Recentemente o estádio foi usado para celebrar conquistas importantes dos esportistas gregos, como o título do Campeonato Europeu de Futebol de 2004. Foi nesse mesmo ano que os Jogos Olímpicos voltaram a ser sediados em Atenas.

Alugamos um guia de áudio e seguimos as intruções até avistarmos um portão que dava acesso a um grande túnel. No final dele, havia um salão com exposição de pinturas inspiradas nos Jogos Olímpicos e algumas tochas usadas em edições recentes do evento.

Quando a visita terminou, passeamos por outras regiões menos turísticas da cidade e depois voltamos à badalada rua Adrianou onde provamos o último gyro da viagem.

Na verdade, nem eu nem o Marcelo lembrávamos do nome dessa rua cheia de atrativos, mas eis que na foto acima havia uma pista: o nome do restaurante “MOMA”. Não foi lá que paramos para comer, mas eu voltaria mais vezes nessa simpática região para conhecer outros bares, cafés e restaurantes. 

Detalhe da fachada de um café na Rua Adrianou

Depois de vinte e poucos dias conhecendo mais um pedaço do mundo, pegamos as mochilas no meio da tarde e seguimos para o metrô rumo ao aeroporto. Assim terminou uma das viagens mais interessantes que eu fiz na vida!!!!

Um grande beijo pra todos com votos de muitas férias inesquecíveis!!!!

*Fontes:
http://www.mochileiros.com/grecia-santorini-atenas-t70305.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Acr%C3%B3pole_de_Atenas
http://pt.wikipedia.org/wiki/Cari%C3%A1tide
http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81gora_de_Atenas
http://pt.wikipedia.org/wiki/Templo_de_Zeus_Ol%C3%ADmpico
http://pt.wikipedia.org/wiki/Est%C3%A1dio_Panathinaiko

Bonfa-ass

16 comentários:

Laísa Alcântara disse... [Responder comentário]

Vocês parecem ter visitado muitas coisas para dois dias! :) legal! Pretendo visitar a Grécia, acho um país muito lindo...

Bia Jubiart disse... [Responder comentário]

Bonfa, simplesmente amo viajar com vcs nas imagens!!!

Tenham uma ótima semana!

Bjooooooo

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Laísa AlcântaraLaísa, a gente tem um ritmo bem acelerado mesmo, tenho que admitir... a maioria das pessoas que conheço acha que a gente faz uma maratona, mas o nosso ritmo é assim mesmo e a gente não deixa de curtir o momento, relaxar nem aproveitar os lugares que conhece. É por isso que eu sempre aconselho as pessoas a ficarem mais tempo nos lugares que conhecemos, a nào ser que sejam que nem a gente, rsrsrs! A Grécia é muito linda mesmo! Um dia quero voltar pra conhecer as outras ilhas! Um grande beijo!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Bia JubiartQue legal, Bia! Esse foi o último post da série! Ufa... consegui terminar tudo, nem acredito! Tem tantas viagens que nào consegui descrever em posts para o blog... e agora elas ficaram lá atrás, mas tenho um projeto de regatá-las aos poucos, mesmo que seja para descrever somente algumas atrações. Um grande beijo!

Casar é assim... disse... [Responder comentário]

Oi Bonfa!!!

Estava esperando esse post!!!!
Vontade de conhecer Acrópole....o que sobrou da história, isso é demais, né??
Vc fez a comparação com Éfeso, na Turquia (que vc me mostrou que tbm é lindo por lá!!!), mas acho que Partenon é bem mais conhecida e por isso atiça tanto a vontade das pessoas de irem até lá conhecer, né?
Eu tenho vontade de conhecer os dois agora...rsrs....adoro saber que teve uma sociedade que viveu nesses lugares há milhares de anos e era tudo diferente!
Sem contar nessas imensas construções em tempos que não existiam os artefatos que existem e ajudam nas construcões atuais.

E esse lago com as bexigas coloridas?? Fofo!!

Eespero que aqui onde eu almoço tenha Moussaka hoje!! rsrs....

beijosss!!
Gábi

Marcela Pontes disse... [Responder comentário]

Sem dúvidas, está na minha lista dos 5 destinos que mais quero conhecer.
Só em ver as fotos me arrepio.
Bjksss

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Casar é assim...Que legal, Gábi! Eu demoro a postar, mas um dia o relato aparece aqui, rsrsrs! Realmente foi inevitável comparar, justamente porque a Acrópole é uma das ruínas da Antiguidade mais famosas do mundo! E eu tinha ouvido falar bem menos do Éfeso, o que se revelou pra mim uma belíssima surpresa! Como conheci os dois lugares na mesma viagem,fiquei meio decepcionada com o Partenon e achei a biblioteca de Celso muito mais vistosa e imponente (e sem andaimes, rsrsrs!). Mas esse foi só um sentimento meu, baseado no que eu esperava encontrar, o que não invalida uma visita à Acrópole, não mesmo! Acho que sempre vale a pena ir e conferir pra traçar as próprias opiniòes, né? Um grande beijo!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Marcela PontesQue bom saber disso, Marcela! A Grécia não estava na minha lista por bobeira porque é um lugar sensacional que tem de tudo: história, cultura, paisagens de tirar o fôlego, ilhas paradisíacas, cenários deslumbrantes e uma gastronomia.... hummmmmm, só de pensar fico com água na boca! Além disso tudo, os gregos são muito simpáticos, alegres e hospitaleiros! Um grande beijo!

Gerliane disse... [Responder comentário]

Noooossa Katia que maravilha!! E fazer esta postagem deve te dar muitas saudades não é não?

Leva a gente com vocês na próxima? rsrsrs

Beijocas

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@GerlianeGerliane, com certeza dá a maior saudade, menina!!!!! Foi uma viagem linda mesmo! O bom é que já estou pensando nas próximas férias e tem sempre muitos lugares na minha lista de destinos de sonho, rsrsrs! Um beijo enorme pra vc!

Keep Calm & Feel Good disse... [Responder comentário]

Olá minha flor...

Passei para ver as novidades e desejar-te uma excelente semaninha!!

ADOREI ver todas estas fantásticas fotos.....que maravilha!!!!

Beijinhos e tudo de bom....

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

Obrigada, querida!!!! A Grécia é realmente linda!!!! Um beijão e ótima semana pra vc!

Ana Maria Braga disse... [Responder comentário]

Gosto muito dos seus relatos de viagens e das fotos. Elas me encantam.
Vocês são bem dispostos para viagens. Bom porque combinam. Eu já gosto mais de um pouco de conforto. Deve ser também por conta da idade...rs.
Boa semana. Bjs, Katia.

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Ana Maria BragaOi, Ana! Adorei seu comentário! Realmente temos gostos e personalidades parecidas no quesito viagens! Isso é importante mesmo! Acredita que eu consigo ser ainda menos exigente com hotel do que o Marcelo? Sou bem simples mesmo, mas com a idade realmente comecei a ter um padrão mínimo, o que nào significa grande coisa, rsrsrs! Quando tinha vinte e poucos anos, eu ficava em albergues com quartos coletivos, mas aos trinta e poucos nào conseguia mais dividir o quarto com gente desconhecida e percorrer um longo corredor para ir ao banheiro no meio da noite. Entào sempre ficamos em quartos privados com banheiro em albergues ou hoteis simples, porém sempre bem localizados. Disso a gente faz questão!!!! Um grande beijo!

Simone Scharamm disse... [Responder comentário]

Oi,Katinha, vou te contar um segredinho:rsrsrs, quando era mocinha, tinha uns 14,15 anos, eu era "viciada" nas revistas Sabrina,rsrs, aí, lia a sinopse e comprava sempre aquelas que se passavam na Grécia, porque eu achava as mais românticas,rs, e eu sonhava em conhecer as ilhas e encontrar um grego beeem lindo e romântico!rsrs!
Engraçado, essa memória voltou agora, lendo o seu post! Lindíssimas fotos, amei o relato dessa viagem incrível!!! Bom, o grego eu não encontrei,rs, fiquei com o português,rsrs, mas agora a vontade adormecida de conhecer a Grécia voltou com tudo!rs! Obrigada por dividir momentos tão especiais conosco!
Beijos, minha linda!

Claudia Liechavicius disse... [Responder comentário]

Katia,

Que viagem deliciosa. Rússia e Grécia conheço bem e gosto muito, mas a Turquia. Ah, sonho para breve!!!!

A Grécia é um lugar muito especial, principalmetne as ilhas de Creta e Santorini.

Vocês não param mais, hein? Qual o próximo destino?

Beijos


Related Posts with Thumbnails