terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Aventuras gastronômicas em Buenos Aires: Buller Pub, Sucre e Happenning

Estou de volta de uma viagem curtinha à Argentina. Aproveitamos a visita da minha irmã para juntar a família inteirinha e partir para uma aventura de três dias em Buenos Aires. Uma das coisas que mais gosto de fazer na vida depois de viajar, é comer e aproveitamos a valorização do Real para conhecermos ou voltarmos em alguns restaurantes recomendados por amigos. Nesse post, escrevo sobre três deles.

Essa é a tábua de degustação das cervejas produzidas no Buller Pub, uma microcervejaria artesanal, que funciona desde 1999 no bairro nobre da Recoleta, que fica na zona norte de Buenos Aires. Estive pela primeira vez no local em 2003, retornei no ano passado e essa foi minha terceira experiência nesse bar/restaurante charmoso, que serve belisquetes gostosos e cervejas maravilhosas! Dessa vez preferimos nos sentar ao ar livre para aproveitar o lindo dia de sol, mas há várias outras opções nos dois andares do bar.

Acho muito legal a ideia desse jogo americano feito de papel reciclado, contendo um esquema ilustrado de como é feita a produção artesanal da cerveja, assim como a descrição dos seis tipos da bebida produzida na cervejaria. São os seguintes (com descrição em espanhol que retirei do site da empresa):

Light Lager
El estilo más difundido en el mundo. La versión Buller se caracteriza por su frescura, sabor y aroma que le otorgan los lúpulos europeos utilizados. Es una cerveza de bajo amargor y su contenido alcóholico es de 4.5°. De color dorado pálido, se sirve muy carbonatada, es ideal para refrescarse.

Cream Pale Ale
Cerveza color cobre con buen cuerpo y consistencia cremosa (es nitrogenada). Posee maltas de tipo caramelo y especiada con lúpulos tradicionales ingleses. Posee tonos frutales muy marcados, producto de esteres extraídos de los lúpulos y la fermentación alta. Es ligeramente amarga.

India Pale Ale

Un estilo que nació en el siglo XVIII en Inglaterra para las tropas británicas que estaban en la India. Se creó una cerveza fuerte para que sobreviva a la larga travesía a que estaba destinada. Altamente lupulada.
Lo que podrás degustar en Buller posee un alto nivel de amargor con una sensación placentera producto de la variedad de lúpulos alemanes utilizados. Su graduación alcohólica es de 6.0° y un color que pasa del oro al cobre claro. Es ideal para aquellos que quieren explorar aromas desconocidos y los amantes del sabor amargo.

Oktoberfest
Tiene su origen en la celebración de la cosecha de la cebada en Baviera, Alemania. En su preparación se utilizan altas proporciones de malta Viena y Munich, lo cuál le imprime un fuerte carácter a malta y un bajo nivel de amargor. El contenido alcohólico es moderado, 5.5°. Es ideal para los que buscan explorar sabores a malta complejos.

Honey Beer
Esta versión goza de gran popularidad entre los clientes de Buller. Su base de elaboración es malta y miel. La miel de exportación que utilizamos proviene del sur de Buenos Aires.
Es un estilo poco lupulizado, con un alto nivel de graduación alcohólica, 8.5°. El color es dorado pálido y el nivel de corbonatación es medio para poder apreciar el carácter de la miel. Es ideal para los que buscan nuevas experiencias en el paladar.

Dry Stout
Es uno de los estilos típicos irlandeses, con un amargor elevado, producto de los lúpulos y maltas tostados utilizadas. En Buller posee un perfil de sabores más amplio y complejo, sobresalen el tostado, café y caramelo quemado. Usamos 8 variedades de malta y nitrogenamos para darle una consistencia cremosa y hacerla más apetecible. La graduación alcohólica es de 5.8°. Es ideal para los amantes de la cerveza negra y aquellos que quieren explorar sabores aportados por el tostado de las maltas.

A cerveja da foto acima é do tipo Weiss Bier, feita de trigo, e foi a preferida pelo pessoal da mesa. Não sei porque ela não estava listada no jogo americano.

Já na minha opinião, a Dry Stout é a mais gostosa, encorpada e com uma espuma bastante densa e cremosa. Aprovadíssima! Temos uma nacional parecida que é a Colorado Demoiselle, uma porter de alta fermentação que leva café e foi medalha de ouro em sua categoria, em 2008, no European Beer Star, importante concurso internacional de que participaram 688 rótulos de 17 países (informação retirada do blog Sabor & Alquimia).

Havíamos comprado ingressos para um show de tango com jantar incluído na casa de shows Señor Tango à noite e por isso, preferimos pedir várias entradas no almoço, ao invés de refeições completas. Começamos por uma porção de presunto cru, que estava delicioso e cortado bem fininho.

Adoro comida mexicana e não consegui resistir a esse prato de nachos temperados com chili, feijões, guacamole, sour cream, queijo e molho pico de galo.

Minha irmã pediu essa panela com fajitas de frango douradas e acompanhadas de feijões, arroz amarelo, guacamole e sour cream.

É difícil dizer do que gostamos mais. Estava tudo bem gostoso, mas pouco apimentado.

Meu pai optou pelas chicken wings com molho barbecue e onion rings empanadas.

Minha mãe não quis se arriscar e pediu uma pizza meio Margherita/meio Classic Di Nappole, que veio com fatias de tomate e alho… muito boa opção!!!

BULLER PUB
http://www.bullerpub.com/
Presidente R. M. Ortiz 1827 (entre Guido y Av. Quintana)
Tel: 4808-9061

Minha irmã mais nova, que aparece na foto acima, havia recebido a recomendação de conhecer o Sucre, restaurante muito elogiado por uma revista levada pela minha outra irmã, e também presente no blog Destemperados, que adoro e sempre consulto.

Gostei da fachada do restaurante por ser simples, despretensiosa e sofisticada ao mesmo tempo. As linhas retas e a entrada discreta me agradaram.

Uma coisa que achei muito simpática é a cozinha aberta para o salão principal, onde os comensais podem observar tudo o que está sendo preparado. É um espetáculo à parte e acho que a integração cozinha/salão ficou muito bem resolvida esteticamente.

Adorei esse bar com design bem contemporâneo que, apesar de “clean”, é muito aconchegante. Sabem que eu adoro um piso de madeira, né? A mistura de madeira, vidro, metal, couro e fibras naturais me conquista sempre! Reparem que as prateleiras repletas de garrafas continuam até o teto do restaurante, que tem pé direito bem alto. O mezanino dá acesso aos banheiros no segundo piso.

Eu e Marcelo preferimos começar bebendo a cerveja Quilmes, a mais tradicional da Argentina, encontrada em praticamente todos os bares.

O bom de sair para almoçar com um grupo grande é poder pedir várias entradas e provar de tudo um pouco. Foi o que fizemos, já que éramos 8 adultos e uma criança. A primeira delícia que experimentamos foi a Provoleta de cabra a la plancha, con aceite y hierbas frescas. Como adoro queijo de cabra, eu tinha certeza de que iria amar esse queijo cremoso com crosta dourada e temperada com ervas frescas.

O Tiradito de salmón (marinado en el momento, jugo de lima, chiles y aceite de oliva) também fez sucesso e era uma espécie de ceviche feito com salmão.

Essa foi minha entrada preferida, estava simplesmente perfeita e divina! Trata-se da Tart Tatin de tomates asados y mozzarella de búfala (masa de hojaldre casera, recula selvática, cebolla confit y vinagreta de olivas).

Risotto con hongos de pino y rúcula selvática (tomates secos, naranja, perejil, manteca y queso regianito). Um dos meus cunhados pediu esse risoto, que tinha apresentação bem bonita, mas um sabor um pouco adocicado demais pro meu paladar.

O Ojo de bife (a la parrilla, con papas Nury y chimichurri dulce) foi o prato que escolhi. Delicioso! A carne estava deliciosamente temperada com chimichurri e macia e as batatas (que mais parecem bananas na foto), estavam crocantes por fora e macias por dentro. Recomendo bastante!

A Bondiola de cerdo (a la parrilla con mojito rojo y batatas fritas) foi o prato pedido pelo Marcelo, que adorou as batatas doces fritas e a carne de porco. Parece que o prato é o carro-chefe da casa.

Apesar de não ser muito ligada em doces, quando li a descrição dessa sobremesa, tive que experimentá-la. O Clafoutti tibio de membrillos caseros y avellanas (espuma de vino malbec, escamas de queso manchego y helado de crema) é algo de outro mundo. Adoro frutas vermelhas e estava curiosa pra saber o que era a tal espuma de vinho Malbec, que tinha consistência de mousse e um sabor bem interessante. Se vocês forem ao Sucre, não deixem de pedir essa maravilha!!!!

SUCRE
http://www.sucrerestaurant.com.ar/sucre/default.htm

Conheci o Happenning na primeira vez que estive em Buenos Aires numa noite bem chuvosa. Se me lembro bem, era nossa última noite na cidade e queríamos jantar num restaurante bonitinho, apesar da grana estar no finalzinho. Eu e Marcelo paramos na porta do restaurante em Puerto Madero, mas achamos que tinha um estilo sofisticado demais e que não era pro nosso bico. Entretanto, antes de procurar outro lugar pra comer, decidimos dar uma espiadinha no cardápio e eis que havia um menu com preço fechado de 37 pesos por pessoa que incluía entrada, prato principal, sobremesa e meia garrafa de vinho. O peso já valia menos do que o Real e achamos que valia a pena experimentar.

Gostamos bastante do jantar e decidimos voltar dessa vez com a família toda. Meu pai também já conhecia e gostava do restaurante, que não faz parte dos mais recomendados em nenhum dos guias e revistas especializadas que já vi. Sinceramente, não entendo o porquê. A comida é ótima, os preços são honestos e o lugar é bastante simpático e aconchegante, com um amplo salão interno e uma varanda bem agradável.

Na entrada do restaurante, há uma mesa cheia de queijos e aperitivos que os clientes podem colocar no prato e que é cobrado como couvert.

Detalhe dos aperitivos e dos pratos brancos altos com pés torneados que amei!!!!!

Minha irmã Flávia fazendo pose para a foto ao lado da mesa cheia de tentações…

Tirei essa foto da carta de vinhos porque achei muito interessante a capa forrada com tecido listrado.

O meu pedido foi esse filé mignon (lomo) coberto com molho de vinho e pimenta, acompanhado de batatas gratinadas no molho cremoso. Simplesmente sensacional!!!! Mas só conseguir comer metade do prato, o bife era enooooorme!!!!

Essa é a agradável varanda com vista para o rio em Puerto Madero.

Eu tive que tirar uma foto do banheiro do restaurante, que achei interessante por causa dessa “mesa” redonda bem no meio do local com duas pias uma de frente para a outra. As paredes são de pedra e os metais são todos cromados. Há uma parede inteira espelhada e a iluminação é suave e amarelada. Admiro locais assim, onde a gente percebe o cuidado com cada detalhe e nenhum cantinho é esquecido.

HAPPENNING
http://www.guiaoleo.com.ar/detail.php?ID=252

E agora, vamos ao sorteio do presentinho que trarei de Paris????? Com vocês, meu sobrinho fofo Gabriel, de quem já estou morrendo de saudades:


O número 7 pertence à Katia Barbosa. Parabéns, xará!!!!!! Lembrem-se que a contagem foi feita de trás para frente, do seguidor mais antigo para o mais novo. Katia, se quiser, deixe um comentário nesse post ou, se preferir, mande uma mensagem para o katiabonfadini@gmail.com me passando seu endereço para a entrega do presentinho. Prometo que vou caprichar!!!!

Um beijo para todos e até sexta-feira, quando mostrarei algumas das comprinhas que fiz nessa curta passagem por Buenos Aires. Como o Real anda bem valorizado por lá, deu pra trazer peças muito legais por um preço bastante em conta!!!

Bonfa ass

29 comentários:

Tati Alberti disse... [Responder comentário]

Oi Katia...
Adorei... Fui a Buenos Aires há 5 anos atrás em lua de mel, mas era cruzeiro e ficamos apenas 1 dia... Espero voltar em breve, mas agora com suas preciosas dicas...
Beijos... Parabéns pela linda família...
Tati

*-._.-* Anita *-._.-* disse... [Responder comentário]

Que viagem linda, comidas espetaculares e sua familia divina...

Adorei a descontração do Gabriel no sorteio...hehehehehe...vocês ansiosos e ele bem na boa...hahahahaha

bjssssssss e parabens a sortuda...

Andreia Flor Morena disse... [Responder comentário]

Oi, vc esta linda em todas as fotos!!! mesmo amante da boa mesa e consegue mater esse corpão! Fala o segredo em algum caso da Bonfa, vai!?
Agora eu tb estou concorrendo.
Bjus

Milena disse... [Responder comentário]

Esse post deveria vir com um alerta para não ser lido(visto)com fome.É uma tentação...Que pena,não fui a sorteada pelo Gabi.Snif!!!
Bj :)

Babi Mello disse... [Responder comentário]

Katia, definitivamente você sabe viver! Viajar é tdo de bom. E as comidas que você mostrou hummm me deram água na boca, tdo demais.
E que pena, pensei que fosse ganhar. Bua!
Bj!

Bird learning to fly... disse... [Responder comentário]

Katia,

Que vc quer fazer com a nossa dieta, menina?!

Sao 10 da manha aqui e vc ja me deu agua na boca! To aqui salivando face a tanta delicia junta!

Vc e suas irmas tao lindas! Adorei o visual novo da Flavia!

Bjocas

Joaninha Bacana disse... [Responder comentário]

Quantos pratos maravilhosos, deu muita água na boca!!! Aaamei o Provoleta de cabra a la plancha, yummie, yummie!
Beijocas, Angie

Kaira disse... [Responder comentário]
Este comentário foi removido pelo autor.
Kaira disse... [Responder comentário]

Ai, me deu até água na boca, e olha que ainda é cedo, rsrsrs...
Já anotei as dicas pra quando eu der um pulinho lá!
;)
Bem, parabéns à sua xará, Kátia, que com o número 7 levou o mimo... eu ficaria espantada se meu número de sorte fosse um 7 tbm, tipo 25(será?)...duas vezes na trave daí, kkkkkkkkkkkkk! Notou que me guio direto pela numerologia, né?!rsrs...
Ah, deixa eu te desejar um Feliz Natal, e um ano novo repleto de alegrias e coisas tão boas quanto às que você nos brinda aqui no blog!
Bjs e boa viagem!!!!

Fabiana disse... [Responder comentário]

Katia, que post gostoso de se ler! A Rosi já estava me deixando babar, agora você. Quantos lugares especiais!

Bjs!

Katia disse... [Responder comentário]

Aeeeeeeeee!!!!!! NÃO. ACREDITO. NÃO. A C R E D I T O!!!! Eu ganhei.. Eu ganhei... Puxa vida, você não tem idéia de como eu fiquei feliz. Muito obrigada. Esse número me dá sorte.. hehehe... vou começar a abusar dele, afinal de contas conheci o meu marido no dia 07/07/07, vc acredita nisso.?! um grande beijo!!!

Wagner disse... [Responder comentário]

Realmente, mais GASTRONÔMICO impossível o fim de semana em Buenos Aires! Os lugares me pareceram bem interessantes e os pratos apetitosíssimos! Ficou muito legal a foto com a "escala cromática" das cervejas!
E parabéns para a vencedora do sorteio aqui também! Estou certo de que sua xará vai ganhar um presente muito legal!

Beijo.

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

Oi, Katia!!!!! Parabéns!!!! Eu também acho que o número 7 dá sorte!!!! Comecei a namorar o Marcelo num dia 7 também!!!!! Que coincidência!!!!! Beijão!

Dri disse... [Responder comentário]

snif, snif... não ganhei??!!
ah tá bom vai... hehehhe
Parabéns pra Katia!

Menina do céu, eu já estava com fome! Agora então!! nossa!! ahahha
beijokas Katinha.

Lidiane Vasconcelos disse... [Responder comentário]

Kátia, que delícia o post, viu?

Tenho lido sobre a Argentina insistentemente esses dias. Já li a respeito no blog de Rosi – Mundinho Particular - , no de Luma – Luz de Luma, yes party!! – e agora no seu.

Tudo isso me fez matar um pouco da saudade que sinto de Buenos Aires, onde passei minha lua de mel.

Sabe que você falou algo sobre o seu gosto pelo tipo de primeira impressão que um restaurante deixa em você? Digo, você valoriza fachadas simples e despretensiosas. Isso me fez lembrar de uma ida a um restaurante em Recife que, na ocasião, era considerado o melhor francês da cidade pela Veja Recife. Fica num hotel muito bonito, e há toda a pompa e circunstância. Gosto nem de lembrar que foi um desastre...kkkkk... todas as expectativas foram por água abaixo. Humpf! :(

É bem diferente quando a gente é surpreendida assim, como você foi com relação ao Sucre. ;)

Renateca disse... [Responder comentário]

Afe! ver o seu post antes do almoço é uma maldade.. ninguém merece isto gente!!!!!!!!!!!!!!

adorei as fotos.
fomeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

Rosi disse... [Responder comentário]

Bonfadini

Nesta semana só dá Buenos Aires! Eita cidade tudo de bom. Eu amei a viagem. Engraçado que os nossos posts vão se completar: enquanto eu falo dos lugares que vi, vc fala das comidas e presentinhos, uma delícia!

Sobre o sorteio. Puxa, que tristeza!!!! Esse ano eu não levei nada. Participei de tanto concurso e nem uma bala...snif!

Bola pra frente, né?!
Bjs

Fabi Carvalhos disse... [Responder comentário]

Katia, queria ter esse pique da sua irmã de ficar viajando c/ criança pequena. Fico com medo de sequestro, de perder Sophia de vista, de não aproveitar nada tendo q vigiar ela, da diferença de fuso, de paladar, etc. Mas acho q tenho q perder logo estes medos e aproveitar mais. Tb só me resta feriados e datas festivas p/ viajar pois André não tira férias... :( Adorei a dica do blog Destemperados, bem legal mesmo. E as dicas gastronômicas de Buenos Aires estão muito boas tb. Agora, deixa eu assumir, o melhor foi assistir ao fofucho do seu sobrinho sorteando o papelzinho! Q fofo! Beijão, Fabi

João Luis Guedes P. Pereira disse... [Responder comentário]

Nossa, esse post sobre a culinária portenha me deu água na boca e vontade de voltar à Buenos Aires e poder conhecer todos esse lugares que vc citou!! Adorei essa coisa informal meio botequim sofisticado do Buller Bub. E como o prato de presunto cru com alface pode ser tão simples e tão criativo?! Muito legal a sacada das rosas! Mas de todos eles, acho que gostaria muito de conhecer o Sucre. Os pratos me encantaram principalmente o ojo de bife e essa sobremesa digna da culinária molecular! Tentação!!
O Happening também não fica atrás. Essa mesa de queijos é o meu número!! Bem, pelo menos se voltar um dia à Buenos Aires, não vai faltar opções!! bjs

João Luis Guedes P. Pereira disse... [Responder comentário]

Nossa, esse post sobre a culinária portenha me deu água na boca e vontade de voltar à Buenos Aires e poder conhecer todos esse lugares que vc citou!! Adorei essa coisa informal meio botequim sofisticado do Buller Bub. E como o prato de presunto cru com alface pode ser tão simples e tão criativo?! Muito legal a sacada das rosas! Mas de todos eles, acho que gostaria muito de conhecer o Sucre. Os pratos me encantaram principalmente o ojo de bife e essa sobremesa digna da culinária molecular! Tentação!!
O Happening também não fica atrás. Essa mesa de queijos é o meu número!! Bem, pelo menos se voltar um dia à Buenos Aires, não vai faltar opções!! bjs

Marta disse... [Responder comentário]

Esse post tá uma tentação.. só coisa boa e gostosa.. eita que delícia!
Ahhh.. não ganheir :(( Mas valeu por ter participado!!!
Beijocass

Marta disse... [Responder comentário]

Tô aqui outra vez..rsss
Tem selinho para vc no meu blog. Não sei se vc conhece, mas recebi o selinho de uma querida e como vc sempre comenta no meu blog não pude deixar de oferecer o selinho a você.
Esses selinhos são criados por blogueiras e vamos repassando :)
Beijocass

Cláudia Ramalho disse... [Responder comentário]

Kátia, que o negócio tem andado muito movimentado por aqui! Passei uns dias bem ocupada e perdi um monte de posts!!!
Mas vou colocar a leitura em dia.
Adoro Buenos Aires! E como vc disse, com o peso em baixa, dá pra ir e voltar - bem mais barato que viajar pelo Brasil. Lembro que mesmo antes de eu conhecer o Rio de Janeiro, fui à Argentina duas vezes - pois ficava mais barato que ir ao Rio. Pra vc que já mora mais ao sul, deve ficar quase de graça, mesmo. Nenhuma companhia fisgou o filão dos voos do Nordeste, ainda.

Adoro comidinha mexicana, vc viu, né? Me entrego aos prazeres de uma pimentinha carregada!

Gosto de ver o prazer com que vc registra esses pequenos momentos da vida. Sabe que eu já te falei o quanto gosto de comemorar as festinhas das minhas filhas, né? Mas não faço nada muito especial nos meus aniversários... E apesar de gostar muito de viajar e comer bem, não registro esses meus momentos.

Quem sabe vendo vc com essa animação toda eu tb não me assanhe?

Vcs são muito criativas mesmo.

Vou ler seu blog com calma, em busca de dicas da viagem que farei em abril.

Boa viagem e boas férias. Aguardo pelas fotos.

Ruby Fernandes disse... [Responder comentário]

amiga, você é um luxo! Adoro seus posts, as fotos são maravilhosas e sempre tudo muito interessante.
Amei viu?
Bjo flor :)

Isabela Kastrup disse... [Responder comentário]

Olá Kátia querida! Sempre gosto muito de passar por aqui, pois me inspira de verdade! Adorei o chá de bebê que a sua irmã organizou. Pelo visto o talento vem de família, né?
Beijos mil
Isa

BubbleDesign/Bruno disse... [Responder comentário]

oi katia como vai?
desculpa pelo nosso sumiço... a tha está viajando no rio grande do sul e estou de passeio no estado de sao paulo...
tbm tenho uma paixao que é de viajar, conhecer culturas e locais diferentes...e os locais que você vai, so deixa com mais vontade de ir...sao locais incriveis..
a cerveja parece ser bem consistente e bem saborosa.

Desculpa pelo sumiço rs
Abs

Aline Amthor disse... [Responder comentário]

Oi Ká!
Ai que tudo esse post!
Menina, vc me deixou com água na boca por Buenos Aires...
Eu sinceramente nunca pensei em ir lá, mas sabe que é uma ótima idéia para quando eu for aí pro Brasil?!
Agora para vc me convencer 100% em dar um chego na terrinha dos nossos rivais argentinos... só falta ver o que vc trouxe de bom de lá... rsss
Mas tenho que aguardar o próximo post...
Beijos

Kriativa Blog disse... [Responder comentário]

Oi katia, vim conferir as dicas adorei elas e vou guarda-las para mes que vem relembrar o nome dos restaurantes espero que a gente consiga achar os lugares.EHEHEHEHE....Bjks

fcazoni disse... [Responder comentário]

Realmente o prato Ojo de bife (a la parrilla, con papas Nury y chimichurri dulce) é DELICIOSO!!! Estive em BsAs agora em Agosto 2010 e o restaurante pelo visto continua fantástico!!! A carne desmancha na boca e a batata é algo sensacional. Depois do Ojo de bife o Chorizo de bife ficou até sem graça. Recomendo a todos o restaurante. E por incrível que pareça, vale ressaltar que por não ser um restaurante de turistas e mais afastado, até o preço é melhor do que os restaurantes do Puerto Madeira, sem falar que tudo lá é perfeito.
Abs!
Filipe Cazoni e Patrícia Coelho

Related Posts with Thumbnails