sexta-feira, 26 de março de 2010

Retratos atemporais

Daryan Dornelles é fotógrafo profissional desde 1993. Formado em Cinema pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 1998, é colaborador de diversas revistas como Placar, Época, Bravo, World Soccer (Inglaterra), Bizz, Serafina, TPM, entre outras. Ele fotografa para as principais gravadoras e já desenvolveu capas de CD para o Barão Vermelho, Tereza Cristina, João Donato, Andy Summers etc. Foi um dos ganhadores do Prêmio Abril de Jornalismo em 2007. É sócio do estúdio FOTONAUTA, que completa dez anos em 2010.daryan
Querem saber como eu conheci o trabalho desse profissional sensacional? O Daryan é irmão de uma grande amiga minha, companheira de muitas aventuras, micos, risadas e momentos inesquecíveis, a Andréa Dornelles. Nos conhecemos no início dos anos 90 e há mais ou menos três anos, ele se tornou meu cunhado, casando-se com minha irmã mais nova, a Marcinha.

Essa entrevista demorou a sair porque eu não tenho nenhuma formação jornalística e não sabia que perguntas deveria fazer. Foi um tiro no escuro! Mas com alguma pesquisa e muita vontade de mostrar a vocês o trabalho desse grande artista que agora faz parte da minha família, o resultado está hoje aqui. Munida de um gravador emprestado por um amigo, segue a transcrição da nossa conversa, entremeada por fotografias de autoria do Daryan.


Daryan, como começou sua paixão pela fotografia? O que te incentivou?

Posso dizer que minha paixão pela fotografia começou por acaso. Não havia ninguém na minha família que trabalhasse com imagens, nunca tive essa referência quando era criança. Eu sempre gostei muito de cinema e também adorava ver fotos em revistas, mas nunca pensei nisso como um trabalho que eu gostaria de fazer. Na época da faculdade, eu também fazia natação e um dia tive a oportunidade de ir ao Chile participar de uma competição. Eu tinha levado a máquina fotográfica de um amigo e me convidaram pra fazer algumas fotos do evento. A partir daí comecei a me interessar pelo assunto, a estudar cada vez mais e aí sim, me apaixonei pela fotografia.

3502038499_c936b3f4c7_o
Fernanda Montenegro clicada por Daryan Dornelles para matéria da revista BRAVO.

3502880582_3165fe2fce_o


Ah, é? Eu pensei que você tivesse começado a se interessar pela fotografia por causa da faculdade de cinema que você cursava…

Não exatamente. Na faculdade eu comecei a estudar várias matérias como edição, produção, direção e fotografia de cinema. Foi nessa época que comecei a conhecer os tipos de câmera e a usá-las. Aprendi também a trabalhar com foco e comecei a praticar com a máquina desse meu amigo que não a usava. Essa combinação de fatores aliada ao episódio acontecido no Chile é que despertaram minha vontade de me dedicar à fotografia. Na época, eu só não tinha noção da responsabilidade inserida nesse contexto. Até o prefeito de Santiago compareceu à competição. Mas o resultado do meu trabalho foi bem recebido e elogiado e eu gostei muito da adrenalina que senti ao fotografar. E consegui me livrar de nadar naquele frio!

4159358874_6c0092b7a0_o
Capa histórica da revista Bravo, em página dupla, retratando Maria Rita, Fernanda Torres, Fernando Meirelles, Milton Hatoum, Deborah Colker, Beatriz Milhazes, Fernanda Takai, Arnaldo Cohen e Felipe Hirsch. Todos fotografados pelo Daryan.

Quando tirou sua primeira foto profissional?

Eu considero que as fotos da competição de natação foram minhas primeiras fotos profissionais mesmo.


Quais suas referências, seus maiores ídolos?

Não tem alguém específico que eu possa dizer “esse cara é meu ídolo”. Acho que vários profissionais que admiro tem facetas interessantes que eu posso estudar e usar como referência. Existem vários fotógrafos maravilhosos como Richard Avedon, Patrick Demarchelier e Irving Penn, entre tantos outros que admiro.

Que nicho da fotografia você mais gosta / O que você mais gosta de fotografar?

Todos os fotógrafos que eu citei na pergunta anterior trabalham com fotografias muito simples e são ótimos retratistas, que é o nicho da fotografia no qual me especializei e é também o que eu mais gosto. É justamente onde meu trabalho profissional se confunde com o pessoal. Sou até chamado pra fazer outros tipos de fotos, mas meu foco é mesmo o retrato.

E a Annie Leibowitz não entra nessa lista? (Olha eu querendo dar uma de entendida…)

Ela também é uma fotógrafa maravilhosa, mas foi influenciada pelos outros que citei acima. O Richard Avedon elevou o retrato à uma categoria mais artística, assim como a Diane Arbus*.

*Nota da BONFA: Existe um filme muito bom (na minha opinião) sobre a artista, protagonizado pela Nicole Kidman e Robert Downey Jr., chamado FUR: AN IMAGINARY PORTRAIT OF DIANE ARBUS

A seguir, alguns retratos feitos pelo Daryan.

3568573282_e493748ab5_o
Mister Katra
Capa para a revista SOMA

3342117399_4bd424fc56_o
Gisele Bündchen

Foto para a Procter & Gamble

2907849465_e4547ae2b4_o
Cauã Raymond

Ator

2904821227_a9c75f941d_o

Martinália
Cantora2908675960_a10cbcc71c_o

Nelson Sargento
Cantor e compositor

RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 13-10-2009, 14:h00: Ney Matogrosso Local Casa Ney. (Foto: Daryan Dornelles/Folha Imagem, ILUSTRADA) ***EXCLUSIVO FOLHA****
Ney Matogrosso
Cantor e compositor

4254810260_b0366a6029_o

Milton Nascimento
Cantor e compositor

3868441348_d7c741c07d_o

Patrícia Pillar
Atriz

2911367336_dc77927ca6_o

Ivete Sangalo
Cantora

2910520305_20f3453e62_o
Lulu Santos

Cantor e compositor

3297347104_91c31495ce_o

Gilberto Gil
Cantor, compositor, ex-ministro e ídolo da Bonfa!

Rio 02 de Dezembro de 2008
Assunto Paula Toller
Fotos Daryan Dornelles
Paula Toller
Cantora

RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 24-03-2009 16:00HS, Chico Buarque(FOTO:Daryan Dornelles/Folha Imagem, ILUSTRADA)***EXCLUSIVO FOLHA***
Chico Buarque
Cantor, compositor, escritor, ídolo da Bonfa e da Sissi!

4206916437_db75a1960a_o
Marília Pêra
Atriz

Rio 16 de Janeiro 2010
Assunto: ANtonio fagundes
Fotos:Daryan Dornelles
Antônio Fagundes
Ator

3826843214_e1c6d2ee01_o
Fernanda Lima

Apresentadora, modelo e atriz

RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 29-09-2009, 10:h00: Maria Bethania Local Estudio Floresta. (Foto: Daryan Dornelles/Folha Imagem, ILUSTRADA) ***EXCLUSIVO FOLHA****
Maria Bethânia

Cantora

3758124394_31c874be38_o
Elza Soares

Cantora

2921633964_ae7daed770_o
Selton Melo

Ator, diretor e ídolo da Bonfa!

3592197936_51dee5c6a2_o
Erasmo Carlos
Cantor e compositor

2904698261_e658f85857_o
Isabelli Fontana
Modelo

Rio 25 de Junho de 2008
Assunto: Carolina Dickam
Fotos: Daryan Dornelles
Carolina Dieckmann
Atriz


Você é um dos sócios do estúdio FOTONAUTA. Como surgiu a ideia de abrir uma empresa? Que diferença fez para a sua carreira?

A abertura da empresa junto com meus dois sócios foi um grande passo na minha vida. Além de trabalhar em conjunto, que é algo de que gosto muito, a união de forças e de capital torna possível a aquisição de equipamentos de ponta, que tem um alto custo, mas são importantíssimos para se obter um bom resultado na fotografia.

Como você conheceu seus sócios?

Conheci o Eduardo fotografando jogos no Maracanã. Nós não éramos amigos, mas percebemos uma afinidade logo de cara. Gostamos muito do estilo um do outro e formamos um parceria que já dura dez anos. Temos um conceito muito parecido do que é fotografia, do que a gente busca ao fotografar. Parece que tudo na minha vida em relação à fotografia acontece por acaso!

O Edu Monteiro é fotógrafo profissional desde 1991, pós-graduado em fotografia pela UCAM e graduado em jornalismo pela Unisinos. Trabalhou 4 anos na revista Placar e é atual colaborador da National Geographic e Striker (Japão), entre outras. Atualmente desenvolve o projeto Mandingueiros, onde interpreta a magia dos velhos mestres da capoeira Angola. E possui o site/blog: www.edumonteiro.net com seus trabalhos mais sórdidos e pessoais...

A Andréa é mulher do Eduardo, formada em Jornalismo pela UFSC e pós-graduada em Fotografia pela UCAM, tendo começado sua carreira no Curso Abril de Jornalismo de 1999. Trabalhou nas revistas Isto é, Caras e Capricho. Atualmente colabora com diversas publicações nacionais, principalmente na área de decoração e arquitetura. Desenvolve projetos autorais junto ao trabalho na Fotonauta, como a série Água.

PL1332 CAPA ADRIANO JUL09b.indd

PL1336 CAPA VASCO NOV09b.indd

3512119010_5c45f04261_o

Que imagem/acontecimento/conceito te chama mais atenção na hora de clicar? O que você busca na hora de fotografar?

Eu busco uma boa foto, forte e expressiva. Não vou te dizer que eu procuro capturar a “alma” do fotografado. Sinceramente, acho isso uma baboseira. Você às vezes só tem 5 minutos pra fotografar e é impossível estabelecer qualquer tipo de relação em um tempo tão reduzido. O que eu faço é tentar conhecer um pouco da vida da pessoa antes de encontrá-la para a sessão, fazendo algumas pesquisas. Por exemplo, se eu vou fotografar a Bethânia, eu escuto o último disco dela, leio as entrevistas mais recentes, procuro ver retratos que ela já tirou, até para não repetir o mesmo padrão. Assim, eu já imagino o tipo de imagem que eu quero captar antes de fazer a foto. Confesso que eu busco a simplicidade e fazer o simples bem feito é muito mais difícil em qualquer área: na fotografia, na música, na gastronomia etc. Fazer um retrato não é algo simples, são poucos os fotógrafos especializados. Ouso dizer que é o mais difícil na fotografia. Você precisa saber usar bem a técnica e interagir com o fotografado de modo a deixá-lo à vontade para que ele se sinta bem em frente à câmera. O modelo tem que se sentir confortável, confiar no que o profissional está pedindo e estar disposto a colaborar.

No fotojornalismo, por exermplo, se o profissional conhecer bem as técnicas de fotografia, ele vai conseguir captar bem o momento, mas não vai interferir na foto. Ele estará somente registrando um acontecimento da melhor maneira que souber fazê-lo. Eu gosto da interferência que tenho no meu trabalho.


Você fotografa muitos artistas ligados à música e sei que você tem em casa uma vasta coleção de LPs. A música tem influência no seu trabalho?

Eu ouço música durante umas doze horas por dia em média: em casa, no trabalho, no carro e andando de bicicleta. A música sempre fez parte da minha vida. Tem músicos e artistas que me inspiram mais a fotografar porque os admiro demais. Já vou para a sessão mais bem preparado, com a obrigação de corresponder às minhas expectativas porque eu já tenho na mente a imagem que pretendo captar. Geralmente quando você chega ao nível de ser convidado a fotografar ícones da música brasileira, as fotos são encomendadas por veículos importantes e a expectativa com relação ao resultado do seu trabalho é grande. Isso gera uma responsabilidade imensa pra mim, pra quem me contratou e pra quem aceita ser fotografado.

Mas tem um lado que me deixa mais seguro. As pessoas já tem essa noção, já conhecem o meu trabalho e toparam a empreitada. Por isso, normalmente sou muito bem recebido e o resultado agrada a todos os envolvidos.

Aos mesmo tempo, também sou convidado a fotografar artistas que não tem muito a ver com o estilo musical que gosto. Mas no decorrer da sessão, percebo que o cara tem um profundo conhecimento de música, além de conceitos surpreendentes em relação ao que ele pretende exprimir através da sua obra e essa descoberta faz com que eu comece a admirar esse profissional.

4158071147_1eec1852df_o

4418577220_872e4b6306_o

4420135771_a1e6b20f70_o
4421628185_c1d90f2315_o

Quais os trabalhos que mais te agradaram até hoje?

A capa do CD do Barão Vermelho, de quem sempre fui fã, foi um dos que mais me agradou. É uma banda que curto desde que era adolescente e foi praticamente a realização de um sonho. Também gostei muito de fotografar a Fernanda Montenegro para a BRAVO. Além de admirar demais a artista, também aprecio muito o veículo onde a matéria foi publicada. O Martinho da Vila e Sérgio Brito são caras especialíssimos e me senti muito honrado em ter a oportunidade de fotografá-los.

4158868368_b4f1b2705f_o
Capa do CD do Barão Vermelho

Martinho da Vila na capa da revista SERAFINA.

Rio 17 de Fevereiro de 2010
Assunto Sergio Brito 
Especial Bravo teatro
Fotos: Daryan Dornelles
Sérgio Brito

Ator e diretor


Quais os prêmios que recebeu como fotógrafo?

Bom, o melhor e mais coneituado prêmio que recebi até hoje foi o Prêmio Abril de Jornalismo em 2007. Foi por causa de uma foto tirada em São João do Araguaia no Pará, que fez parte de uma matéria escrita pelo jornalista André Rizek. Foi uma matéria polêmica e eu sabia que estávamos nos metendo num “vespeiro”. Confesso que eu não queria participar disso. Estão vendo? Mais uma vez o acaso ou o destino mudou o rumo das coisas…


Qual o lado ruim da profissão? E o bom?

Acho que pra mim, não existe lado ruim. Às vezes preciso trabalhar nos finais de semana, viajar para outros estados e fotografar em horários alterativos, mas isso também me permite ter mais flexibilidade e liberdade no trabalho. Como sou casado com uma médica plantonista, que também não cumpre horários convencionais de trabalho, acho que isso acaba sendo um benefício.

A seguir, fotos tiradas durante uma viagem do casal à Paris.

3964042182_416f73012b_o 3964042172_3498891864_o OgAAAFPIg1cNma-asWd6jmmmrRz1Z50AkubsB3Z-500bAZl6Pj1-a_rLk_T-IpcHWlXRTxv2CFQIXWXWamosfWQWBq0Am1T1UMZnwp3uSLePT_-isHSNkiOmlv7S OgAAAL0k-yHybfnTP0oyjlzqMoICN4OLqM1G6Lf9sMTmeNgiDewXYvfGlWVlgrjia3o6P8VqrYoTp1Qclc6Y34E-CccAm1T1UL3n-qgQvhtexR9-hi_KK0EwVx_j
OgAAAJPHLMnbKV1pC5pHpT0CE0jn4ylbywB0EIVZb5XLJHEvJyJalU5DDqa-zncmOSNdp0B3mWrBaV--wa18N3f5bYsAm1T1UKZD2QcrQUjHp9FB6HLFtMXlM-3L OgAAAKPkPAnA-6eKZzXYtaWTLXOG3U6Z6jiuX__VxKNQEwmNfI12PlvdQ2HLDZVCG3mlVP8_frUZTxbNnOl08ZxKYpIAm1T1UHxG_oh0Nuz6qv6uglvsFErVfHAT

OgAAAOT6VsfdrBrY14lDyCUfAWeO4Lk5YzOiugVph7CNbKhHHhMU_Noodf05DSzEs_-mPVguqp7wGyBywQzt86SAC6cAm1T1UMW91AhWSjD3befQz0pogGoSIq1j OgAAAA2hVoNshbxcnti7zEJIpFjPvVcQ03OQOK3Gj6VAQKrhDV6-JV_qrnJ1_dPtueI_XsV4EUmW1YUWX6JaSSneisYAm1T1UAY3xDkssBi0dz9z4ozHHJ_IU_sO


Tem algum projeto para o futuro?

Sim. Na verdade, existem dois projetos já em andamento. Um deles se chama RETRATOS SONOROS e será lançado pela Ediouro em breve. Há também o livro BASTIDORES DO SAMBA, que contém cenas carnavalescas e está praticamente pronto.

Quer deixar alguma dica para quem está começando? Você acha que existe alguma receita para se destacar no mercado?

Minha dica pra quem está começando agora é: estude, estude muito. Inscreva-se em cursos, compre livros, espelhe-se em profissionais conceituados, mas busque o seu próprio estilo, o seu diferencial. É isso que vai fazer com que você se destaque no mercado.

……………………………………………

Gente, eu amei fazer essa entrevista! Passei o domingo inteiro preparando o post, mas acho que valeu muito a pena! O Daryan é um profissional maravilhoso, como vocês puderam constatar pelas fotos exibidas aqui. Mas o que vocês não tem como saber pela entrevista e que eu posso garantir, é que além de ser extremamente talentoso, Daryan é um cara despojado, humilde e muito simples. Ele leva a vida numa boa e sabe dar valor ao que realmente importa. Status, glamour e poder não são questões valorizadas na vida desse cara pacato, tranquilo e muito ligado à família e aos amigos. Por isso é que a sogrinha (mami) gosta tanto dele!!!! Fica aqui registrada minha grande admiração por essa pessoa especial!

2905664242_5a18840ab1_o

De todas as beldades fotografadas pelo Daryan, essa é sua preferida. Trata-se da Marcinha, minha irmã mais nova e também minha melhor amiga! Amo você, irmãzinha!!!! Eles formam um lindo casal, vocês não acham?

4006985648_ffd08511fe_o 4144200898_e994676fea_o
Esses são seus três “filhotes” resgatados de abrigos ou das ruas. Como é costume na família, somos a favor da adoção de animais de estimação!

Conheça mais trabalhos do Daryan nesses links:

www.fotonauta.com.br
www.blogfotonauta.wordpress.com

http://www.flickr.com/photos/daryandornelles/

Em breve eu também gostaria de entrevistar o Edu e a Andréa e, antes mesmo de falar com eles pessoalmente, resolvi deixar registrado meu convite aqui… o que vocês acham? Aceitam participar da Seção BONFA CONVIDA? Eu adoraria!!!!

Beijos e um ótimo final de semana!!!! Na segunda-feira vou mostrar todas as lindas fotos que recebi e que estão concorrendo a um presente que trarei da minha viagem à Europa daqui a duas semanas! Boa sorte aos participantes!

Bonfa ass

43 comentários:

Tati Alberti disse... [Responder comentário]

Você é FANTÁSTICA!
Que Post!!!
Sensacional, de verdade.
Parabéns a vc., a sua linda família.
Parabéns ao magnífico trabalho de Daryan Dornelles. Demais!
Beijos

Yoyo Pizy disse... [Responder comentário]

Sem dúvida, um grande fotógrafo!
Parabéns a ele e também a você pela excelente entrevista
Bjos

Gi - Oh so Jolly! disse... [Responder comentário]

Só espero que teu cunhado não esteja participando do concurso!!! hahaha

Senti vergonha de mandar a minha foto agora rs

bjoo

Leticia disse... [Responder comentário]


Maravilhosa as fotos dele! Tem gente que tem dom...
Adoro fotografia, mas não sei. Acho que não tenho "o olhar"... pensei em fazer curso, mas não é tão simples assim, né?
Beijos
lelê

PS - ele não tá no concurso não, né? rssss

Milena disse... [Responder comentário]

Admiro demais o trabalho de fotografia,pois é através do olhar dele que olhamos o fotografado.As fotos dele são ótimas e é bom conhecer pessoas que crescem profissionalmente e se desenvolvem com muito trabalho,estudo e dedicação em um mundo onde tudo parece fácil e fútil!!!
As fotos da Fernanda Montenegro e Marília Pera estão ótimas e gostei das de Paris..
Gisele Bundchen não vale,é linda de qualquer jeito!!!
Bjs,

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

Oi, pessoal! Podem ficar tranquilos, o Daryan não está concorrendo com nenhuma foto de viagem, mas segunda-feira tenho uma surpresinha pra vocês e acho que vão adorar!!!!!!! Bjs!

Thica disse... [Responder comentário]

Kátia, excelente! Adorei a entrevista. Me chamou mais atenção ainda porque o Daryan tem meu sobrenome (com uma pequena variação). Sempre corro pra ler coisas dos Dornelas, Dornelles, D'Ornelas... E é uma delícia ficar imaginando um talento desses ter um tracinho qualquer de parentesco. rsrsr. Delírios meus.

Beijin!

Simone Scharamm disse... [Responder comentário]

Oi, Kátia,
Ficou ótima a entrevista! As fotos do Daryan são excelentes...Amei!
Você se supera a cada post! Parabéns!!!
Beijos!

Bird disse... [Responder comentário]

Divinos!

Mari disse... [Responder comentário]

Bonfa, com uma entrevistadora e um entrevistado tão bons assim, o resultado só poderia ser um ótimo post! Adorei, ainda mais que amo fotografia, apesar de ser leiga (espero que por pouco tempo)!

Beijocas e parabéns!!!!

Sissi disse... [Responder comentário]

Bonfa querida! Na legenda sobre o Chico Buarque você esqueceu só de uma coisinha..."dolo da Bonfa...e da Sissi". Hahaha! Amo! Beijos.

Fabiana disse... [Responder comentário]

Lindo post, com fotos inspiradores e uma ótima entrevista! Parabéns pela família! Bjão!

Babi Mello disse... [Responder comentário]

Katia preciso parabeniza-lá esse post ficou muito bom e da até vontade de começar a fazer um curso de fotografia. As fotos são maravilhosas e as de Paris bacana demais e é muito bom conhecer essa galera do meio artistico. Esse trabalho de retratar o momento é divino.

Ah! Acredito que esteja havendo uma sintonia entre nos duas, porque enquanto vc esta no meu blo e posta eu estou no seu lendo e preparando o meu comentário.

Katia a cada dia que passa me torno mais sua fã e de seus postes, trabalhos...

Bjocas!

Heloísa disse... [Responder comentário]

Kátia,
Gostei demais da entrevista. E as fotos são lindas!
A da Fernanda Montenegro está um show.
Parabéns para os dois.
Beijo.

Luciana Casado disse... [Responder comentário]

Que post fantástico, Kátia!! Eu sou apaixonada por fotografia, fiz alguns cursos mas apenas para o meu deleite, mas sempre que vejo fotos bem tiradas eu viajo, adoro!!!
Adorei conhecer o começo da carreira e o caminha percorrido pelo teu cunhado Daryan.
Bjus, Lu

O Atelier de Lili Glacê. São Paulo, Campo Belo. disse... [Responder comentário]

Katia!!
Nossa, seu blog esta lindo demais!
Cada dia com informações mais legais!
Leva a gente nas suas viagens com você!!! rsrs...
Adoramos as fotos das viagens!
Dá vontade de sair viajando por aí!!
Um beijo carinhoso e obrigada pelos comentários fofos que sempre nos animam!! :)

O Atelier de Lili Glacê. São Paulo, Campo Belo. disse... [Responder comentário]
Este comentário foi removido pelo autor.
Coisas da Gigi disse... [Responder comentário]

Bonfa,

Adorei a entrevista, primeiro que foi super casual, nada tão sério, segundo porque o cara é ferassa, fera demais, fiquei babando nas fotos principalmente as em preto e branco, e super simples, adorei, terceiro porque amo fotografia, já pensei em fazer uns 10 cursos e não consegui, cheguei a comprar uma máquina semi profissional e comecei a tirar fotos, mas queimou no incêndio daqui de casa. Agora só posso babar pelos artistas mesmo. Parabéns!

Wagner disse... [Responder comentário]

Eu já conhecia o Daryan e algo do trabalho dele — que é maravilhoso! —, mas ver muitas outras fotos aliadas à entrevista foi ainda mais legal! Ótimas perguntas e respostas! É sempre muito interessante e enriquecedor poder conhecer um pouco mais sobre o trabalho e os processos de profissionais (eu diria, ARTISTA) com o talento do Daryan. Concordo totalmente com a posição dele de que o retrato é o mais difícil em fotografia, já que o fotógrafo depende da "participação" do fotografado. Muito interessante o que ele disse sobre como tenta conhecer um pouco mais sobre a personalidade a ser fotografada antes da seção fotográfica.
ADOREI a entrevista, Bonfa!!! Parabéns a você pela ideia e ao Daryan pelo belo trabalho que ele realiza.

Beijo.

Fer disse... [Responder comentário]

KATia, ainda estou de queixo caído, tal foi o impacto deste belíssimo post de hoje. Vou ler mais uma vez e mais outra. Para quem n faz entrevistas vc mandou muito bem...o post ficou muito rico, e lindo. Parabéns.
E ao trabalho do Daryan, eu n tenho palavras, as fotos são no mínimo fantásticas. e a foto dele com sua irmã ficou demais mesmo.
Bj.
Fer Lorenzoni

Claudia Liechavicius disse... [Responder comentário]

Uau!!!
Que fotos incríveissssss!!!!
Maravilhoso seu post.
Bjs
Claudia

Alethéa disse... [Responder comentário]

Fantástico este post, matéria de revista! Parabéns, adorei.

LuLu disse... [Responder comentário]

Avança com esse seu jeito de fazer reportagem viu? Tem futuro! Eu adorei e gostaria de ver mais posts seus assim. Um beijo!

Marta disse... [Responder comentário]

Katia.. adorei a entrevista! E ainda mais em saber das qualidades do seu cunhado!!! Que legal isso.. Sua irmã é linda tb e realmente fazem um belo casal.
Ele só fotografou feras hein!!! Cada foto mais linda que a outra!!!
Beijocass

Gamela disse... [Responder comentário]

Lindas fotos!!!
Adorei a entrevista.
A foto do casal ficou maravilhosa.
Beijinhos.
Fátima.

Viagem Afora disse... [Responder comentário]

Fantástica a entrevisa e as fotos então... lindissimas !!! Katia, já acabou o concurso das fotos ? Desculpe, até escolhemos uma foto bem especial, mas está um pouquinho corrido e passou !
Bjs

Fabi Carvalhos disse... [Responder comentário]

Katinha!
Vc está arrasando neste blog, hein? Que entrevista maravilhosa! Bom saber o nome e o sobrenome de fotos que admiramos no dia a dia mas acabamos não nos dando conta de quem as fez. Muito bom conhecer o trabalho esplendoroso do Daryan Dorneles e poder saber um pouquinho do que rege seu trabalho. Adorei!
Beijão, Fabi.

Anônimo disse... [Responder comentário]

Irmazinha, nem preciso falar que amei o post, e sei que sou MUITO suspeita pra falar que AMO o trabalho do Daryan.. :) Mas eh a pura verdade, sou sua fa numero 1 e ainda me pego boquiaberta com as imagens que ele produz. Amei a sua veia jornalistica, vc tem dom pro negocio, hein!
Beijocas da irma que te ama muito!
Marcia.

Anônimo disse... [Responder comentário]

Irmazinha, nem preciso falar que amei o post, e sei que sou MUITO suspeita pra falar que AMO o trabalho do Daryan.. :) Mas eh a pura verdade, sou sua fa numero 1 e ainda me pego boquiaberta com as imagens que ele produz. Amei a sua veia jornalistica, vc tem dom pro negocio, hein!
Beijocas da irma que te ama muito!
Marcia.

Angélica Cirne disse... [Responder comentário]

Adorei o post, adoro fotografia e foi bom demais conhecer o trabalho do Daryan.Ha! também amei a foto do Chico (lindo como sempre!).

Cláudia Ramalho disse... [Responder comentário]

Kátia, até parece que vc é jornalista profissional. Excelente entrevista. Que família talentosa vc tem!!! Não tem ninguém "normal" nessa família???? rsrs

Que post enorme! Quantas fotos lindas! DEve ter dado o maio trabalho para escrevê-lo e diagramá-lo. Quem não tem blog nem faz ideia do trabalho que é escrever um post desses.

Adorei a diversidade de assuntos que vc está colocando em seu blog.
Parabéns!!!

Um abração.

Roda Maria disse... [Responder comentário]

Adorei a entrevista!!
Fotos maravilhosas!!
Eu amo fotografia,mas sou totalmente amadora!!

Beijos

http://rodamaria.blogspot.com

Claudia Liechavicius disse... [Responder comentário]

Oi Katia!!
Quero saber como posso ver as fotos do concurso. Você postou a enquete, mas e as fotos? Como faço para acha-las?
Bj
Claudia

Renata disse... [Responder comentário]

Realmente, como varias disseram, materia de revista!!!
Parabéns e obrigada pela oportunidade de conhecer mais um talento!

Joaninha Bacana disse... [Responder comentário]

Que show o post sobre o seu cunhado, que talento!!! Delícia ler a sua entrevista :-)
Beijos, Angie
P.S. Como meu marido adora fotografia, ele ganha sempre vários livros ligados ao tema de presente (de mim, hehehe). Um que eu adorei é o Jim Brandeburg, adoro as fotos de lobo que ele faz :-) http://www.jimbrandenburg.com/
P.S.2 Adorei o filme Fur!!! :-D
http://joaninhabacana.blogspot.com/2008/11/sessao-movie-fur.html

Kaira disse... [Responder comentário]

Nossa, só artistas de primeira grandeza, belíssimo trabalho!
A foto da Isabeli então está fantástica! E o legal é que notei que ele consegue retratar nas imagens um pouco da personalidade da pessoa retratada... a foto da Carolina Dieckmann é um ótimo exemplo, rsrsrs...
Parabéns de verdade!
Bjs!
(P.S.: esta família tem o maior índice de talento por m² do Rio de Janeiro, ein?!)

Amanda Zanqui disse... [Responder comentário]

Estou impressionada com o trabalho do seu cunhado! Fotos fantásticas! Bjos

Pati disse... [Responder comentário]

As fotos são lindas. Todas. As de Paris, em PB, estão especialmente fantásticas. Bateu uma vontade louca de voltar lá, só que agora com o Bruno. Aliás, o Bruno ama fotografia, é fotógrafo amador, mas sei que um dia esse hobby ainda vai se tornar uma profissão.

A foto da Marcinha, antes das imagens dos gatos, está linda tb. Márcia tá um arraso!

Parabéns ao Daryan e a você pela entrevista.

Luiza Coelho disse... [Responder comentário]

Bom, digamos que o trabalho de fotografia escolheu o Daryan né? Amei pois adoro ver a conspiração do universo pra coisas dando certo! Eu sou amante da fotografia e admiro muito esse trabalho... Ah, quando vejo quanta mágica uma pessoa consegue fazer de um retrato de uma pessoa... Tem gente que brinca que máquina fotográfica rouba a alma... tenho certeza que não rouba mas que capta a essência! Nossa, uma pessoa, um fundo e tá lá um sentimento eternizado, uma história... demais!
Seu cunhado é bom mesmo... amei o trabalho dele... Amo a revista Bravo. Aqui em Uberaba é super difícil de encontrar mas sempre que viajo eu compro... Amei todas as fotos dele e não sei dizer a preferida... acho que foi a da Martinália e a do Cauã. Mas todas ficaram perfeitas... A propósito, sua irmã é super fotogênica e bonita hein? Acho que ela podia ser modelo... :)

Adorei a entrevista! Mais uma de suas facetas!!! beijos!

Andrea disse... [Responder comentário]

Oi Katia, tudo bom?
Aqui é a Andrea, sócia e amiga do Daryan.
Muito legal teu blog! parabéns!!!!
E muito boa a entrevista com o Daryan.
Beijos mil e sucesso para ti.

Andrea disse... [Responder comentário]

Oi Katia, tudo bom?
Aqui é a Andrea, sócia e amiga do Daryan.
Muito legal teu blog! parabéns!!!!
E muito boa a entrevista com o Daryan.
Beijos mil e sucesso para ti.

Andrea disse... [Responder comentário]

Oi Katia, tudo bom?
Aqui é a Andrea, sócia e amiga do Daryan.
Muito legal teu blog! parabéns!!!!
E muito boa a entrevista com o Daryan.
Beijos mil e sucesso para ti.

Unknown disse... [Responder comentário]

Só encontei esta entrevista agora (por causa do lançamento do livro) e gostei demais. O trabalho do Daryan é demais!!!!!

Related Posts with Thumbnails