quarta-feira, 24 de março de 2010

Um dia na Finlândia

No final de setembro de 2008, meus pais, Marcelo e eu passamos um dia em Helsinque, capital da Finlândia. Foi a primeira parada de uma excursão à Escandinávia que incluiu também a Suécia, Noruega e Dinamarca. Amei essa viagem! Escolhemos a data perfeita: era começo da baixa temporada, os preços estavam mais em conta e o clima, ameno. Quer dizer, fazia um friozinho ameno. Cada país tem suas peculiaridades e gostamos de todos os lugares que visitamos, com destaque para as lindas paisagens do interior da Noruega cheio de rios, lagos, fiordes imensos e árvores com folhas em tons de amarelo e vermelho intensos. O outono no norte da Europa tem matizes incríveis!


Chegamos em Helsinque num finalzinho de tarde, deixamos as malas no hotel e partimos para fazer o reconhecimento do local. O Roberto, amigo do Marcelo da época de faculdade, estava morando na cidade e o encontramos para jantar.
Passamos pelo imponente prédio do Parlamento Finlandês, que está localizado no centro de Helsinque. O edifício, com arquitetura que combina o estilo neoclássico com o moderno, foi construído entre 1926-1931 e oficialmente inaugurado no dia 7 de março de 1931. Traz 14 colunatas na fachada e tem cinco andares.


A estação de trem é um dos atrativos da cidade e passamos novamente em frente à ela no dia seguinte, voltando do city tour. A placa à direita me chamou a atenção por ter sido meu primeiro contato com a “estranha” língua do país. As palavras são muito longas e não identifiquei nada que se parecesse com um artigo!



Na nossa primeira tentativa de encontrar um restaurante para jantar na capital finlandesa, fomos parar no Kappeli, que já havíamos descoberto durantes nossas pesquisas prévias na internet. A casa serve pratos finlandeses tradicionais desde rena a salmão. O restaurante é bem antigo, possui uma fachada imponente e o ambiente interno é extremamente aconchegante. Ele fica bem no meio do Park Esplanade e o melhor lugar para se sentar é na varanda envidraçada com uma agradável vista para o parque. Era uma terça-feira à noite e, apesar de termos chegado cedo, todas as mesas estavam reservadas. Ficamos um pouco desapontados, mas seguimos em direção a nossa segunda opção.


Não lembro qual era o nome desse restaurante, mas gostei da plaquinha de boas-vindas. THULETHAN UUDESTAAN. Como deve ser difícil aprender finlandês!!!! Infelizmente, este também estava com todas as mesas reservadas. Passamos por mais um terceiro restaurante e… lotado! Fiquei surpresa com toda essa movimentação numa terça-feira à noite. O mais interessante é que em todos os restaurantes pelos quais passamos, havia um funcionário super simpático que nos indicava outros restaurantes, desenhava mapas e até colocava o telefone para contato caso a gente se perdesse no caminho. Achei isso tão surpreendente e simpático! Acho que nunca conheci um povo tão prestativo. Fiquei com uma ótima impressão dos finlandeses!


Por fim, conseguimos encontrar um restaurante com lugares disponíveis! Acho que nossa peregrinação valeu a pena. O RAVINTOLA SIPULI tem uma fachada linda, toda feita de tijolinhos, e sua entrada imponente exibe dois tocheiros no toldo que conduz à porta.


Eu acabei de dizer que haviam lugares disponíveis no restaurante, né? Mas nossa mesa ainda não estava pronta e por isso, tivemos que fazer o sacrifício de esperar alguns minutos no bar com decoração náutica que dava acesso ao salão principal e experimentar a cerveja local, LAPIN KULTA, nessas tulipas bem pequenininhas, he he he.


Depois de uns quinze minutos mais ou menos, ocupamos uma grande mesa redonda e aqui estamos nós no salão que tinha uma decoração super romântica e aconchegante com direito a lareira, tocheiros, grandes lustres, paredes cobertas de tijolinhos e o principal…


…uma claraboia de onde se via a belíssima catedral Uspenski, que mostro daqui a pouco, mais pro meio desse post. Valeu a pena esperar por essa mesa com localização privilegiada!


Ah, é claro que eu não pude deixar de fotografar essa taça porta-velas, que achei uma graça e deu um charme especial à mesa.


Os pratos estavam gostosos, mas não eram nada fartos. Para começar, nos foi oferecido o amuse bouche da primeira foto à esquerda, que era um creminho temperado com manjericão e algum outro condimento que eu não soube distinguir. Eu pedi o ravioli de cogumelos com espuma de queijo de cabra, meus pais optaram por um prato de halibut e o Marcelo preferiu o filé e linguiça de javali com molho de cerveja preta. Em finlandês: Paistettua villisian seläkettä ja makkaraa, tummaa olutkastiketta.


O café da manhã do dia seguinte foi bem diferente e fartíssimo! Em todos os hotéis nos quais nos hospedamos nesse passeio, o café da manhã era estilo buffet e oferecia tudo o que vocês podem imaginar: frios, queijos, biscoitos, pastinhas, sopas, frutas, granola, iogurte, pães variados, peixe, linguiça, comida asiática etc. Como eu adoro provar as comidas típicas, optei por esse biscoitão com um buraco no meio da foto à esquerda acompanhado de uma pequena batata assada, além de pastinha branca, queijo e peito de peru. Depois não resisti aos encantos desse iogurte com cobertura apaixonante de frutas vermelhas! Ai como eu adoro frutas vermelhas!!!! Nessa viagem descobri a existência de duas “berries” das quais nunca tinha ouvido falar: lingonberry e Boysenberry. Terminado o café, partimos para conhecer a cidade através de um city tour que durou três horas.


Um dos finlandeses mais famosos foi o compositor Jean Sibelius que morreu em 1957 aos 91 anos. Logo após a sua morte, foi decidido que o artista merecia um monumento em sua homenagem e uma competição foi organizada para escolher o melhor design para a obra. O projeto mais votado foi o de Eila Hiltunen, o monumento Sibelius, que tornou-se uma das maiores atrações de Helsinque.


Trata-se de um aglomerado de 600 tubos de metal colados uns aos outros e o que torna a obra ainda mais interessante é o fato de ser interativa. Muitos visitantes enfiam a cabeça dentro dos tubos de para testar a acústica da instalação, como fez meu pai na foto abaixo à direita.

OgAAAHR-qE0Gwsz1J_RjI8nYqQktgs3DZONswXKdHEMVTwnb1o7Wq4050bUl9yDPIXyCRLJ-QqzLtWPuJXeppkv8IGcAm1T1UJp6LR8j4RmszAZfxZVFBJVE8MZU


Eu e Marcelo na primeira foto e meu pai enfiando a cabeça dentro do tubo de metal para testar a acústica da instalação


Esse é o busto do compositor Jean Sibelius, escultura que fica a poucos metros do monumento.


Na foto acima vocês podem ver a Temppeliaukion Kirkko, também conhecida como Igreja de Pedra. A igreja toda foi escavada numa enorme pedra e, se por fora não é lá grande coisa, por dentro possui uma interessante arquitetura moderna que mistura muita madeira, vidro e, claro, pedra. Tudo iluminado pela luz natural que penetra pelo teto de vidro com pé direito altíssimo. Dizem que a acústica dentro da igreja é perfeita e muitos concertos são realizados aqui.


A parada seguinte foi a Praça do Senado, onde estão localizados a Universidade de Helsinque e a catedral luterana, dois pontos turísticos da capital.


A Catedral luterana no estilo neoclássico contendo cúpulas verdes adornadas com estrelas douradas no topo, é a construção mais fotografada da cidade pois funciona como ponto de encontro dos ônibus em excursão. O exterior imponente é bem mais bonito do que o interior, decorado de forma bem simples. Mas o belo órgão vale o esforço de subir a imensa escadaria em frente.


Eu e meu pai posando em frente à catedral. Atrás de mim, na foto à esquerda, vocês podem ver a estátua do Czar Alexandre. Na foto à direita, eu precisei literalmente deitar no chão pra poder fotografar desse ângulo, mas acho que valeu a pena. Foi uma dica do meu talentosíssimo cunhado, que vou apresentar a vocês na sexta-feira. O post é imperdível!!!!


Apesar do interior ser bem simples, adorei as grandes luminárias, que chamam muita atenção, até mesmo pela falta de ornamentação mais pomposa no resto do ambiente.


Essa estátua fica no park Esplanade, localizado na parte turística de Helsinque. Ele é cercado por bares, restaurantes, cafés e lojinhas charmosas.


A foto acima é da belíssima Catedral de Uspenski, a maior igreja ortodoxa da Europa ocidental. Finalizada em 1868, é uma marco da influência russa com seus tijolos vermelhos e cúpulas douradas. O interior é decorado com pinturas e altares típicos ortodoxos.


A catedral é tão linda que achei que merecia duas fotos nesse post!


Esse é o interior da catedral, cheio de detalhes e banhado por muita luz natural.


Essas foram algumas fotos que tirei de fachadas, árvores amareladas no início do outono, pessoas sentadas em bancos públicos pra tomar um solzinho e uma rua de pedestres com charmosas lojinhas por todos os lados.


Adoro observar as cenas do cotidiano das cidades por onde passo.


Eu e mami em uma dessas ruas para pedestres charmosíssimas.


Ah, o tom amarelo das folhas no outono me deixou louca!!!! Fiquei tão encantada com essa tonalidade, que devo ter tirado umas 200 fotos só de árvores e folhas nessa viagem!


Essa é a casa de madeira mais antiga de Helsinque construída no ano de 1818, que hoje em dia funciona como um museu, onde pode-se ter uma ideia de como vivia uma família finlandesa de classe média em 1860. Infelizmente estava fechada esse dia.


Voltando para o hotel onde deveríamos encontrar o restante do grupo da excursão a fim de pegarmos um navio em direção à Suécia, passamos por essa pequena praça muito bem cuidada.


A estação de trem de Helsinque tem uma localização central, é bem grande e possui um design único que faz com que seja mais um ponto turístico da cidade. O arquiteto responsável pelo projeto foi Eliel Saarinen e a obra foi terminada em 1919. As imponentes esculturas presentes na fachada são de autoria do artista Emil Wikström. Elas humanizam o prédio e sustentam luminárias que ficam acesas à noite. De longe, parecem ser os guardiões da estação.


Essa é a fachada do Museu Nacional da Finlândia, muito bem trabalhada em granito e que possui uma escultura de um dos maiores símbolos do país, o urso marrom. O projeto também é de Eliel Saarinen.


De volta ao hotel fizemos o checkout e embarcamos num navio rumo à Estocolmo, capital da Suécia. Na partida, pudemos contemplar a linda Fortaleza de Suomenlinna, patrimônio da UNESCO.


O navio parecia um hotel cheio de atrações. Havia vários bares, um cassino, uma boite e dois restaurantes. Antes do jantar, provei um drink vermelho meio aguadinho e sem graça. Gostei mais da cerveja local LAPIN KULTA e do vinho servido no jantar-buffet.


Foi a primeira vez que provei carne de rena na viagem e adorei! Deu peninha de imaginar o bichinho no meu prato, mas a carne era tão macia e saborosa… Para a sobremesa, mais frutas vermelhas, é claro! Dessa vez na forma de um pavê bem azedinho do jeito que eu gosto!

OgAAALxMkM81VmyGRRY3aIjPr2UFvfmMGcLfYkeHqKXjhIjIa_Rzm4Z12XZOIgIb_hb_DlXy32s-Yy4wWME2v_HMv5MAm1T1UKOesSnfaafxQthHOMum-WipM5ZY

Depois de forrar o estômago, eu e meu pai fomos direto pra pista de dança e nos divertimos muito!!!! Minha mãe e Marcelo são mais tímidos e não pagariam esse mico. Por isso, ficaram um tempo observando nossos rodopios e firulas na pista de dança antes de irem dormir.


Antes de desembarcarmos em Estocolmo no dia seguinte, tomamos um café da manhã farto e repleto de coisas gostosas. A batatinha assada estava no meu prato mais uma vez, acompanhada de uma espécie de feijão adocicado com panqueca de queijo, salmão defumado, queijo gorgonzola e um pão coberto de sementes crocantes e saborosas. Mais tarde, fui buscar um prato com iogurte natural coberto de frutas vermelhas e avelãs. Hummmm, café da manhã perfeito!!!!


Só pra dar uma prévia do lugar que mostrarei no próximo post sobre essa maravilhosa excursão à Escandinávia: a foto acima foi tirada na famosa ponte skeppsholm em Estocolmo, capital da Suécia. Temos um encontro marcado aqui, OK? Espero vocês!

Beijos e um ótimo dia!!!!

Fontes:


http://brasilfinlandia.blogspot.com/
http://www.traveladventures.org/continents/europe/sibelius-monument.shtml
http://www.traveladventures.org/continents/europe/helsinki-station.shtml
http://www.traveladventures.org/continents/europe/helsinkichurches.shtml


Bonfa ass

38 comentários:

Aline Amthor disse... [Responder comentário]

Olááá!!!
Ai que dia delicioso!
A Finlândia é muito charmosa. Eu ainda não conheço, mas tenho vontade.
Ahhh... adorei ver o navio por dentro... isso daria um post exclusivo, né?! Morro de vontade de faze um mini cruzeiro... bem mini, com 1 ou 2 noites, porque acho que esses com 10 noites me dará agonia... não sei... é melhor testar o mini primeiro.
Acho que o drink sem graça que bebeu foi Sanbitter, não? Aqui eles adoram... eu aprendi a gostar, mas não foi meu favorito de cara.
Amei a foto sua e do seu pai se acabando de dançar... rssss
Beijosssss

Bird disse... [Responder comentário]

Ai Katia,

Adoro essses posts de viajem seus! Nao so as fotos sao belissimas, mas vc nos traz um pouco da historia dos lugares encantadores que vc visita! Helsinky é muito lindo, mas que lingua dificil, hein?! Pior que Grego?! hehe

Vc devia ser guia turistico, pois descola cada joia e restaurantes!! :)

Adorei a escultura, o museu amarelinho até combinando com as folhas de outono, a rua para os pedestre, a igreja de pedra...

Logo quando ja estava terminando de ler, vi o feijao! E ingles e se chama "baked beans"! Especialidade tradicional inglesa que geralmente come-se no café da manha com ovos, bacon, sausicha, tomate, etc, etc Mas também na batata assada ou simplesmente em cima de uma torrada. :)

Ah e parabéns pelo selinho la no Feito a Mao! vc merece, nao tem outra!!

Também todo louquinha pra ver seu artesanato com esse coelhinho fosissimo e charmoso!

beijocas mil!

Cláudia Ramalho disse... [Responder comentário]

Kátia, estamos planejando nossa próxima (a depois da de abril) lua de mel (chamo assim as viagens sem as crianças) para os países nórdicos. Adorei seu post.
Vou voltar com calma mais tarde, depois do trabalho para saborear cada foto, pois agora, vou-me embora.
Ah, que bom que vc gostou da homenagem. Seu blog realmente é muito gostoso! Vc viu que a Sheila me chamou de Bonfadini do Norte??? Embora eu mrope no nordeste, adorei a comparação. Quem me dera...
Bjks

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

Claudinha, amei seu comentário, mas permita-me dizer que se vc é a Bonfadini do Nordeste, então eu sou a Ramalho do Sudeste, rsrsrsrs! Imagina, eu não tenho 1/10 do seu capricho pra fazer todas essas decorações lindas de festas!!!! Minha parte é mais gráfica mesmo. Eu sou super enrolada com cola, papel, massinha e tesoura!!! E também com a comida que sempre queima ou passa do ponto!

Ah, que legal essa sua segunda lua-de-mel!!!! menina, a Escandinávia é MARAVILHOSA! A Noruega é um lugar de sonhos, não vai dar pra falar sobre o país num post só, vou precisar de pelo menos três!!!! Eu amei essa viagem e pretendo falar dos 4 países por onde passei. Gostaria que desse tempo de deixar tudo pronto antes de viajar, mas sei que será inviável. De qualquer maneira, se você puder, sugiro começar a viagem pela Rússia. Existia essa possibilidade na excursão que fizemos, mas além de encarecer consideravelmente a viagem, eu não tinha dias suficientes de férias... A gente vai se falando!!! Fiquei feliz demais com o selinho!!!! Bjs!!!!

Claudia Liechavicius disse... [Responder comentário]

Adoro viajar também!!!!
Estou sempre pelo mundo... No próximo mês minha parada será Dubai e Qatar.
Adorei suas fotos sobre da Finlândia. Ainda não fui até lá só conheço Noruega, Dinamarca e Suécia. Aliás aguardo seus próximos posts para ver se sua impressão desses países foi parecida com a minha.
Quanto à foto que enviei de Moscou - eu não salvei o arquivo no computador, passei direto para o blog da máquina e não tenho a foto guardada. Só no post que fiz sobre a Rússia. Tentei recapturar, mas a resolução foi para o espaço.
Então fica a foto de Sydney (que eu também adoro).
Bjs
Parabéns pelo seu colorido.

Simone Scharamm disse... [Responder comentário]

Oi Kátia,
Os seus posts de viagens são incríveis! Não só pelas fotos, mas o seu texto também parece nos transportar aos lugares, sabores, cores...tudo recheado de histórias deliciosas! Adorei ver você e seu pai dançando...Estou sonhando com uma viagem de navio!!!
E as árvores com folhagens amarelas? Lindas demais,né?
Agora, o idioma, eu achei assustador! Rsss!
Parabéns pelo post!
Grande beijo!

Milena disse... [Responder comentário]

Katia,que viagem linda!!!Sei que esses países são ricos e com uma estrutura enorme,mas se o Galvão Bueno diz que o Kimmi Raikkonen é o homem do gelo,hein???Porque ele`é frio e o país também...Não percebi nada disso,mas talvez tenha levado muito a sério o comentarista,abafa!Bem adorei esse post e cá entre nós,enfiar a cabeça naquele treco é coisa da pai italiano,o meu seria bem capaz de fazer isso também,rsrsrs!!!
Para quem cantou La Traviata em plena praça na Itália...Bj

Frozen...Stolichnaya disse... [Responder comentário]

Vocês tiveram sorte né?? Linda as fotos!!! Eu fui no inverno :( essa catedral linda das suas fotos estava coberta de neve... Mas eu também adorei Helsinki... vale a pena visitar de novo :)

Frozen... Stolichnaya disse... [Responder comentário]

Vocês tiveram sorte né?? Linda as fotos!!! Eu fui no inverno :( essa catedral linda das suas fotos estava coberta de neve... Mas eu também adorei Helsinki... vale a pena visitar de novo :)

Marcia Oliveira disse... [Responder comentário]

Lindo lugar, lindo céu e lindas folhas amarelas. Queria que o outono daqui tb fosse assim. Bjs!

Eliene Vila Nova disse... [Responder comentário]

Oh amiga
realizei um sonho vendo suas fotos, aiiiiiiiiii meu sonho ir pra Finlândia, não sei se é por causa da minha paixão pelo Kimi R\ikkonen?kkkk
obrigada por compartilhar sua vida tão emocionante com a gente, saiba que te admiro cada dia mais, pois tem um grande coração.
beijos

Natália disse... [Responder comentário]

Oi Kátia!

Nunca pensei em viajar para a Finlândia! Mais é lindo hein?

bjoks,NA

Coisas da Gigi disse... [Responder comentário]

Pronto Bonfa, graças à vc eu quero ir pra Finlândia. Agora que o marido vai rir demais.

Anônimo disse... [Responder comentário]

Kátia,
Tive um amigo finlandês quando era criança e aprendi a falar formiga: muraraio (como mura e raio mesmo). Acho que ele só conseguiu ensinar isso para nós pq era fácil.
Penedo tem um restaurante finlandês muito gostoso, vale a visita.
Beijos
Nanda

Claudia e Adriana disse... [Responder comentário]

Querida Kátia,
Adorei o post, viajei junto com vcs!!
Não conheço a Finlândia, mas agora está na minha listinha.
Agora só uma perguntinha!!!
Como vc não engorda com estas viagens? Está sempre esbelta!!!
Qdo viajo sempre ganho uns quilinhos!!!
Bjks
Claudia

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

Oi, Nanda!!!! Acho que estive nesse restaurante em Penedo, sabia? Ele fica naquele shopping e é decorado com umas xícaras e bules em cima da porta de entrada? Se for esse lugar, eu adorei!!!! Mas, se não for e se vc lembrar o nome, pode passar a dica? Vou adorar!!! Bjs!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

Claudia e Adriana, minha resposta é simples: eu não almoço!!!!! Sei que não é o ideal, mas com esses cafés da manhã fartos, não tenho fome na hora do almoço! Se bem que tomamos sempre umas cervejas durante o dia, rsrsrsrsrs!!! Bjs e obrigada pela visita!!!!

Luciana Casado disse... [Responder comentário]

Mais uma vez viajei contigo, adoro o teu jeito de contar as viagens! Adorei conhecer a Finlândia pelo teu ponto de vista!
Bjus, Lu

Priscila Ferreira disse... [Responder comentário]

Que passeio lindo!!!! Ai mulher, deve ter sido muito legal ainda aproveitar com os pais assim... Sem dúvida inesquecível com tantas paisagens e cenários maravilhosos!
Agora sem dúvida, as folhas amarelas roubam a cena né? Esta foto que colocaste tua com as folhas ficou espetacular!!! Muito bom gosto!!
Adorei a "viagem" :D

Bjuuu
PRi

Rita Vieira disse... [Responder comentário]

Kátia que lugares lindos! o mais próximo que estive da Finlândia foi em Penedo-RJ! rssrs... O chocolate é uma loucura! rsrs...beijoca!

Babi Mello disse... [Responder comentário]

Katia, qtos paises e cidades você conhece, e qual vc mais gostou. Acho que isso daria um bom post.
Adoro seus post sobre viagens e acho que não vou mandar nenhuma foto para o concurso, fiquei olhando e achei as minhas tão simples, não botei muita fé, ainda mais que vc deve ter recebido fotos belíssimas.
:(
Bjocas!

Michele - Era uma casa... disse... [Responder comentário]

ai que blog lindo!! E essas, ilustrações?? Amei e já estou seguindo!

Cris Ventura disse... [Responder comentário]

Oi Katia! Passei pra conhecer teu lindo blog! Que bela viagem e lindas fotos! Sorte e luz!

Vanessa Romanelli disse... [Responder comentário]

Katia, não preciso dizer porque simplesmente amo suas postagens né?!! E o que são essas fotos??? Lindas! Precisamos muito trocar figurinhas sobre essas viagens!!
beijos!

Fer disse... [Responder comentário]

Amei, amei, muita informação e tudo bem detalalhadinho, bem a seu modo de contar. E q café da manhã farto, me deu até fome!!!
Bj.
Fer Lorenzoni

Marta disse... [Responder comentário]

Katia.. que imagens lindas!!! O céu azul e limpo! Lindo para um bom passeio!
E as comidas? Nem se fala... o café da manhã super ultra farto e com muitas opções exóticas..rsss
A folhagem das árvores dava contraste com sua roupa e com as casas :) Ficou lindo mesmo!
A língua deve ser super difícil. Uma amiga morou na Suécia e teve que aprender sueco para se viar lá!
Beijocas

Mari disse... [Responder comentário]

Bonfa, post muito alegre, apetitoso e com lindas fotos como sempre! Mas o que mais gostei foi ver você e seu pai se esbaldando na pista!! Vocês estão óótimos!!!!

beijocas mil!!!

Larissa L. disse... [Responder comentário]

Que delícia de viagem! Também quero fééérias!!!!
Bj

Cláudia Ramalho disse... [Responder comentário]

Voltei...
Kátia, que coisa!!! rsrs Agora eu me enchi toda! Admiro muito seu trabalho, seu vigor e sua disposição em postar tão detalhadamente cada experiência. Haja paciência, viu? Só que faz posts com muitas fotos sabe o trabalho que dá pra postar tudo.

Ô, essa viagem é pra o ano que vem ainda, este ano faremos apenas Portugal e França. Por enquanto ela está só na cogitação.

Não será a segunda lua de mel,seria a nona (já que a deste ano será a 8ª)... todo ano viajamos sozinhos, pra reativar o ramance. Depois dos filhos, fica difícil manter o ritmo. Só não viajamos nos anos que elas nasceram.

Olha, adorei cada foto e cada detalhe. Fico pensando o que se passa em sua cabeça antes de fotografar os pratos dos restaurantes... kkk Eu nunca me lembraria de fazer isso. Sabia que no curso que fiz de gastronomia só eu tinha levado a máquina? Fiquei com vergonha no começo, depois, incorporei a Bonfadini do Nordeste e cliquei pra valer... Queria me lembrar como se fazia depois e tb postar lá no blog. rsrs

Ah, estou seca pelos próximos posts pra ver os detalhes. Meus sogros já fizeram essa viagem, mas minha sogra é do tipo desorganizada com fotos, não escreve nome, não anota detalhes. Não adianta muito ver as fotos deles, ela nem as arruma num álbum. Fica tudo naqueles albinhos de laboratório de revelação. Ai se fosse eu! Já viu, né? Cada país vira um álbum de scrap... uma trabalheira do cão. Mas depois, parece que a viagem se refaz na minha mente ao folheá-lo.

Um abração.

Ana Carla Benet disse... [Responder comentário]

Assim como a Rita, assim que li o post sobre a Finlândia me lembrei de Penedo, onde eles dizem ser a Finlândia Brasileira ! kkkkk

Mas, voltando à Finlândia de verdade, que espetáculo, hein? Ai, pára tudo q tb amei as folhas amaralinhas das árvores.

Parabéns pela linda viagem

Bjo

Dani Etoile disse... [Responder comentário]

Bonfa, essa viagem tbm está na minha lista. É que com BBs pequeno, médio e grande, a lista vai sendo adiada!!!
bj
Dani

Anna disse... [Responder comentário]

Minha irmã já fez esta viagem, mas você me explicou tão direitinho e fotografou maravilhosamente, que depois do seu post, estou querendo conhecer também.
Mil beijos

Silvia disse... [Responder comentário]

Katia estou te seguindo agora!
Adorei todo o seu chiquetê, hahaha
Como é bom seguir pessoas chiquis
Que lugares maravilhosos!
Beijos Silvia

Wagner disse... [Responder comentário]

Eu já tinha visto algumas destas fotos, mas não todas. Muito legal poder vê-las aqui e ainda com o texto correspondente ao conjunto — cheio de detalhes e ótimas dicas.
Os tons de amarelo "outonais" são incrivelmente lindos!!!!

Beijo.

Gi - Oh so Jolly! disse... [Responder comentário]

Oi Katia!!!

Adoooro a Finlândia e viciado do jeito que sou em idiomas, sei até um pouquinho de finlandes hihi, que aprendi de bons finnish friends que tive na Holanda.

As fotos estão lindissimas!!!

Ai, não mandei a foto ainda né, mas por incrivel que parece hj é o primeiro dia que acordei bem, seg e ter foram com alergia, até cansei de espirrar e ontem foi com dor de dente (ciso), fala sério rs!
Fiquei tanto de cama nesses dias que hj levantei as 5h30 rs.
Mas logo logo mando as fotos, indecisão rs

bjocas e tenha um bom dia

Verônica Cobas disse... [Responder comentário]

Katia,

Você é a minha versão preferida, melhorada, otimizada e divertida do Advisor Trip. Um verdadeiro guia das coisas boas que se pode fazer quando se tem vontade de fazer coisas boas. E você tem!! Sempre e muito! Saudade docê! bjs

Veronica Kraemer disse... [Responder comentário]

Kátia, eu fico aqui lendo sobre suas peripécias e nem vejo o tempo passar... parece que estou viajando contigo!!! Que delícia!!! Não conheço quase nada fora do Brasil, então é bom "conhecer" pelos seus olhos. Me encantei com as árvores amarelas, se eu visse iria querer trazer uma pra mim...rsrsrsrsrs
Parabéns pelo seu blog, adoro cada dia mais!!!
Beijão e tudo de bom
Vero

Kellen Bittencourt disse... [Responder comentário]

Olá Katia, cheguei aki pelo Blog da Nádia que te elegeu como Blog da semana, e simplesmente amei tudo que vi, amo viajar e meu Blog é um relato das minhas viagens, bem mais modestas, simplesmente demais tudo aki, voltarei mais vezes p ler outros posts, parabéns pela inspiração que vc causa nas pessoas, amo isso! Bjooooosss

Related Posts with Thumbnails