sexta-feira, 7 de maio de 2010

Mãe, que saudades de você!!!!!

Bom dia, gente! Hoje estou sentindo saudades enormes da minha mãe. Não a vejo há um mês porque ela viajou com meu pai para os Estados Unidos a fim de ajudar na mudança da minha irmã que mora por lá, um dia antes de eu entrar de férias. A Flávia, o marido Bryan, meu sobrinho Gabriel e os dois cães (Chloé e Lobo) trocaram a fria Washington D. C. pela despojada São Francisco, na Califórnia, e cruzaram o país durante uma semana até chegarem ao seu destino final. Durante a viagem deles e a minha, nos comunicamos através de mensagens de textos enviados pelo celular e soube que eles pegaram uma tempestade de areia braba no Arizona, perto do Grand Canyon. Fiquei preocupada, mas felizmente, tudo deu certo e eles chegaram sãos e salvos à São Francisco.

No dia em que cheguei de viagem, minha irmã mais nova, a Marcinha, e o marido, o fotógrafo Daryan, de quem já falei nesse post, pegaram um vôo para encontrar meus pais e minha irmã do meio. Fiquei com o coração apertadinho, com uma enorme vontade de ir junto e encontrar minha família, que amo tanto!!!!! A vovó Carmota também está se sentindo meio só e é com ela, minha “mãe duas vezes”, que vou passar esse DIA DAS MÃES.

OgAAAKqncaHWA5AVIJjBFfMI9qIFsAgSFzdL0goYnUBjII5e33radslLRcdTM6UDwXT3ej0pTXIMuNEg_2EQb8Ku_7IAm1T1UABoSDvCJZjcxI7rx3YXenkemYWZ

Foto que “roubei” do Oukut da minha irmã tirada essa semana, onde aparece a família toda reunida no restaurante Bubba Gump em São Francisco, EUA. Lembram do filme Forrest Gump? Esse restaurante existe mesmo!

Queria aproveitar esse post para homenagear a mulher mais importante da minha vida: MINHA MÃE, é claro!!!! Essa criatura super sensível, generosa, muito simples, modesta ao extremo e absolutamente amorosa e carinhosa é uma das pessoas que mais admiro no mundo! Minha mãe é uma das pessoas mais humildes que conheço: vaidade, status, poder, dinheiro, roupas de grife, carrão, jóias etc, são coisas que não tem nenhum valor pra ela. Mami sempre disse que se ganhasse na Mega Sena, fundaria um abrigo para cães e gatos abandonados e viveria cuidando desses animaizinhos que tanto sofrem nas ruas e que estão expostos à crueldade de alguns serem humanos.

Minha mãe me ensinou que somos todos iguais, independente de credo, raça, cor, nível educacional e social, poder aquisitivo etc. e que devemos ter a mesma consideração e respeito por todos. E sermos gentis e educados, sempre. Muito obrigada por ter me passado esses conceitos tão importantes, mãe! Espero estar seguindo seus ensinamentos da melhor maneira possível.

Desculpem o tom tão pessoal do post, mas hoje senti muita vontade de mostrar pro mundo o quanto estou sentindo falta da minha MELHOR AMIGA! Minha mãe é a pessoa que mais me entende e quem mais conhece minhas idiossincrasias. Quando ela estava grávida de mim, teve um sério problema no ovário e precisou ser operada. Antes da cirurgia e de saber que eu existia, ela tomou uma série de medicamentos que poderiam resultar em um aborto espontâneo, mas isso não aconteceu. Segundo o médico que a acompanhou e minha irmã mais nova, que é pediatra, a probabilidade de eu não ter sobrevivido ou ter nascido com graves sequelas e problemas neurológicos era enorme. Mais tarde, o médico disse à minha mãe que a ciência não explicava o fato de eu ter nascido e que, segundo ele, havia sido um milagre. Apesar de não ter uma auto-estima elevada, sou extremamente agradecida e me sinto muito abençoada por ser como sou. Minha mãe nunca me disse claramente o quanto sofreu durante a gravidez em uma época em que não existia ultrassonografia nem exames pré-natais eficientes. A expectativa com relação ao meu nascimento (ou não-nascimento) deve ter sido imensa e o sofrimento durante esse período, idem.

Minha mãe é super meiga e tem uma aparência frágil e delicada, mas eu sei o quanto ela é forte, corajosa e especial. Muito especial. No domingo vou ligar pra ela e declarar mais uma vez todo o meu amor e admiração. Faço isso sempre que posso porque não sei se algum dia nessa vida poderei retribuir tudo o que ela fez e faz por mim.

Te amo demais, Mami!!!!!

Parabéns a todas às mamães e às futuras mamães! Que o dia de vocês seja iluminado e cheio de emoção!

Bom final de semana e até segunda-feira!!!!

Bonfa ass

36 comentários:

mary disse... [Responder comentário]

Kátia, que lindo o que vc escreveu pra sua mãe. Que linda história a de vocês. Acredito que nada acontece por acaso, e vc ficou protegidinha na barriga da sua mãe porque seria especial e importante o seu nascimento. Considere-se uma pessoa especial todos os dias, não só vc como sua mãe que foi uma guerreira. Feliz dia das mães pra todas as mães!!!
Bjoss

Danny Lindinha disse... [Responder comentário]

Nossa Kátia... linda sua declaração...linda o inicio da sua história. Deus tem sempre um próposito em nossas vidas...eu já lhe escrevi isso uma vez e vou repetir...vc é uma graça de pessoa, daquelas pessoas que a gente tem vontade de ter sempre ao lado... Feliz Dia das Mães pra todas as mamães !!

Joaninha Bacana disse... [Responder comentário]

Minha vó é como minha segunda mae também :-) Ela já está com 92 anos, mas tem uma energiiiiiiia que é admirável!!! :-)
Quanto a sua mae, a gente já sabia que ela era especial: filha de peixe, peixinho é (e vice-versa, hehehe). Feliz Dia das Maes para ela!!!
Beijocas pra voces, e bom final de semana!
Angie

Milena disse... [Responder comentário]

Nem sei o que dizer,isso é raro hein amiga!!!Mas o amor incondicional é sempre silenciador,ele é para ser contemplado.
Desejo um feliz dia das mães para a sua e todas as outras,sabendo que a sua tem o verdadeiro dia das mães,que é todos os dias.
Parabéns para a Carmota também e aproveito para dizer que amei o presente para ela.Lindo!!!!E no dia das mães,aproveito para te parabenizar pois ser mãe é prazeroso ainda mais quando temos um filho apaixonado como você.

Beijos,

Leticia disse... [Responder comentário]

Kátia
Todas as postagens sobre mãe estão me deixando emocionada, porque não tem como não ser pessoal...
Não sei se conseguirei escrever a minha pessoal, por conta de emoções conflitantes do momento...
mas estou emocionada.
Beijos
lelê

Carolina Novaes disse... [Responder comentário]

Olá
achei linda a sua homenagem! Inclusive, até me emocionei.

Kátia posso colocar o seu blog na lista de blogs legais do meu (http://coisinhasdafamilia.blogspot.com/)?

bjos,

Carol Novaes

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

Claro que pode colocar meu blog na sua lista, Carol!!!! Vou adorar e fico muito lisonjeada, obrigada!!!!

Pessoal, muito obrigada pelo carinho e pelas palavras de hoje. Tô com um nó na garganta só de saber que minha mãe estará longe de mim no domingo. Não sou uma pessoa muito ligada à tradições, mas adoro comemorar essas datas especiais pra mim!!!!! Hoje vou passar o dia com a vovó Carmota e devo ficar fora do ar até tarde! Mas depois que voltar, leio tudo com calma! Beijão!!!!

Fabiana disse... [Responder comentário]

Que emocionante mensagem Kátia! Mãe é sempre mãe né? Também amo a minha, mas ela mora em outro estado e nos vemos só de 23 a 3 vezes por ano, mas praticamente ligo quase todos os dias!

Feliz dia das Mães para sua mãe!
Bjs

Babi Mello disse... [Responder comentário]

Katia que linda declaração de amor que fizessete a sua mãe e caraca e se Deus te colocou nesse mundo, é sinal que vc tem uma missão maravilhosa nesse mundo e pelo que vc mostra aqui no blog vc esta sabendo aproveitar muito a chance que ganhou em nascer e viver, e isso é maravilhoso, pelo pouco que vejo aqui pelo blog, acredito de coração que você é uma pessoa especial e foi por isso que você nasceu. Pense sempre nisso, vc é muito especial.
E a todas as mamães parabéns e em espcial a minha mamãe que eu amo incondicionalmente.
Bj e vê se eleve a sua auto-estima, afinal vc é especial nunca se esqueça disso.

Mari disse... [Responder comentário]

AAAhh!! SF! Eu amo SF! Quem sabe a gente se encontra lá um dia, como fizemos em D.C.? ;)

Bonfinha, sei que vc está sentindo uma falta danada da sua mãe, mas legal saber que vc vai estar com a Carmota, sua vó tão querida!

Muito lindo o que você escreveu da sua mami! E concordo com você: a gente tem que aproveitar cada oportunidade pra dizer EU TE AMO! Não custa nada e faz um bem danado tanto pra quem diz qto pra quem ouve!

Um super beijo carinhoso pra vc e vó Carmota!

Regiane disse... [Responder comentário]

Sou mãe e filha e sei o quanto significa para a sua mãe essas palavras de carinho e amor... dizem que amor de filha não é igual ao amor de mãe... acho que não é verdade... amor de mãe é incondicional, mas amamos nossas mães de forma admirável tbém pq é isso q elas nós ensinam! Parabens!
Regiane

Mari disse... [Responder comentário]

Ah, e claro, manda um beijão pra sua mami que é uma pessoa super fofa!!

Patricia disse... [Responder comentário]

Katia, adorei o texto! O dia das mães é uma data que faço questão de passar pertinho da minha, e da minha avó, que é a inspiração da minha vida, principalmente depois que vim morar no Rio e as deixei lá em Friburgo...
Mas me chamou muita atenção no texto o fato de eu ter o mesmo objetivo da sua mãe se eu ganhasse na mega-sena: construir um abrigo para animais abandonados! Já adorei sua mãe, mesmo sem conhecê-la :)
Beijão, feliz dia das mães para vocês!

cristina disse... [Responder comentário]

KÁTIA....SINTO UMA INVEJA BRANCA DE VOCÊ....É MUITO LINDO E VERDADEIRO A DECLARAÇÃO DE AMOR QUE FIZESTE PARA TUA MÃE...SÓ QUEM JA NÃO TEM MAIS MÃE INTENDE O VERDADEIRO AMOR....MAS VAMOS LÁ...A VIDA CONTINUA E DEUS ME TIROU MINHA MÃE, MAS ME DEU UMA ABENÇOADA NETA QUE É UMA FILHA COM AÇUCAR BJS...

Ana Carla Benet disse... [Responder comentário]

Amiga, que delícia esse post ! Parabéns porque sua mãe fez um excelente trabalho, vc é linda por dentro e por fora.

Um delicioso dia das mães com sua avó !!! Bjooooo

Simone Scharamm disse... [Responder comentário]

Oi, Querida,
Que linda declaração de amor pra sua mãe! Estou aqui emocionada com a história de vocês!
Receba o meu grande abraço, com todo carinho e admiração! Manda um beijo pra sua mãe e outro pra vovó!
Tenha um ótimo final de semana!
Bjos.

Tania Forti disse... [Responder comentário]

Oi Kátia, por tudo o que você nos revelou agora sobre sua mãe, fica fácil compreender o porquê de você ser essa pessoa maravilhosa que é. Enquanto lia as qualidades que você enumerou de sua mãe, podia ir vendo claramente essa pessoa que você se revela à medida em que vamos te conhecendo.
beijo

Karla Lemos disse... [Responder comentário]

Kátia, que declaração linda!! Sabe sou fãs de post pessoais e amorosos. Declarações de reconhecimento são muito importantes, nós mães precisamos de amor muito amor... então todo amor do mundo para vocÊs duas... nos vejos hoje. mil bjs

Anônimo disse... [Responder comentário]

Oi Katia, saudades viu... que maravilhosa homenagem a sua mãe e a todas as mães. Como é bom poder ler algo tão amoroso e sincero. O amor nos faz sentir muito próximos, mesmo a km de distância.
Bjos.
Fer Lorenzoni

Pati Haddad disse... [Responder comentário]

Tô aqui chorando, lembrando do quanto tia Sandra já aguentou aquele monte de amigos seus em suas festinhas na Ilha. Nossa, nunca podia imaginar essa história. Linda, emocionante. Sem mais palavras.

Ponto e Art disse... [Responder comentário]

Bonfa, ainda bem que vc nasceu! =)
As mães realmente têm uma fibra inexplicável, né...
Adorei sua visitinha no meu blog, viu?
Estou sempre por aqui.
Beijinhos e ótimo fds!

Karla G. F. disse... [Responder comentário]

Kátia que maravilha o seu post sobre as comprinhas, eu AMEI!!!! Voce achou nas suas férias coisas interessantíssimas que eu nunca ví por aqui em 3 anos! Mas vc tb tem um olho clínico pra isso, né?

Eu to batendo a cabeca com meu namorado pra advinhar o que é a garrafa de vinho (que na verdade nao é uma garrafa de vinho), mas pensei que seria mal eu ganhar bombons da Áustria estando aqui perto. Um brasileiro merece ganhar =)

E sobre a entrevista, voce nao sabe o quanto ficaria encantada de participar. Muito, muito obrigada pelo convite! Se vc quiser, me passa um e-mail (karlinhall at yahoo.com.br) me explicando o que vc espera, sugestoes e td mais.

Um beijao e bom final de semana!

Luciana Casado disse... [Responder comentário]

Que homenagem linda, Kátia! Tenho certeza que tua mãe vai ficar muito emocianada ao ler este texto.
Mãe é tudo né?! Cada uma é especial e a nossa é sempre a super, não tem jeito!!
Bjus, Lu

Cláudia Ramalho disse... [Responder comentário]

Katinha, o blog é seu, vc tem todo o direito de falar sobre o que vc quiser, seja pessoal ou não. Gostei muito desse post, tão filial, tão humano!
Feliz dia das mães para vc!

Norminha disse... [Responder comentário]

Belíssima homenagem!

Veronica Kraemer disse... [Responder comentário]

Ká, que lindo post!!! Você é uma mulher muito iluminada, amei saber mais da sua vida!!!
Beijosssssssssssss
Vero

Marta disse... [Responder comentário]

Katita... amei o post!!! Sua mãe deve ser uma pessoa muito especial mesmo.... tem três filhotas lindas, querifas e habilidosas!!! Parabéns pela mamis linda!!! E pela avó querida tb!
Eu tb amo muito a minha mãe, que assim como a sua, é minha melhor amiga. Passarei com ela o domingo, meu pai, minha sogra e minha tia! Três mães...rssss
Logo logo sua mãe volta e vc mata as saudades! Eu tb não consigo ficar muito tempo longe da minha....5 dias sem se ver é um horror. E ela tb sofreu muito quando nasci, pois nasci com ictiose e ela estava sozinha com meu pai no Brasil!
Beijocassss

Ana Maria Braga disse... [Responder comentário]

Katia, sua mãe vai ficar orgulhosa ao ler esse post. Ah, como eu gostaria de ler uma coisa assim das minhas filhas, principalmente de uma delas que se afastou de mim !! Dá até vontade de chorar. Mas a vida é cheia de surpresas, boas e ruins. Estamos aqui para enfrentar o que vier e sair tirando proveito de coisas boas e aprendendo com as ruins. Elas nos deixa mais fortalecidas. Beijos.

Verônica Cobas disse... [Responder comentário]

Minha amiga,

Sei do imenso afeto que você tem por sua mãe e da compreensão e generosidade que ela te oferece. Bom saber disso, bom sentir isso. E é curioso perceber o quanto podemos espalhar amor de mãe por aí mesmo quando essa relação expressa de mãe e filho não é real. Amor de mãe é um sentimento tão grande que realmente não pode, não deve estar restrito às circunstâncias familiares. Tu sabes que também te tenho amor de mãe.
Que Carmota te acalente também no dia de amanhã e que você faça o mesmo com ela. E que juntas pensem com carinho na Sandra que, certamente, está sentindo muita falta dessa filha deliciosamente amorosa que ela tem.

beijos mil

Aline Corso disse... [Responder comentário]

Kátia querida,
me emocionei com seu relato, por diversos motivos...

como eu queria te dar um abraço minha amiga, tanta coisa parecida nessa vida

fica bem, beijão!

Claudia disse... [Responder comentário]

Querida, que saudades de vir aqui, ando tão corrida, aff! Mas dei uma geral, vi as fotos, a viagem, tudo lindo!

Aproveito pra desejar que vc reencontre sua mãe rapidinho pra matar as saudades e que passe um lindo dia com sua avó!

beijos

Norminha disse... [Responder comentário]

Não te conheço mas já te gosto... Uma gentileza e delicadeza de tua parte responder ao meu comentário!Obrigadíssima! Beijo

Renata disse... [Responder comentário]

Katia!

Dia das mães a gente sempre fica beeeeem filha né?

Quantas novidades vc ta aprontando aí hein? Pelos teasers vem coisa boa!
beijos

Petit Art - Maitê disse... [Responder comentário]

Oi!!!
Quer uma CAMISETA DA PETIT ART Grátis?
Então vai lá na PETIT ART e saiba como...
Espero vc lá*:]
bjo bjo

http://abebedorespgondufo.blogs.sapo.pt/ disse... [Responder comentário]

Very good.

Fatinha Costa disse... [Responder comentário]

É mesmo muito bom quando se tem uma mãe a quem se pode considerar amiga!

Belo post!

Abs

Fatinha

Related Posts with Thumbnails