sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Filé ao café acompanhado de batatas ao murro: uma combinação deliciosa desenvolvida pela Claudinha Ramalho, minha convidada especialíssima de hoje


O que posso dizer da Claudinha????? Acho que já disse tudo no post da semana passada, no qual mostrei o trabalho de ilustração que desenvolvi para o blog dela, o FEITO A MÃO, cantinho virtual que adoro e frequento sempre porque trata de assuntos interessantes e diversificados. Adoro essa peculiaridade e gosto da surpresa de descobrir o tema do dia, já que tudo pode aparecer lá no blog! É realmente uma delícia navegar por ele, reler posts antigos e poder se encantar com as várias habilidades manuais dessa mulher de quem gosto muito e admiro em vários aspectos. A Claudinha é simplesmente cativante, assim como o FEITO A MÃO. Imagino que todos os que passam por aqui já leiam o blog dela, mas se ainda não tiveram a oportunidade de conhecê-lo, fica aí a sugestão de um espaço de variedades que eu adoro!bonfaconvida
É um enorme prazer participar do Casos e Coisas da Bonfa. Admiro muito a forma dedicada como a Katia o conduz, com criatividade, ética e responsabilidade. Tudo aqui é original e é justamente isso que o torna tão especial e diferenciado entre as centenas de blogs que encontramos no dia-a-dia.

A primeira dificuldade foi escolher sobre o que falar... Como a Katinha demonstrou certo interesse nas receitas de alguns pratos que eu publiquei em meu cantinho, resolvi falar de gastronomia.

Eu não sou chefe, não tenho restaurante, não ganho a vida cozinhando… mas apronto das minhas na cozinha. Gosto de cozinhar desde que me entendo por gente. Não por obrigação, nem no corre-corre do dia-a-dia, mas na calmaria dos finais de semana e em alguns dias especiais. Faz um bem danado a gente “acarinhar” quem a gente ama com um prato de comida feito por nossas mãos. O alimento resgata memórias afetivas ligadas à mais tenra idade, quando toda felicidade do mundo se resumia a estar limpo e de barriga cheia. Ah, se as coisas permanecessem tão simples!

Apesar de, nós mulheres, termos passado anos lutando para sair da cozinha, hoje a situação é outra. Cozinhamos por opção, não mais por imposição. Cozinhar deixou de ser um estresse e passou a ser uma terapia. Deixou de ser a causa da doença e se transformou no remédio! Ninguém mais tem vergonha de assumir que gosta de cozinhar hoje em dia, enquanto até bem pouco tempo atrás isso poderia soar como uma afronta às conquistas feministas.

As recentes pesquisas têm constatado que a alimentação das crianças estava ficando cada vez mais precária. Com a correria dos pais, alimentos congelados e industrializados estavam fazendo parte do cardápio semanal familiar com muito mais frequência que o recomendável. O resultado só poderia ser uma alimentação de péssima qualidade, com prejuízo para o desenvolvimento saudável e sobrepeso dos pequenos. Em resposta, desencadeou-se um movimento denominado “slow food”. Na contramão do fast food, esta filosofia prega resgate do prazer ao comer. Ervas passaram a ser plantadas em casa, em hortinhas no fundo do quintal ou em vasinhos de plásticos espalhados pela varanda do apartamento. Muitas donas de casa voltaram a preparar os alimentos em casa, sem conservantes, aditivos ou outros produtos químicos. As refeições estão voltando a ser feitas à mesa, e não em frente à tevê. E se a mulher não sabe ou quer cozinhar, o próprio homem tem pilotado o fogão, com muito orgulho. Aos poucos, tem-se redescoberto o prazer escondido nas pequenas iguarias. Tem-se valorizado mais o saborear ao invés do engolir às pressas, o apreciar e experimentar, ao invés do simplesmente reproduzir automaticamente uma nova receita.

A globalização tornou os ingredientes raros mais acessíveis. A era da informação difundiu os segredos dos grandes chefes, seja em livros, em blogs culinários ou em programas de TV. Até os filmes infantis passaram a falar de cozinha! “Ratatouille”, “A Princesa e o Sapo” e “Tá chovendo hambúrguer” não me deixam mentir. Até as escolas passaram a incluir em suas aulas de matemática e interpretação de textos a elaboração de receitas simples. A culinária se democratizou, deixou de ser coisa de mulherzinha e hoje é muito mais um hobby que uma obrigação.

Cozinhar está na moda! Nunca antes se dispôs de tanto e em tão pouco tempo. Quer fazer uma receita indiana? Não tem livro em casa? Busca no Google que vão aparecer milhares de receitas e sites especializados. Os ingredientes estão logo ali, no supermercado mais próximo, na seção de importados, à sua espera.

Por tudo isso e mais um pouco, eu venho dedicando mais atenção à cozinha da minha casa. E foi pensando assim que busquei uma receitinha bem diferente para compartilhar com vocês, aqui no Casos e Coisas da Bonfa.

 

Filé ao Molho de Café

Alguém já provou filé ao molho de café? Não franzam a cara, porque a mistura é muita boa, eu garanto! Isto é, para quem aprecia café, é claro.

Certas combinações inusitadas na cozinha nos deixam com a pulga atrás da orelha, não é verdade? Geralmente dão super certo, porque os elementos se complementam, mas o medo de prová-las pode nos manter amarrados a um preconceito infantil que nos limita o paladar, a escolha do cardápio e, mais ainda, as experiências gastronômicas inesquecíveis.

Em abril, eu e meu marido estivemos em Portugal. Foi em Cascais que provei pela primeira vez um “bife à café” (eles escrevem com crase, mesmo). Estava tão maravilhoso e perfeito, que eu tinha que tentar reproduzi-lo em casa.

Bife ao café é um prato português e por isso, quando eu busquei por uma receita, o fiz em sites da terrinha. Li várias delas até encontrar uma que me lembrasse o prato que eu provei em Cascais. Claro que, no decorrer da elaboração do prato, à medida que ia provando, fui colocando um pouco mais disso, um pouco mais daquilo e acabei criando a minha própria receita, como certamente vocês o farão se forem reproduzir esta minha dica. O bom da culinária é isso: cada um pode adaptar um prato ao seu jeito e gosto pessoal.

Querem ver?

Filé ao molho de Café


Ingredientes:

600g de filé limpo

1 cabeça de alho

folhas de louro

manteiga

500g de nata (ou creme de leite fresco, se você não encontrar)

4 a 5 colheres (café) de café instantâneo

sal e pimenta a gosto


Primeiro corte os bifes de filé a gosto (alto ou baixo). Não tempere a carne antes do cozimento, para que ela não perca suco.

1. Derreta meia colher de sopa de manteiga numa frigideira e doure um dente de alho amassado e uma folha de louro.

2. Frite os bifes, um a um, na manteiga derretida, esfregando-os sobre o alho e a folha de louro para pegarem gosto. A cada bife frito, troque o alho e o louro, se estiverem queimados e complemente a manteiga, se precisar.


3. Depois de passados, reserve os bifes em um refratário e tempere com sal e pimenta a gosto.

4. Misture as natas (ou creme de leite fresco) com o café. Se gostar mais forte, use 5 colheres, se preferir mais fraco, use apenas 3 ou 4. Mexa bem para desfazer os grãos de café.


5. Leve essa mistura ao fogo, na mesma panela em que fritou os bifes. Vá misturando com a colher de pau para “limpar” o fundo da panela. Quando estiver bem quente, volte os filés para a frigideira, para aquecê-los.

Servi acompanhados com batatas ao murro e dentes de alho.

As batatas ao murro são outra criação portuguesa, e fazê-las é mais fácil que parece. Impressionante como um “modus operandi” tão simples pode resultar em algo tão saboroso e único!

 

Batatas ao murro


Ingredientes:

sal grosso

batatas inglesas lavadas

azeite extra virgem

alho

1. Lave bem as batatas, para retirar qualquer vestígio de terra.

2. Esfregue cada batata em sal grosso e leve ao forno em uma assadeira por aproximadamente 40 minutos. Eu forrei a assadeira pequena com sal grosso e usei papel alumínio para cobri-las.


3. Retire as batatas do forno. Com um pano de prato limpo, envolva cada batata e pressione com força, dando um “murro”, para amassá-la.


4. Coloque um pouco de sal grosso por cima e devolva ao forno por mais 15 ou 20 minutos. Desta vez, não usei papel alumínio.

5. Quando estiverem macias, estarão prontas. Antes de servir, esquente o azeite numa frigideira com alguns dentes de alho amassados e jogue por cima das batatas.


Ficaram deliciosas!!!!!!

***

Espero que tenham gostado.

Foi uma honra participar desse cantinho que tanto me atrai. Muito obrigada pelo convite, Katinha!

Um cheiro!

Claudinha.

………………………………………………………………………………………………………………………

Claudinha, conforme te contei por e-mail, organizei esse post ontem de manhã e fiquei salivando ao ver as lindas fotos desse prato. Eu ainda não tinha tomado o café da manhã e fiquei com uma vontade enorme de experimentar o filé com molho cremoso e as batatas quentinhas naquela hora mesmo… ai, que delícia!

Pessoal, vocês que são super gentis em dizer que o Marcelo é um cara de sorte, estão enganados!!!! Desculpem pela revelação bombástica, rsrsrsrs, mas o cara de sorte de verdade é o Mário, marido da Claudinha! Essa receita de hoje é somente um exemplo dos pratos maravilhosos e incrementados que vocês podem encontrar no FEITO A MÃO! Enquanto eu faço canapés, belisquetes e verrines, ela cozinha de verdade!!!!!

Claudinha, obrigadíssima pela participação e parabéns pelo carinho e dedicação que você coloca em tudo o que faz, sem exceção! Beijos da fã e desejo um ótimo final de semana pra sua família e pra todos os que passam por aqui!!!!

Ah, só pra terminar, gostaria de dizer que às vezes fica difícil responder a todos os comentários por pura falta de tempo mesmo e como meus dias estão cada vez mais corridos, posso deixar aqui uma sugestão????? Quando vocês precisarem de alguma informação ou fizerem um comentário que necessita de uma réplica, será que poderiam mandar um e-mail para o katiabonfadini@gmail.com? Assim fica mais fácil e eu me comunico diretamente com vocês!!!!

Bonfa ass

44 comentários:

Aninha Padredi disse... [Responder comentário]

Uau!! Que delícia!! Fiquei babando! :P

Taís Marçal Diniz disse... [Responder comentário]

Adorei tudoooo!!!
Beijocas!
http://myblogsaborear.blogspot.com/

Ana Maria Braga disse... [Responder comentário]

acordei com insonia e vim olhar aqui. Deparei-me com esses quitutes maravilhosos e que se duvidar senti o cheiro daqui....rs. Parabéns pela receita e pelo capricho dos preparos. Feliz o marido dela que tem "o sacrificio" de provar tudo isso..rs. Bjs e espero que estejam dormindo a esta hora, pois são 3h da madrugada, Já tomei meu comprimido para dormir e por isso o sono está aqui.....me chamando. Beijos.e parabéns

JooJoo disse... [Responder comentário]

Thanks a lot dear for stopping by my blog and your sweet and encouraging words on my work! You have a wonderful blog! Full of yummy things and lovely photos! Big hugs and kisses! xo :)

Karla G. F. disse... [Responder comentário]

Huuuuum acabei até de chamar meu namorado pra ver a foto desse prato!!! Aqui comprar filé é coisa pra milionário, mas de vez em quando compramos uma peca inteira e deixamos no freezer. Os dias que tem file sao especiais, hehehehe.
E sem duvida nenhuma essa vai ser a proxima receita!
Parabéns pra Claudia!!

Feito a Mão disse... [Responder comentário]
Este comentário foi removido pelo autor.
Feito a Mão disse... [Responder comentário]
Este comentário foi removido pelo autor.
Feito a Mão disse... [Responder comentário]

Katita, minha linda, que bela introdução! Muito obrigada pelas doces palavras. Como eu gosto de vc a cada dia mais!!!! Saiba que o sentimento de bem estar que sinto em seu blog é raro! Vc me faz sentir em casa, conversando com uma amiga de infância. Nossas afinidades tem só aumentado a cada dia.
Se Mário tem sorte? Acho qeu sim, proque ninguém o amaria como eu amo... Mas Marcelo igualmente é outro sortudo.
Quem sabe um dia, quando vc vier à minha cidade, psossamos fazer uma bela refeição juntas. Vc prepara os drinks e eu me encarrego dos pratos.

***
Vc acredita que li o post duas vezes e não tinha visto a foto do prato? Acho que ainda estou dormindo... Deve ser efeito da sexta-feira 13 de agosto!

Ótimo fds pra vc!

Leticia disse... [Responder comentário]

Olá Queridas!
Adorei o post... mesmo porque adoro o blog de vocês duas, né? (acho que já leio as duas faz um tempinho... rs)
Esta receita vai ser guardada para testar no marido (a partir da outra semana, paro de falar noivo e assumo marido... rs. E ele será meu cobaia gastronômico! E com a ajuda de vcs, tenho certeza que cozinharei maravilhosamente! rsss olha a modéstia).
Beijos e ótimo fim de semana para as duas!
lelê

PS> to esperando a segunda sessão de Praga... certeza que um dia irei pra lá! rsss.

Michele disse... [Responder comentário]

Que delicia...

Fer disse... [Responder comentário]

Ahhh meu Deus, vcs duas são lindas, e seus respectivos maridos são caras de muita sorte, ok?kkkk.
Eu visitei o blog da Claudinha, por meio de vc Katia, e ela arrasou na receita hoje.
Bj pras duas queridíssimas.
Fer Lorenzoni

Fabiana disse... [Responder comentário]

Claudinha, que delícia! Nossa, esse prato tá lindo! Eu nunca que tinha ouvido falar em molho de café, e juro como até agora não me veio a mente qual gosto deve ter. preciso experimentar, urgente, só tenho o problema que com certeza o maridão não vai querer nem experimentar, rs.

Adorei o passo a passo e as explicações que vc deu no deccorer do texto, sobre os produtos industrializados que tanto faz mal à nossa saúde, se usados com frequência, parabéns!

Katinha, parabéns por mais uma especialíssima entrevistada, e por fazer desse cantinho tão especial! Bjs!

Telma Maciel disse... [Responder comentário]

Nossa... e eu que já tomei café e salivei assim msm??? GULA? Não... apreciação! rs
Gostei tanto da indicação (e da receita) que já tô lá no Feito A Mão!!!
Beijos

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

Claudinha, essa receita parece realmente fantástica! Mostrei pro Marcelo e ele se animou, mas como o cozinheiro aqui em casa é ele, acho que eu só serei a assistente, rsrsrsrsrs!!!!!! Parabéns pelos prats deliciosos que me encantam e me fazem salivar!!!!!!!! Você se supera a cada dia e sou sua fã de verdade!!!!!! Você é realmente uma pessoa especial e uma das blogueiras que me fez descobrir que uma amizade virtual pode ser franca, verdadeira e autêntica!!!! Grande beijo e obrigadíssima pela participação que, como vc sabe, pode ser vitalícia! O convite vale pra sempre!!!!!!

trecos e apetrechos da Fran disse... [Responder comentário]

Claudinhaaa!!!!!! Que maravilha de prato!!!!!!!!!
Acabei de imprimir e vou testar final de semana mesmo, acho que vai ser sucesso absoluto lá em casa. Depois te mando uma foto.
Sou super fã das tuas receitas e de tudo que você faz, parabéns, viu?
Adorei a introdução do teu post sobre a globalização da alimentação, do prazer em cozinhar e exprimiu bem o que penso quando estou cozinhando para minha família, amigos, sinto realmente prazer em proporcionar uma alimentação saudável e a descoberta de aromas e sabores aos nossos filhos, é uma boa lembrança que eles terão sempre com eles, com certeza.
Bonfa, também estou na correria essa semana, mas teu blog não deixo de visitar em nenhum dia, adoro. Linda a introdução! Um excelente final de semana para vocês.
BJS

Heloísa disse... [Responder comentário]

Katia,
Mais uma vez, parabéns para você e para a Claudinha.
E também fiquei ultra motivada para experimentar esse prato tentador.
Beijos para as duas.

Rosi disse... [Responder comentário]

Oba, mais uma dobradinha de blogueiras que gosto muito!!!

O post de hojé é de dar água na boca com certeza, Claudinha é o tipo de mulher determinada e a frase "Tudo que ela toca vira ouro" cabe muito bem à ela.

E o que diz da Bonfa? Amiga muito carinhosa, especial e dona de uma vivacidade cativante.

Meninas, adoro vcs, vcs sabem, porque não me canso de admirar o que vcs aprontam com tanta perfeição. Sou fanzoca meeeesmo.

Bjs na bochecha das duas e bom final de semana.

Camilla Nesti disse... [Responder comentário]

Bom dia!! Primeiramente gostaria de parabenizar as duas. A Cláudia pela receita maravilhosa!! Já estou com vontade de fazer.. realmente deve ser uma delícia!! e a Kátia, pelo carinho que tem com seus "amigos virtuais". Não sei o quão log vou poder experimentar esta receita, mais assim que o fizer, colocarei minha impressão no meu blog, claro!!
bjoks as duas...

Michelle Sales disse... [Responder comentário]

Adorei, que chique essa receita hein...

Bjão e bom fds.
Mi

Sheila Mendes disse... [Responder comentário]

Oi Kátia, td bem?
Adorei o post de hoje, me deu água na boca ver essa prato tão bonito.
Conheci o blog Feito à mão através de vc e tb já sou fã da Cláudia.
Mais uma vez, obrigada por trazer assuntos tão prazeirosos para o nosso dia a dia.
Beijos.

Feito a Mão disse... [Responder comentário]

Oi, meninas, obrigada pela receptividade. Realmente eu recebi muitas leitoras do Casos e Coisas lá no Feito a Mão e de lá tb veio outro tanto pra cá. Essa troca é tudo de bom. Sejam todas bem-vindas lá. Foi realmente uma honra e um prazer enormes estar aqui.

Katinha, vc recebe (real e virtualmente) como ninguém. Uma anfitriã calorosa e gentil ao extremo. Já te considero uma amiga de verdade e falo sério quando digo que adoraria recebê-la à mesa... já pensou o quanto conversaríamos, animadas com umas doses a mais?

Um ótimo final de semana pra todo mundo.

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

Claudinha, já estou louca pra conhecer Maceió e te encontrar para um belo almoço ou jantar!!!!! Também te considero uma amiga, até porque afinidade, sintonia e vibração parecidas, a gente tem de sobra, né? E isso pra mim, é essencial numa relação sincera e verdadeira! Grande beijo e bem-vindos sejam os leitores da Claudinha que viream conhecer meu cantinho vistual! Espero que gostem daqui!!!!!! Beijão!!!!!

Sandra Negrão disse... [Responder comentário]

Nossa, realmente é de dar água na boca...aiiiiiiii que fominha...rs
Adorei as receitas e adorei conhecer mais da Claudinha.
Parabéns pra vcs duas.
Beijos e bom fim de semana.

Anna disse... [Responder comentário]

Voltei de férias, estava louca para ver suas postagens.
Me lembrei muitas vezes de você, inclusive comprei aqueles marcadores, e muitas coisas para minha nova cozinha.
Beijos

Fla disse... [Responder comentário]

Claudinha é uma querida, e manda muito bem na cozinha e nas artes que faz.
Parabéns pela receita, deliciosa.
Já está anotada.
Beijos

Dani Etoile disse... [Responder comentário]

Pára o mundo que eu quero descer!!! Nunca tinha pensado nisso, filé com café??? Deve ficar fantástico, mesmo!!!
Beijocas,
Dani

Babi Mello disse... [Responder comentário]

Katia, esse plano da Claudinha parece delicioso e o que eu gostei também foi das batatas, bem interessantes sabe, uma que cozinha mega bem aqui em casa é minha irmã, amo as comidas dela.
Bjocas!

Gina disse... [Responder comentário]

Nada contra provar sabores inusitados e, do jeito que gosto de café, penso que esse prato cairia no meu agrado de primeira.
Bom final de semana às duas!

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse... [Responder comentário]

DEVE TER UM SABOR MARAVILHOSO!

Marly disse... [Responder comentário]

Oi, Kátia,

Gostei da receita que, para ser sincera, eu já tinha visto algures.
Mas o texto e o que se percebe através dele, da personalidade da autora, eu adorei! Concordo inteiramente com as idéias dela, tanto, que eu mesma poderia ter escrito este texto, rsrs.

Beijão e bom fim de semana para ambas!

naomemandeflores disse... [Responder comentário]

Ai, que delícia gente!!!! Preciso experimentar esse prato!

Angélica disse... [Responder comentário]

Humm... quanta coisa boa!
Adorei conhecer o seu blog, voltarei mais vezes. :)
Bjsss!

*-._.-* Anita *-._.-* disse... [Responder comentário]

Dizer o que???? MARAVILHOSO TUDO!

bjssss as duas...

Marta disse... [Responder comentário]

Katita... como toda boa família portuguesa eu adoro as batatas a murro e minha mãe faz direto. Mas ela usa as batatas pequeninas que ficam mais gostosas e saborosas.. é uma excelente opção! Acho que se chama batata calabresa....
Adorei a receita.. meu marido ama café! Quem sabe um dia?
Beijocas

Sicores disse... [Responder comentário]

Batatas ao Murro é a única coisa que sei fazer na cozinha. Sim, porque nem ovo cozido eu sei fazer...rs.
Aí na hora do complemento sempre é um problema. Tenho que depender da disponibiliadade de algum familiar.
Adorei esse post, Katia.
Vou tentar da próxima vez que fizer as batatas.
ADOREI!!!! rs
beijos, querida.

Santinha disse... [Responder comentário]

Katia minha querida, essa dupla "Casos e coisas feito à mão"
parece prometer.
Toda vez que entro no blog da Claudinha saio encantada, entro aqui saio mais encantada ainda, voces duas juntas é demais.
Cuidados com a escrita, com o texto que segura a gente...Fotos fantásticas e as receitas então nao tenho nem palavras.
Meu estomoga já esta roncando e depois de olhar a cor desse molho de café com o filé e essas batatas marravilhosas...........
ai, bjus, bjus, bjus
parabéns pela dupla dinâmica!

Karla Coelho disse... [Responder comentário]

UAU!!!! Adorei o post e as imagens me deram foooome... vou fazer essa batata certeza... só tenho medo de errar e a batata ficar salgada demais... nunca vi tanto sal grosso... mas deve dar certo né? hahaha Elas ficaram liiiiiindas e parecem gostosíssimas!

Beijokas!

Luiza Coelho disse... [Responder comentário]

Eu amo cozinhar... amo mesmo!!!
Sou vegetariana mas gosto de todas as receitas porque sempre aprendo sobre alguma coisa: tempero, um molho, um truque! Nessa receita o que mais me chamou atenção foi o coadjuvente: dona Batata que leva um murro e ainda fica bonita e mantém a classe!
Uau, como disse a Karlota aí em cima... vamos testar!
Beijos e bom findi!

Driks Barreto disse... [Responder comentário]

Nossa que receita diferente!!!!Nunca imaginei filé com café,deve ficar divino!!!acompanhado com um bom vinho...ai me deu até fome!rs
E essas batatas???Eu amo batata!!!rs Ótimo convite Katia,sua amiga é surpreendente!!!Bjs e ótimo domingo!
www.badulaquesdadriks.blogspot.com
www.momentosdadriks.blogspot.com

Isabela Kastrup disse... [Responder comentário]

Kátia, que receita maravilhosa, realmente me parece divino. Confesso que não levo muito jeito para cozinhar, mas ultimamente ando com vontade de preparar umas surpresinhas gastronômicas para o meu marido, rs. Com certeza vc e este blog serão ótimas fontes de inspiração.
Tenho que falar uma coisa; de todos os blogs que visito, o teu está no topo da minha preferência.
Beijos 1000
Isa

Astrea disse... [Responder comentário]

Bonfa, que receita deliciosa, ameeeeeeeeeeeeeiiiiii. Seu blog está cada vez mais lindo, e adorei sua festa de outono, parabéns. Bjka, querida.Téia.

Astrea disse... [Responder comentário]

Bonfa, que receita deliciosa, ameeeeeeeeeeeeeiiiiii. Seu blog está cada vez mais lindo, e adorei sua festa de outono, parabéns. Bjka, querida.Téia.

Astrea disse... [Responder comentário]

Bonfa, que receita deliciosa, ameeeeeeeeeeeeeiiiiii. Seu blog está cada vez mais lindo, e adorei sua festa de outono, parabéns. Bjka, querida.Téia.

Claudia disse... [Responder comentário]

Humm, isso tem jeito de ser bom. Adorei a combinação inusitada.

beijos

Related Posts with Thumbnails