segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Um dia de excursão aos castelos do Vale do Loire na França

Bom dia, pessoal!!!! Sei que o local que ganhou a votação da enquete “VIAGEM: quais desses lugares você gostaria que ganhassem um post em breve?” não foi o Vale do Loire e seus castelos, e sim Cancun, a linda cidade mexicana com famosas praias banhadas pelo mar azul clarinho da riviera maia…

Então o que será que essa postagem está fazendo aqui hoje?

Bom, ela faz parte de mais uma surpresinha que andei preparando nas férias do blog e postarei aqui na quarta-feira. Por causa da novidade, resolvi promover a SEMANA DA FRANÇA no Casos & Coisas da Bonfa

Sendo assim, todas as publicações dessa semana tem a ver com o lindo país cuja língua admiro muito e aprendi de forma auto-didática durante dois anos. Se sei falar francês? Muito pouco e tudo errado, rsrsrsrs! Mas consigo me fazer entender e leio bem.

Essa viagem foi realizada em 2008, logo após nosso passeio pelos países escandinavos e, já que havia uma escala obrigatória em Paris, pensamos em aproveitar a oportunidade para visitar os famosos castelos do Vale do Rio Loire, que ficam em pequenas e chamosas cidades no interior da França.

Contratamos uma excursão que saía da capital bem cedinho (porque lembro que o sol nem havia aparecido), conhecemos 3 castelos e só retornamos à noite. Ficamos cansados, mas com gostinho de “quero mais”, ou melhor, com gostinho de “temos que voltar algum dia e explorar TOOOOODO o interior da França e esses lugares fenomenais!!!!”.

Nossa primeira parada foi o Château de Chambord, o maior e mais famoso entre os castelos da região, que tem estilo renascentista. Dependendo do dia da semana e da época do ano, o roteiro muda e os castelos abertos à visitação não são os mesmos. Por esse motivo, é bom fazer uma consulta prévia.

Pessoal, como fizemos essa viagem há 3 anos, não lembro de muitos detalhes e recorri ao seguinte site em busca de informações históricas e estruturais/arquitetônicas:

http://www.viagensimagens.com/

Portanto, decidi escrever esse post assim: o que estiver em negrito na cor rosa é texto retirado do site (com a devida autorização dos simpáticos Douglas e Regina) e o que estiver em preto são minhas considerações, OK?

Para erguer Chambord foram necessários 1800 homens, trabalhando durante vários anos. O terreno do palácio, incluindo os bosques à sua volta, cobrem uma área de 5.500 hectares, e o prédio mede aproximadamente 160 metros de comprimento por 120 metros de largura. Ao todo são 440 aposentos, 14 grandes escadarias, 70 escadas menores, e 365 lareiras. Como se não fosse suficiente, Chambord ainda teve seu projeto elaborado em parte por Leonardo da Vinci. A foto superior mostra a fachada principal de Chambord.

O local já era um ponto freqüentado pelos nobres devido à boa caça existente nas florestas daquela região. Foi quando o rei François I teve a idéia de construir um palácio suntuoso, à altura de sua grandiosidade e reinado. As obras começaram em 1519, e vinte anos após, a maior parte já estava concluída.

Quando eu vejo as fotos onde apareço em frente às fachadas é que tenho a noção de como essas construções são gigantescas!!!! Vocês imaginam o que era morar em um lugar assim?Eu não faço ideia! A quantidade de cômodos, peças e serviçais para manter essa estrutura funcionando era absurda!!!!

Na sacada onde tirei a foto acima, as damas podiam caçar, usando falcões treinados para buscar as presas, enquanto seus maridos iam à caça nos arredores do castelo.

As fotos das camas são interessantes porque, anos depois dessa viagem, ao conhecer outros castelos, descobri por meio de um guia especializado que muitos nobres da época dormiam sentados!!!! É por isso que algumas camas eram tão pequenininhas.

Em seguida, partimos para o Chatêau de Chenonceau. O castelo é fantástico ao nível do solo, mas é mais bonito ainda visto do céu. Só dá pra ter essa perspectiva sobrevoando o local de helicóptero ou de balão e deve valer muito à pena!!!!

Durante o reinado de François I, a propriedade foi comprada por Catharine Briçonnet, que determinou que fosse tudo demolido, com exceção da torre. Foi então construído um novo castelo sobre as fundações da antiga mansão. Mas os custos foram altos, e como a família não podia pagar seus débitos, a propriedade acabou sendo vendida para o rei. Em 1547, no reinado de Henrique II, este deu a propriedade de presente para sua amante, Diane de Poitiers, que tratou de contratar um arquiteto para aumentar sua nova casa, mandando inclusive construir uma ponte sobre arcos, ligando a mansão à outra margem do rio. Foi ela também quem projetou os jardins, vinhedos e uma série de outras melhorias.

Em 1559, com a morte do rei Henrique II, Catarina de Medici, sua mulher, botou a amante para fora de Chenonceau, mas gostou do que ela tinha feito, e resolveu dar continuidade às obras. Mandou então construir um novo aposento, exatamente em cima da ponte construída por sua rival. Este imenso salão sobre o rio, com dois andares e 90 metros de comprimento, passou a ser conhecido como Grande Galeria, e iria se tornar a marca registrada do castelo.

Que barraco, hein? Mas pelo menos Catarina e Diane tinham o mesmo bom gosto, rsrsrsrs!!!!

Catarina de Medici aumentou ainda mais os jardins e parques do palácio, fazendo da propriedade um ponto concorrido por suas festas famosas para a sociedade da época. Quando a rainha Mary Stuart visitou a França, em 1560, Catarina de Medici lhe preparou em Chenonceau uma recepção com 1000 pessoas que durou vários dias, contando com apresentações teatrais, pintores para registrar o evento, poetas e muita música.

Gente, os jardins são realmente belíssimos e mudam bastante conforme as estações do ano. Ainda bem que fomos no início do outono, quando ainda era possível  ver algumas flores.

Talvez a única coisa frustrante sobre este local é que, para apreciar plenamente a beleza de seus jardins um visitante teria que estar a bordo de um helicóptero ou coisa parecida. Os franceses sempre foram excelentes mestres de jardinagem, mas o conjunto da obra, infelizmente, não pode ser adequadamente apreciado do nível do chão.

Loire

A foto acima foi retirada do seguinte site: http://www.labelleinfrance.com/2011/04/the-loire-chateaux/ e mostra a vista aérea do castelo. Lindo demais, né????? Um passeio de helicóptero ou balão por essas bandas deve ser uma experiência inesquecível e perfeita para uma lua-de-mel super romântica!!!!!

Após a morte de Catarina e o assassinato de seu filho Henrique III, o Castelo se tornou propriedade de sua mulher Louise De Savoie. As festas então acabaram, o castelo passou a viver numa permanentemente atmosfera de luto, entrando a seguir num período de decadência e abandono. Depois de muitos proprietários, foi apenas no século 18, até ser comprado por Mme. Dupin, que Chenonceau voltou a florescer, quando tornou a receber hóspedes célebres, como Voltaire e Rousseau.

Aí está o Marcelo no mini-labirinto de Chenonceau. Não dá pra se perder de verdade, mas é divertido brincar aqui…

Agora vamos falar sobre as cidades que abrigam esses castelos? Ah, gente… essa é aparte que mais gosto!!!!! Paris é linda, é monumental e é considerada a cidade mais romântica do mundo, mas… não tem o charme do interior do país!!!! Sei que minha opinião é polêmica, mas tendo nascido e crescido no Rio de Janeiro, uma grande metrópole assim como a capital francesa, eu sempre me senti fascinada por cidades pequenas e tranquilas. São esses recantos aconchegantes e pitorescos que mais me encantam quando viajo. Lixo na rua? Nem pensar!!!! Confiram nas fotos a seguir.

Vejam quantas flores existem nos canteiros da calçada da pizzaria LE PINOCCHIO, que fica do lado oposto ao Château de Cheverny!!!!!

Entrada do Château de Cheverny

 

Elegante e simétrico, o Château de Cheverny é pequeno se comparado com outros castelos da região, mas sua decoração interior é extremamente luxuosa.

Adorei passear pelos jardins do castelo e avistar árvores com folhas em tons de laranja queimado bem vivas no início do outono!!!!

Ah, finalmente era permitido fotografar quase todo o interior de um castelo e aproveitei para registrar os cômodos que mais me agradaram…

Sempre me encanto com a minunciosidade das pinturas em tetos e paredes: observem a riqueza de cores e detalhes!!!!!

Amei esse quarto de brincar e os cavalinhos que adoraria ter tido quando era criança, rsrsrsrs!

Os aposentos foram redecorados muitas vezes e o castelo mantém a última intervenção em exposição.

DSC00286

Nada mal ter algumas pinturas originais do Van Gogh em casa, né?

Enfim, essa excursão de um dia aos castelos foi uma experiência interessante que recomendo pra quem já conhece bem a capital francesa, mas para quem vai a Paris pela primeira vez e dispõe de menos de 5 ou 6 dias, acho melhor se concentrar na cidade que oferece diversas opções de cultura e lazer.

O ideal mesmo, na minha opinião, é alugar um carro e ir passeando pelo interior do país, sem hora pra terminar a visita aos castelos, e poder conhecer um pouco da vida tranquila das cidades pequenas e chamosas que abrigam essas construções gigantescas, incluindo visitas a vinícolas e bistrôs pitorescos. É o que pretendemos fazer algum dia… e espero que ele não demore muito a chegar!!!!!

Um grande beijo e VIVE LA FRANCE com liberdade, igualdade e fraternidade pra todos!!!!!

Bonfa ass

38 comentários:

Flávia Mergulhão disse... [Responder comentário]

Menina,
Vc sabe que ontem maridão perguntou pra mim se eu estava com saudades da França...respondi que se pude$$e pegava o primeiro vôo...devem ser os preparativos para o nosso "après-midi"...entrei no clima total! Tô até ouvindo Edith Piàf!! rsrsrs
Lindas imagens!
Um beijo grande e boa semana!

Bia Jubiart disse... [Responder comentário]

Bom dia Bonfa!

Gostando de viajar com vc... Amei a sua narrativa!

Nossa é tanta coisa na lista que desejo ainda fazer... acho que a Europa só em 2013..

Atualmente estou imersa na cozinha francesa. Só lendo...

Uma semana luz p/ vcs!

Beijossssssssss

Elza Carrara disse... [Responder comentário]

Katia, meu sonho é conhecer um castelo, portanto me senti viajando com você, rsrsrs
E que jardins são esses? belíssimos e bem cuidados.
A França é mesmo um encanto :)
Bjs e uma boa semana pra vc.

Feito a Mão disse... [Responder comentário]

Lindona, obrigadíssima por este presente!!!!!!!!!

Viajo na quinta, mas não perco esses posts por nada nesse mundo. Na sexta darei um jeito pra ler, nem que seja no hotel, à noite.

Tô com frio na barriga! Melhorei da virose, mas agora ela atacou o intestino. Viajar com diarréia não é nada agradável... Estou tomando soro caseiro.


Um grande abraço e mil beijinhos!!!

Patricia Merella disse... [Responder comentário]

Katia
Eu concordo com você,Paris encanta sempre,como voce sabe,depois de viver a Portugal vivo na região da valonia na Bélgica,menos de 3 horas de Paris,amo visita-la,mas os interiores da França é sempre encantador, as vezes faço compras em Gognies-Chaussée (é mas barato que cá) fica a 30 km de cá de casa e já é França.tudo tão lindo,limpo,florido,povo educado,gentil...que lindas imagens Kátia,ainda n conheço,vou guardar para visitar qualquer dia.
Bjkas

Nathalia disse... [Responder comentário]

Ai Katia, eu suspiro com QUALQUER COISA relacionada à França... Tenho fé em Deus que em breve meus pézinhos pisarão esse lugar tão lindo e mágico...

Beijo!

Telma Maciel disse... [Responder comentário]

Eu AMO castelos!!! Mas nunca fui em um... Amei essas fotos, me surpreendi, apaixonei!
Agora, sobre os nobres que dormiam sentados, deve ser pq ficavam com um olho no peixe e outro no gato... deviam dormir com espadas ou qquer outra arma do lado tbm rs
Beijos!

Juliana Wecki disse... [Responder comentário]

Hum, fiquei curiosa para saber como vocês contrataram esse passeio de um dia... Foi no próprio hotel? Bjs!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

Oi, Juliana! Infelizmente eu demorei muito pra fazer esse post e não lembro do nome da empresa, mas a gente nunca contrata as excursões do hotel. É melhor e mais barato pesquisar em sites tipo o www.tripadvisor.com. antes de viajar, que te dá muitas opções e críticas sinceras de viajantes sobre a qualidade dos serviços!

Claudinha, eu já viajei com dor de barriga e tive que usar uma fralda geriátrica, que mico!!!!! Fiquei com uma bunda enooooorme, rsrsrsrsr! Na verdade, a fralda foi uma opção minha e se mostrou desnecesséria, mas eu estava morrendo de medo de pagar mico durante o voo, rsrsrsrs!

Obrigadíssima pelos comentários, meninas! A França é realmente um país encantador e foi uma pena estar com tanto sono e dormir durante a maior parte do lindo percurso!!!!!!!

Um beijo enorme e uma ótima semana!!!!

Angela disse... [Responder comentário]

A-D-O-R-O os posts de viagem!!

Milena disse... [Responder comentário]

Você queria o cavalinho eu quero a cadeira de alimentação de bb.Estou louca para achar uma dessas,antigas para o Felipe.
Minha mãe também prefere conhecer o interior!!!
E como sempre,acabei de desembarcar de outra viagem!
A propósito,adoro essas histórias de rainhas,acho essas mulheres espetaculares!

bjs

Blog da cozinha disse... [Responder comentário]

Kátia, que maravilha hein?
Ano passado passei duas semanas rodando pela Bretanha/Normandia e Vale do Loire, com namorado e sogros. Fomos no início de novembro e plha, nem parece que visitei os mesmos castelos das suas fotos. Não demos sorte com o tempo e SÓ CHOVEU, juro, acho que das duas semanas só passamos dois dias sem chuva. Não sei se foi porque essa viagem foi logo que voltamos das férias de um mês no brasil (tipo uma semana) e eu estava com saudades da minha casinha e do meu gatinho preto, ou a chuva, ou o que, mas tirando um ugar ou outro não curti não...
Chegou uma hora que tava louca pra viagem acabar. Mas acho que foi azar mesmo, porque vendo essas fotos dá vontade de dar uma segunda chance. Quem sabe com um passeio de balão, né?

Ah, a cobal que frequentamos é a do Humaitá (the very best one)! O escritório do Marcelo fica em frente, então sempre saíamos pra almoçar lá e também pro happy hour! ;) Vamos nos encontrar sim, estarei no brasil de meados de dezembro a meados de janeiro, se estiver por aí já considere marcado! Eu com certeza vou bater ponto no acarajé do baiano ali na marques com capistrano!
Combinamos por e-mail quando estiver mais perto!
Beijos

Day - Papel de la Musique disse... [Responder comentário]

Bonfa, que soooooonho! Eu quero! Nossa, um mergulho cultural! Espero conhecer, mas antes quero visitar os países onde são falados idiomas que eu falo: Inglaterra, Portugal e Espanha! Depois Itália e, se der tempo ainda nessa vida (ahahaha) França! :)

beeeeeeeeijos lindona!

wcampelo disse... [Responder comentário]

Você sabe que eu sou suspeito pra falar da França, né? Ainda mais tendo conhecido 10 castelos! Visitei Chambord e também Chenonceau, mas não conheço (ainda) Cheverny. Uma opção interessante (pelo menos para mim foi) é ficar hospedado na cidade de Tours — que é considerada a "capital" do Vale do Loire — de onde é possível visitar vários castelos. Existem umas vans que fazem diversos trajetos, e os turistas têm liberdade para voltar nelas ou não. Há também a opção de visitar os castelos alugando bicicletas. Quem tiver o passe de trem poderá visitar quase todos os castelos, pois há estações na maioria das cidadezinhas. Além dos castelos que você citou eu sugiro estes: Amboise, Blois, Azay-le-Rideau, Ussé, Chaumont e claro, Villandry!

Sheila Mendes disse... [Responder comentário]

Oi Kátia, tudo bem?
Estou aqui sem palavras pra descrever tantas imagens lindas que acabo de ver.
Como disse a Elza, me senti viajando contigo. Esses castelos são um espetáculo, espero mesmo que um dia eu tenha a oportunidade de conhecer um lugar tão bonito assim.
Bjos.

Bia disse... [Responder comentário]

Adorei a história das camas pequenas pq os nobre dormiam sentados. Vai entender ... rsrs
Bj

Deia disse... [Responder comentário]

Olá! Estou chegando aqui via Bicha Fêmea e gostei muito da sua semana especial França!! Gosto bastante dessa terra, já me aventurei algumas vezes por lá e sempre volto com esse mesmo gostinho de quero mais! Suas fotos estão lindas e o sorriso no rosto não deixa dúvida: esse passeio foi muito especial mesmo! Um beijo, Deia.

Executiva de Panela disse... [Responder comentário]

Katia, que castelos espetaculares! Nem imaginava que havia algo assim tão lindo. Amei suas fotos! Bises, Paula

Rejane Abreu disse... [Responder comentário]

Oi Kátia!
Adoro suas dicas de viagens. Fico morrendo de vontade de visitar tuuuudo. Paris é um sonho antigo, e também quero conhecer o interior do País, pois acredito ser ainda mais charmoso...

Adorei o post. Parabéns.

Bjssssss

Mania D' Marie disse... [Responder comentário]

Não sei nem o que te dizer,um lugar mais encantador que o outro,adorei
Cheiro!!

Anna Catharina disse... [Responder comentário]

Tudo lindo! E tô contigo, o interior pode mesmo se revelar muito mais interessante que as grandes cidades, mas é um preço que pagamos qdo viajamos com pouco tempo e pela 1a vez a um local, não é? Brinco com meu marido que tô cansando de fazer "turismo pelas capitais", rs!
Beijos!

Marina Mott disse... [Responder comentário]

Que fotos incríveis!! Adorei a reportagem!! Beijo grande!

Heloísa disse... [Responder comentário]

Kátia,
Que post mais lindo. Adoro a França e, há algum tempo, também visitei alguns castelos do Vale do Loire.
O difícil é voltar, porque sempre há outros lugares que também queremos conhecer.
Como sempre, lindas as fotos.
Beijo.

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

Helô, eu concordo plenamente com vc!!!!! Mesmo querendo muito conhecer o interior do país, é difícil voltar quando há tantos lugares diferentes no mundo pra conhecer!!!!! Aí essa viagem acaba indo para o décimo lugar na nossa lista de prioridades... Mas um dia a gente volta!!!! E eu venho relatar essa aventura aqui! Beijão!

Arte&Reciclagem, ReceitasSaúde e ReciclagemdasLetras disse... [Responder comentário]

Amei seu post. Sou como vc, tb adoro as cidades pequenininhas e cheias de charme. Parabéns !

Regina Fatima disse... [Responder comentário]

Katia e Helo concordo com vcs, difícil é voltar... amo estes castelos, são maravilhosos, mas já estou programando uma viagem e a Europa e com certeza vou incluir Paris e o vale Loire. Sugiro alugar um carro e seguir até o sul da França passando por cidades medievais Maravilhosassss!!!

Bruna do Gourmandisme disse... [Responder comentário]

Kátia, que delícia de post! Estou aqui babando pelos castelos. Mas como vc, tenho uma quedinha pelas cidades pequenas e fofas. A vontade é de comprar uma passagem agora para a França!!! beijos e parabéns pelo post!

Marta disse... [Responder comentário]

Lindo demais! E as flores? Lindamente encantador cada jardim!
Não conheço essa parte da França, mas só pelas fotos já fiquei encantada. Nesses lugares devemos nos cansar mesmo.. é tanta históricas, tantos monumentos importantes....
Beijos

Luana Rodrigues disse... [Responder comentário]

Eii Kátia, q coisa mais linda! A França é uma das minhas paixões e tenho sonho de conhecer Paris claro, mas essas cidadezinhas do interior tb!!!! Tenho a impressão que a essencia da França se conhece nessas cidades. Quem sabe um dia...
Lindas fotosss... amooo castelos... espero um dia vê-los de pertinho!

bjs

Luana Rodrigues disse... [Responder comentário]

Eii Kátia, q coisa mais linda! A França é uma das minhas paixões e tenho sonho de conhecer Paris claro, mas essas cidadezinhas do interior tb!!!! Tenho a impressão que a essencia da França se conhece nessas cidades. Quem sabe um dia...
Lindas fotosss... amooo castelos... espero um dia vê-los de pertinho!

bjs

Fla disse... [Responder comentário]

Kátia, que delícia de post. Ano que vem eu e marido estaremos lá, se Deus quiser!
=)
Beijos

Cucchiaio pieno disse... [Responder comentário]

Querida Katia
Nao sei se ja' viu la' no blog, mas tenho fixação por castelos!
Ja' fui em muitos aqui, mas dizem que os da França são os mais lindos do mundo.
Belíssimas fotos.
Um abraço
Léia

Luci Cardinelli disse... [Responder comentário]

Desde ontem quando vi seu tweet que queria vir aqui ver tudinho. Sou apaixonada pela França desde a adolescência e nem sei explicar isso. Ir lá foi um sonho e amei conhecer o Vale do Luar.
Lindas suas fotos e deu prá eu matar um pouquinho as saudades.

Nem preciso dizer que apaixonei pela preparação do encontro "francês" né? E foi parceria perfeita vc e a La Pomme.

beijos e ótimo dia!!

Menina Arteira disse... [Responder comentário]

Oi Katia, já que ainda não posso ir à Paris, eu viajo com você...ai...ai...ai...Lindas fotos, lindas descrições...é um sonho! Bjks

Gizelle disse... [Responder comentário]

Maravilhosas suas fotos. Eu e meu noivo gostaríamos de passar a lua de mel em Paris, mas nos casaremos no inicio do inverno deles e desistimos devido ao frio. Agora estamos pensando em Cancun, tem alguma dica?

Bjsss
http://noivaparacasar.blogspot.com/

Katima disse... [Responder comentário]

Quanto carinho!!
É muito bom receber pensando em todos detalhes, pois o momento fica ainda mais gostoso.
Beijos,Kátima.

Claudia Liechavicius disse... [Responder comentário]

Hum!!! França. Acabei de voltar. Estou por aqui outra vez e fiz na semana passada um post chamado Retratos da França. Vamos nos falar.
Beijo
Claudia

Angela disse... [Responder comentário]

No final de abril vou para Bordeaux e arredores e passei por aqui para buscar dicas. Infelizmente acho que não conseguirei ir até o Vale do Luar... Bj

Related Posts with Thumbnails