segunda-feira, 2 de julho de 2012

Resumão das férias na Turquia – Parte 1 (Selçuk): o Templo de Artemis, a cidade de Éfeso e a Basílica de São João

20120416-155

A Biblioteca de Celsius, cartão-postal do Éfeso

20120416-035

O maior anfiteatro da Antiguidade

20120416-100

Alto relevo de Nike – deusa grega da vitória

No interior da Turquia (Selçuk, Pamukkale e Capadócia) fomos recebidos de forma muito calorosa. O povo lembra o brasileiro pela simpatia, informalidade e prestatividade. Ah, e também por causa da paixão pelo futebol!!!! Quando descobriam a nossa nacionalidade, o assunto surgia imediatamente. Não tivemos nenhum problema com a comunicação porque todo mundo falava inglês e a sinalização era sempre bilíngue.

20120415-007

Depois de 8 dias na Rússia, pegamos um voo da Turkish Airlines para Istambul, onde fizemos conexão para Izmir. Do enorme aeroporto de Istambul, saem voos para o mundo inteiro e eu acho super interessante observar tantas etnias diferentes em um só lugar. Antes de pegarmos a conexão, tivemos algumas horas livres e aproveitamos para experimentar a cerveja local pela primeira vez. A EFES (Éfeso em turco) é uma pilsen clara e um pouco mais amarga do que a que estamos acostumados a encontrar no Brasil. A infraestrutura do aeroporto é ótima e a praça de alimentação onde ficamos oferecia uma boa variedade de lojas e restaurantes.

20120415-010

Gente, eu não pude deixar de registrar o curioso lanchinho servido no voo Istambul-Izmir. Foram somente 45 minutos de viagem, mas fomos muito bem alimentados com um farto sanduíche de peru, queijo, tomate e pepino acompanhado por saladinha de berinjela. A sobremesa foi uma deliciosa mousse de chocolate com banana. As comissárias de bordo da Turkish Airlines foram as mais rápidas e eficientes que já encontrei e a companhia aérea foi eleita a melhor da Europa em 2011.

20120415-012

De Izmir, pegamos um trem muito confortável que nos deixou em Selçuk, nosso primeiro destino na Turquia. A viagem durou cerca de uma hora.

20120415-023

Selçuk é uma cidade pequena e pacata que me fez lembrar de alguns lugares que conheci no interior do Brasil.

20120416-290

Decidimos dormir na cidade porque ela está situada a somente 2 km das ruínas de Éfeso, uma das maiores atrações turísticas da Turquia.

20120415-022

Durante o dia, suas ruelas limpas e aconchegantes ficam praticamente vazias porque os turistas estão conhecendo as atrações que ficam nos arredores da cidade. Nos cafés tradicionais, só havia homens que bebiam chá e jogavam gamão. Não vimos mulheres nesses lugares, mas não creio que a entrada delas seja proibida, talvez só “pegue mal” ser vista por lá.

20120415-029

Como só havíamos comido no avião, decidimos “almojantar” por volta das 18 hs. Circulamos a região de maior concentração de bares e restaurantes e percebemos que vários deles exibiam uma plaquinha com a recomendação do GUIDE DU ROUTARD, um guia para mochileiros/viajantes franceses e, aparentemente, um selo de qualidade também. Infelizmente, não lembro o nome do restaurante onde comemos, mas foi uma das melhores refeições que fizemos nessa viagem. Depois de provar várias comidinhas insossas na Rússia, com algumas exceções, na Turquia descobrimos uma explosão de sabores!!!! O Iskender Kebab foi o primeiro prato que provamos, aprovamos e repetimos mais tarde em outras oportunidades. Trata-se de fatias finas de carneiro servidas com molho de tomate fresco, iogurte e pão pita cortado em tiras. Nesse caso, o prato veio com batatas fritas do tipo chips misturadas à carne.

Os charutinhos com queijo (Sigara Böreği) estavam gostosos, mas eu preferiria que tivessem mais recheio…

Ah, essa pastinha de azeitona, alho e iogurte estava sensacional e fechou nossa refeição acompanhada de pães quentinhos.

20120416-002

Dormimos cedo e, no dia seguinte, partimos em direção ao Éfeso, passando antes pelo Templo de Artemis, uma das 7 maravilhas do mundo antigo construído no século VI A.C.

20120416-008

Infelizmente, no local onde havia o imponente templo, hoje resta uma só coluna com destroços empilhados. Alguns pássaros contruíram um ninho bem no topo dela e não parece haver muita preocupação com a preservação das ruínas.

20120416-010

Porém, algumas esculturas e objetos encontrados na área estão expostos no BRITISH MUSEUM, em Londres. De lá, continuamos nossa caminhada em direção ao Éfeso.

20120416-018

Éfeso foi uma cidade greco-romana da Antiguidade situada na costa ocidental da Ásia Menor. Durante o período romano, foi por muitos anos a segunda maior cidade do Império Romano, apenas atrás de Roma, a capital do império. Tinha uma população de 250 mil habitantes no século I a.C., o que também fazia dela a segunda maior cidade do mundo na época.*

*Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%89feso

20120416-050

Detalhe de inscrição em bloco de pedra

20120416-058

Restos de colunas, cornijas e outros ornamentos

20120416-060

Detalhe de uma ânfora esculpida em alto relevo

20120416-028

O Anfiteatro com capacidade para 25 mil espectadores está em ótimo estado de conservação, considerando que existe há mais de 2 mil anos e era o maior teatro do mundo na época.

A Rua do Porto é a principal passagem e entrada da cidade. Segundo os livros de história, Éfeso recebeu visita do imperador Marco Antônio e da rainha Cleópatra, que entraram no complexo por essa via.

20120416-164

Segundo um folheto que recebemos na entrada do Éfeso, o local é considerado a segunda cidade da antiguidade mais bem preservada do mundo. A primeira é Pompéia, que fica na Itália. Exploramos a atração durante mais ou menos 3 horas e o lugar mais espetacular, na minha opinião, é a Biblioteca de Celsius.

A construção foi concluída em 135 D.C. e é a principal atração da cidade. O prédio impressiona pela gigantesca fachada em mármore, que chegou a abrigar 12 mil rolos de papiros. Ostenta colunas com dez metros de altura e possui algumas cópias das estátuas originais, que estão expostas no Museu de Éfeso, em Viena.

20120416-072

Segundo fontes históricas, Alexandre, o Grande, Cleópatra, Virgem Maria, Izabel, São João e São Paulo foram algumas das “celebridades da antiguidade” que passaram por Éfeso.

Fotografamos a biblioteca dezenas de vezes em diferentes horas do dia e descobrimos que o melhor período para visitá-la é durante o almoço, já que a maioria dos turistas prefere fazer parte de uma excursão. Enquanto o pessoal almoçava, passeávamos tranquilamente pelo local, que fica bem mais vazio entre meio dia e duas horas da tarde.

20120416-141

Na imagem acima, vocês podem ver o Templo de Adriano, uma das estruturas mais bonitas e bem preservadas do Éfeso. Sua fachada possui quatro grandes colunas que sustentam um belo arco ornamentado.

20120416-147

Detalhe das figuras esculpidas no interior do Templo de Adriano

Havia latrinas públicas na cidade e eu acho engraçado imaginar as pessoas sentadas umas ao lado das outras fazendo suas necessidades e batendo papo ao mesmo tempo… Aliás, descobri por meio DESSE SITE, que os ricos mandavam seus escravos aquecerem as pedras da latrina antes de se sentarem nelas… curioso, né?

20120416-105

Templo de Domiciano

20120416-092

Detalhe das colunas próximas aos Banhos Escolásticos

20120416-137

A partir desse deck de madeira, é possível ver boa parte da cidade antiga.

O Odeon é um anfiteatro menor e tinha dupla função, sendo usado para abrigar performances musicais e encontros do Senado.

Vista do topo do Odeon

20120416-130

Ah, como eu adoro flores de cerejeira! Achei lindo esse contraste do tom rosado com as ruínas acinzentadas!!!!

A última atração que visitamos no Éfeso foram as “Terrace Houses”, um complexo fechado cuja visita é paga à parte. Trata-se de uma série de casas que pertenciam a pessoas abastadas. É interessante observar como eram divididos os cômodos e quais eram os objetos decorativos usados entre os séculos I A.C. e 7 D.C.

Uma extensa passarela de vidro guia o visitante entre as ruínas das casas que, em sua maioria, possuíam dois andares.

Com o tempo, o segundo andar ruiu, mas o primeiro permaneceu bem preservado. Todas as construções possuíam um pátio interno e o andar térreo era ocupado pelas salas de estar e de jantar. O andar superior era destinado aos quartos dos moradores e dos hóspedes. Adorei poder reparar nos detalhes de pinturas das paredes e nos “tapetes” de mosaico incrustados nos pisos.

O que mais me impressionou foi descobrir que as casas possuíam um sistema de aquecimento feito por meio de tubos de argila que corriam por baixo do piso e por trás das paredes carregando ar quente. Sendo assim, essas residências eram abastecidas tanto com água quente como fria. Isso devia ser bem chique na época, né?

Detalhe das padronagens dos pisos, feitas em mosaico

Na saída do Éfeso, assim como em qualquer outra atração turística, havia várias lojas de souvenirs. O mais interessante foi perceber que bolsas, óculos, lenços e relógios de grife falsificados eram exibidos sem o menor constrangimento.

Achei essa placa super divertida: GENUINE FAKE WATCHES, como assim? Traduzindo: Relógios genuinamente falsos??????

Em seguida, fomos visitar a caverna dos Sete Dorminhocos (Seven Sleepers).

Segundo uma antiga lenda, sete homens foram acusados de praticar o cristianismo durante as perseguições religiosas do imperador romano Décio, por volta de 250 D.C. Apesar de terem tido a chance de negar sua fé, os homens preferiram doar todos os seus bens aos pobres e se refugiaram em uma caverna para rezar, onde dormiram um sono profundo. O imperador soube da notícia e mandou que seus soldados lacrassem a caverna.

Décio morreu em 251 D.C., séculos se passaram e o cristianismo deixou de ser condenado, passando a ser a religião oficial do império romano. Um belo dia, o dono das terras onde ficava a caverna decidiu reabri-la e encontrou os sete homens acordando de um sono pesado. Para eles, só havia passado um dia, mas estranharam quando chegaram à cidade e viram tantas casas ostentando crucifixos em suas fachadas. Eles foram conversar com um bispo, contaram sua história milagrosa e passaram o resto de suas vidas servindo a Deus. Durante excavações realizadas em 1927, uma igreja e uma série de túmulos foram encontrados nos arredores da caverna, que virou um local de peregrinação.*

*Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Seven_Sleepers

No meio da tarde, paramos para um choppinho e eu aproveitei para experimentar a EFES DARK, versão escura da cerveja local. Não gostei muito porque achei pouco amarga e pouco encorpada.

Para encerrar a programação de visitas do dia, fomos à Basílica de São João, construída pelo imperador Justiniano no século VI, no local onde o apóstolo viveu seus últimos anos e foi sepultado.

Esse painel resume a vida de São João, e por meio dele, descobrimos que Jesus pediu ao apóstolo que cuidasse de sua mãe, a Virgem Maria, e por isso ele a trouxe para Éfeso em 37 D.C. Nós optamos por não conhecer a Casa de Nossa Senhora, considerada um local importante para o turismo religioso.

Além de colunas, arcos e diversos ornamentos, na capela há alguns belos afrescos.

Detalhe de portal com cornija

Detalhe de uma coluna reconstruída

Pia batismal escavada no piso

Túmulo de São João Evangelista

Pausa para tomar um solzinho…

Ouvindo o chamado para a oração vindo da mesquisa de Isa Bey

Vista de Selçuk a partir da Basílica de São João

A fortaleza otomana no Monte Ayasuluk infelizmente estava fechada para visitação, mas sua fachada é bem interessante e possui aquele recorte tipicamente medieval.

De volta ao centro de Selçuk, fotografei essa placa de uma loja de tapetes, que achei super fofa!

Registrei também a roupa de “gosto duvidoso”, digamos assim, da manequim da foto à esquerda, e uma roupinha de príncipe, comumente usada pelos meninos na época de sua circuncisão. Depois de ir à mesquita e recitar as orações, o garoto é levado para casa onde é circuncisado por um médico. Em seguida, permanece entre os convidados que dançam e cantam em honra do pequeno rapaz que se tornou um homem.

Pedimos mais uma vez o Iskender Kebab, porém em outro restaurante. Até pensamos em voltar onde jantamos no primeiro dia, mas como gostamos de variar, escolhemos um lugar diferente.

20120416-304

O prato também estava suculento e veio acompanhado de uma saladinha e de um pedaço de pão quentinho coberto de queijo.

20120416-306

Quando saímos do restaurante, já estava escuro e resolvemos dar uma última volta pela cidade antes de voltarmos ao hotel. Descobrimos essa loja de doces especializada em Baklava, um tipo de pastel elaborado com pasta de nozes, pistaches, avelãs ou gergelim triturados, envolvida em massa folhada e banhada em xarope ou mel, e levamos alguns exemplares para comer no dia seguinte.

20120416-312

E assim terminou nossa primeira aventura na Turquia, que me deixou bem animada e ainda mais ansiosa para conhecer o resto das cidades que estavam no roteiro. Nossa próxima parada foi Pamukkale, o lugar pelo qual me apaixonei à primeira vista quando vi algumas fotos tiradas por um colega de trabalho nos anos 90.

Um grande beijo para todos com votos de muitas viagens inesquecíveis!!!!

Bonfa ass[4]

42 comentários:

O meu pensamento viaja disse... [Responder comentário]

Na sua companhia revisitei a Turquia, para mim uma viagem memorável.
Beijo da Nina

Larissa Banister disse... [Responder comentário]

Bonfa, adoro viajar atraves das suas fotos. Beijos

Malú Holzmüller disse... [Responder comentário]

Nossa que viagem maravilhosa.Ainda nao tive a chance de conhecer a Turquia,mais como aqui em Munique existem vários restaurantes turcos,me tornei uma fanzoca da culinária desse país,amo o sabor apimentado e das especiarias que se destacam nos pratos.Quem sabe nas próximas férias iremos conhecer,amei viajar através de suas fotos.Postagem nota 1.000 !!!

Bjs.

Malú Holzmüller

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@O meu pensamento viaja Oi, Nina! Obrigada! O país é lindo mesmo!!!!! A gente conheceu tanta coisa que acho que essa série de posts vai ter umas 10 partes, rsrsr! Beijão!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Larissa Banister Oi, Larissa! Super obrigada! Viajar é bom demais! Às vezes eu "viajo" também assistindo a programas na TV. A gente aprende tanta coisa, é maravilhoso! Beijão!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Mal� Holzm�ller Oi, Malu! POis é, ouvi falar que tem muitos turcos na Alemanha e lá na Turquia muita gente fala alemão! Vc vai adorar esse passeio, a gente viaja no tempo também! Um grande beijo!

Amore con Cuore disse... [Responder comentário]

Olá Katia , linda viagem como sempre é impossível não viajar junto com vc só pelas suas fotos.

Bjus,

Deborah

Leticia Maia disse... [Responder comentário]

Oiê!!!
Nossa que viagem maravilhosa.
Já guardei o post, pois ainda nao tive esse prazer de conhecer a Turquia, mas quando for... Dicas anotadas!!! Rssss.
Super bjoo

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Amore con Cuore Obrigada, querida! Estou louca pra começar a parte 2. Já separei as fotos, mas o dia bem que poderia ter 72 horas, né? Rsrsrs! Um grande beijo!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Leticia Maia Oi, Leticia! Ah, acho que a Turquia tem atrações para todos os gostos! É um lugar super interessante que vai atrair muitos brasileiros em breve por causa da próxima novela da Glória Perez, que se passa no país! Um grande beijo!

Raquel M.B.G. disse... [Responder comentário]

Muito parecido com a Grécia né? Estou com muita vontade de conhecer, bjs Raquel

Adison Brendo disse... [Responder comentário]

Gente que blog é esse. Muito legal. Busco blog com essa riqueza de informações. Valeu

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Raquel M.B.G. Você tem toda a razão, Raquel! Mas sabe que o Éfeso me impressionou mais do que o Partenon????? Aliás, o Partenon estava cheio de andaimes... não consegui tirar nenhuma foto decente! Um beijão!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Adison Brendo Oi, Adison! Fico feliz que tenha gostado do meu cantinho virtual! Seja muito bem-vindo! Se quiser dar uma olhada em outros posts de viagem, basta clicar no seguinte link:

http://casosecoisasdabonfa.blogspot.com.br/p/viagens-da-bonfa.html

Um grande beijo e boas viagens!!!!

Angela disse... [Responder comentário]

Inesquecível, hein?
Lindas fotos, ótimo relato!
Espero voltar a esse post um dia para programar minha ida! ;)
Beijo

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Angela Angelita, que saudades! Eu lembrava de vc em todos os cantos da Turquia! Vc vai amar essa viagem e trazer muitas coisas lindas pra casa! Biejão!

Joaninha Bacana disse... [Responder comentário]

Que fofa a apresentacao do lanche do vôo Istambul-Izmir. E foi mesmo um montao para um vôo de 45 minutos: cia área querida essa :-)
Adoooooro Sigara Böreği, tem um restaurante em Aachen que faz super bem :-D Nhac-nhac!
Impressionante o prédio da biblioteca!
Legal a dica sobre o fluxo de turistas no local: é tao bom ver um lugar quando ele está vazio, na paz e na tranquilidade, nao? :-)
Adorei a foto da pausa para tomar um solzinho :-D
Beijocas, e boa semana! Angie

Daniella disse... [Responder comentário]

que lindas fotos, me deu até vontade de conhecer a turquia *-* lindo seu blog

Estou divulgando minha lojinha no elo7;
www.elo7.com.br/coresepanos .

Se puder fazer uma visitinha eu agradeço. :D
Obrigada.

Att.

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Joaninha Bacana Oi, Angie! Apesar de alguns tropeços com a nossa marcação de assentos, achei a qualidade do serviço da Turkish um dos melhores que já conheci! O prédio é lindo, né? Sempre via em fotos de divulgação e amei estar ali pra vê-lo de pertinho! Realmente é legal ficar ligado nos horários de menos fluxo porque a gente aproveita bem mais! Um beijão!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Daniella Obrigada, querida! A Turquia é riquíssima culturalmente e tem paisagens naturais de tirar o fôlego! Oba, vou agora mesmo congecer a sua loja! Biejão!

Casar é assim... disse... [Responder comentário]

Oi Bonfa!!

Hummm....essa pastinha de azeitona, alho e iogurte está com uma cara tão boaaa!!!! =)


Adoro essas ruínas históricas...! Acho que já valem a viagem inteira, né?? É muita riqueza que a gente absorve!! O meu marido gosta muito tbm....então acho que a Turquia é um destino bem legal pra gente pensar numa viagem futura!! olha esse anfiteatro e a biblioteca...que legal e lindo!! =)
AH, eu tbm acho as cerejeiras lindas!!

Super interessante a história dos 7 dorminhocos, nunca tinha ouvido falar!

Muito bom esse post, fez despertar em mim uma vontade enorme de conhecer esse lugar...por causa das ruínas!!

Beijos!!!

Gina disse... [Responder comentário]

Kátia,
Taí um lugar que vive no meu imaginário visitar um dia.
Esse tipo de post de viagem é ótimo e corro o risco de me tornar repetitiva dizendo que as fotos estão espetaculares, o colorido é maravilhoso, é um banho de história... Ih, já disse!
Fiz uma pesquisa sobre alimentos que as pessoas não gostam ou não comeriam em hipótese alguma. O resultado foi surpreendente. Publiquei hoje, junto com o novo vídeo do Vinicius, feito para a campanha Ser diferente é normal. Não deixe de ver e dar a sua opinião!
Boa semana!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Casar � assim... Gábi, o Marcelo adoooooora ruínas! As de Éfeso são fantástica, assim como eu imagino as de Pompéia, mas estivemos em muitas ruínas nessa viagem e, confesso, que depois de um certo tempo, acho tudo parecido. Até porque as bem preservadas são minoria e, algumas vezes, de um templo gigantesco, só restam duas pedrinhas... mas acho que tudo vale a pena, principalmente a bagagem cultural e o aprendizado que a gente leva pra casa depois! Um beijão!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Gina Oba, Gina, fico feliz que tenha gostado das imagens! Suas fotos são lindas e vc é uma das minhas referências em fotos de comida! Puxa, fiquei curiosa pra ler seu post de hj, já vou lá! Bjs!

Georgia disse... [Responder comentário]

Katia, estamos indo para a Turquia este mês, mas para regiao de resortes por causa das criancas, estamos longe de Efeso o que eu adoraria conhecer.
Fomos à Side para festejar o meu aniversário no ano passado e adorei visitar as ruinas desta cidade.

Olha, esses pássaros sao cegonhas. Somente elas fazem os seus ninhos tao altos.

Temos um pé de cereja assim no nosso jardim;) Esse rosa é algo que nos fascina, nao é mesmo? Imagino com o contraste das ruinas.

Um grande beijo

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Georgia Que legal, Georgia! Depois quero saber o que achou da região que vai conhecer na Turquia. O país é grande e oferece uma enorme variedade de paisagens para todos os gostos! Ah, obrigada pela informação sobre as cegonhas. Elas realmente são enoooormes!!!! E as flores de cerejeira são super bonitas e românticas! Um grande beijo e ótima viagem!

Pathy disse... [Responder comentário]

Olá Florzinha... Que delícia de viagem hein! Gostei muito do seu blog, tanto q já tô até te seguindo! Dar uma passadinha lá no meu bloguinho, e se quiser me seguir também pode ficar á vontade, pois será um grande prazer ter sua companhia lá!

Beijinhos Carinhosos!
Ana Patricia
http://casinhacorderosapink.blogspot.com.br/

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Pathy Oi, Pathy! Muito obrigada e seja sempre bem-vinda! Vou agora mesmo conhecer seu cantinho! Beijão!

Francy disse... [Responder comentário]

Olá Katia,
Depois da Singapore Airline, a Turkish Airlines é a melhor para mim. Voamos de Amsterdam para Pequim, via Istambul e retornamos Hong Kong via Istambul para Amsterdam... o serviço de bordo muito bom... as ruinas de Efeso parecem a primeira vista com Petra na Jordânia...
Gostamos muito da comida na Turquia.
Os pássaros são cegonhas e aqui no Algarve temos muitas no alto das chaminés...
Essa parte da Turquia onde visitastes, nós ainda não conhecemoss, mas vamos anotar as dicas...
Vamos aguardar as outras publicações...
abs,

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Francy Oi, Francy!!!! Uau, sou doida pra voar pela Singapore, Qatar Airlines, Emirates... uau, quantos lugares no mundo existem pra gente conhecer!!!!! Petra está na nossa lista, a gente até tentou viajar pra Jordânia há alguns anos, mas o Egito estava mais barato, rsrsrs! Obrigada pelo carinho e ótima viagem pra vc!!!! Beijão!

Marta disse... [Responder comentário]

Katita.. que cidade linda!!! Amei a cultura e os monumentos. Fiquei surpresa com a comida do avião!!! Que delícia!!!!
Dizem que a Turquia é linda... tenho vontade de conhecer.. preciso esperar um pouco..rsss
Beijos

Teodoro disse... [Responder comentário]

Lindas fotos! Cheguei de viagem e foi tudo maravilhoso... Na Turquia só fui a Istambul e certamente quero voltar ao país. Beijo!

Teodoro disse... [Responder comentário]

Lindas fotos! Cheguei de viagem e foi tudo maravilhoso... Na Turquia só fui a Istambul e certamente quero voltar ao país. Beijo!

Claudia Liechavicius disse... [Responder comentário]

Katia,
Essa viagem parece ter sido perfeita!!!!
Na Turquia só conheço Efesus. Ainda não consegui conhecer o resto, mas está programado.... breve...

Acho que na Rússia quase nos encontramos. Estivemos por lá na mesma época. Você disse que não comeu muito bem na Rússia. Que pena. Fui a uns restaurantes ótimos lá: Turandot, Café Pushkin, Shinok e até Café Armani achei no GUM para comer Blini de Caviar com Champagne. Curti a comida russa.
Beijos
Claudia

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Claudia Liechavicius Oi, Claudia! Que saudades!!!!! Ah, menina, quando vi que vc esteve lá, pensei que a gente poderia ter se esbarrado mesmo, rsrsrs! POis é, a gente foi em uns lugares bem simples pra comer. O Café Armani eu conheci em Boston e comi uma massa deliciosa lá, mas faz muito tempo, foi em 2004, eu acho. Ah, daqui a duas semanas vou postar sobre Pamukkale, Hierápolis e Artemisias! Ainda estou escrevendo o post... menina, dá um trabalhão, né? Suas postagens são ótimas, completíssimas e cheias de detalhes e fotos profissionais! Seu blog é o que eu sempre indico pra quem vai viajar e quer saber de tuuuuudo!!!! Um grande beijo e ótimas viagens!!!!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Teodoro Oba, vc voltou!!!!!!!!!!!! Agora vou querer saber as novidades dos lugares incríveis por onde passou! Beijão!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Marta Martinha, a Turquia tem muuuuuitas atrações! É um país riquíssimo culturalmente e cheio de história! Dou a maior força pra vc conheceê-la! Beijão!

Tri disse... [Responder comentário]

Oi Kátia,
estou em pleno deleite lendo este post... Não sei se vai lembrar mas faz uns dois anos, quando vcs estavam fazendo uma trip de trem na Europa, eu estava fazendo o mesmo e por pouco não nos esbarramos em Praga, nessa viagem eu descobri um cruzeiro low cost que fazia as ilhas gregas e Éfeso. Foi apenas uma tarde que passei na Turquia fazendo esse passeio, mas foi inesquecível.... ver suas fotos e me transportar para lá de novo. (Ps. temos várias fotos beeem parecidas, muito divertido).
Beijos estalados
Tri

gelma disse... [Responder comentário]

Olá Bonfa,estou amando seu Blog,maravilhoso!!!!Estou montando um roteiro parecido com o seu e gostaria de tirar umas duvidas:
1- De Selçuc até Efeso,vc foi de que?
2-Contratou Guia?Acha necessário?
3- a caverna dos 7 dorminhocos é perto de Éfeso?
Obrigada

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@gelmaQue legal, Gelma! Seja muito bem-vinda!!!!! A gente foi de Selçuk pro Efeso à pé mesmo! Acho que deu uns 4 km e no meio do caminho tem as ruínas do templo de Diana. Não contratamos guia não, o Marcelo geralmente imprime algumas páginas de guias de viagem e retiramos de lá as informações que nos interessam. A caverna é perto dim, também fomos à pé de lá! Um grande beijo e faça uma linda viagem!!!!

Unknown disse... [Responder comentário]

Parabéns pelo blog! Além de escrever muito bem, as fotos são lindas! Também adoro conhecer lugares exóticos e montar meus próprios roteiros e adorei esse da Turquia. Essa é uma viagem que tenho vontade de fazer há muito tempo, mas tenho um certo receio de viajar apenas com uma amiga. Já me disseram que é aconselhável ir acompanhada de um homem... Qual foi a sua impressão? ( vc foi acompanhada, então é diferente..rs). Obrigada!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@UnknownMuito obrigada! Fico feliz que tenha gostado do meu cantinho virtual! Seja sempre muito bem-vinda! Sobre viajar com uma amiga pela Turquia, acho que é bem tranquilo. Viajei com meu marido pelo Egito em 2009 e lá sim, eu ficaria com medo de ir sozinha. Também estive na Tunísia com a minha irmã e meus avós em 2007 e foi tranquilo, mas realmente rola um assédio masculino que pode ser desconfortável. Um super beijo!

Related Posts with Thumbnails