segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Cinco dias em Assunção, Paraguai, no Réveillon: atrações principais, passeio por Areguá e San Bernardino + comprinhas

DSC_2675

Palácio de López

DSC_2680

A última viagem de 2014 foi a mais divertida do ano! Passamos o Réveillon na capital do Paraguai e nos dias que se seguiram aproveitamos para conhecer alguns lugares nos arredores.

Antes de embarcar para Assunção, procurei relatos de brasileiros sobre a cidade, mas infelizmente não encontrei muita coisa e a maioria começava de forma semelhante a esse texto retirado do UOL VIAGEM:

“Esqueça tudo o que você já ouviu falar sobre o Paraguai, sobretudo se o seu destino for a capital do país. Assunção é capaz de frustrar quem ainda acredita que essa cidade de aproximadamente 600 mil habitantes vive apenas de eletrônicos baratos e de DVDs piratas. Há muito a ser descoberto pelo turista que escolhe a região como destino de férias.(…) E é assim que Assunção, tão perto, tão longe, surpreende quem desembarca no Paraguai disposto a levar para casa muito mais do que sacolas.”

Quem me conhece e sabe que gosto de destinos menos procurados pelos turistas em geral, deve ter imaginado como esse tipo de comentário me animou! Uma amiga que tem um perfil de viagem parecido com o meu esteve em Assunção no ano passado e adorou o passeio. Sendo assim, eu já imaginava que essa viagem seria interessante, mas não esperava que eu fosse voltar de lá tão empolgada!

DSC_2676

Área de lazer na Avenida Costanera

É uma pena e um disperdício que muitos brasileiros tenham preconceito com o nosso vizinho. O que me motivou a conhecer o Paraguai foi justamente a falta de informação sobre o país, além da vontade de “desbravar” um território desconhecido. Adoro essa sensação!

DSC_2681

Panteão dos Heróis

Bastam dois ou três dias para conhecer as principais atrações de Assunção. A cidade possui uma boa variedade de museus e centros culturais para atrair o turista que gosta de aprender sobre a história e a cultura dos países que visita. E a maioria deles tem ingresso gratuito. O Panteão dos Heróis é um pequeno memorial em homenagem aos heróis da pátria. Infelizmente a atração estava fechada nos dias que passamos na cidade por conta do feriado de Réveillon. Aliás, tinha muita coisa fechada ou com horários de funcionamento reduzidos nesse período, mas, mesmo assim, acho que o passeio valeu muito a pena!

DSC_3026

Casa do Bicentenário, edifício com uma fachada linda e restaurada no centro histórico de Assunção

DSC_2937

Centro Cultural da República ou El Cabildo

O Centro Cultural de la República ou El Cabildo possui cinco salas com exibições permanentes e temporárias. Construído em 1578 e reformado em 1822 e 1844, o Cabildo funcionou como o órgão administrativo e judiciário da cidade.

DSC_2940

Marcelo apreciando uma exposição de arte em cerâmica

O Centro Cultural da República possui áreas de exposições permanentes dedicadas à história do cabildo (Museo del Cabildo), arte colonial, arte indígena, arte popular (Museo del Barro), música e cinema do Paraguai.

DSC09951

Eu sempre reparo na arquitetura dos museus que visito e gosto de fotografar os detalhes que me chamam a atenção, como a bela estrutura de ferro dessa escadaria antiga.

DSC_2932

O EL CAFÉ LITERARIO é um espaço charmoso e aconchegante localizado perto do centro de Assunção. Não chegamos a entrar, mas gostei do ambiente que reúne livros e comes & bebes e vi que ele tem boas críticas no TRIP ADVISOR.

DSC09942

Catedral Metropolitana de Assunção

DSC09955

Casa de La independencia

DSC09958

A Casa de La Independencia possui grande importância histórica por ter sido a sede das reuniões secretas dos protagonistas da independência paraguaia conhecidos como “próceres de maio”, que ocorreu em maio de 1811.

DSC_2931

A Estación Central de Ferrocarril "Carlos Antonio López" é uma joia arquitetônica da cidade.

DSC_3012

Circulando pelo centro, descobrimos por acaso o EL PONIENTE, um bar que nos chamou a atenção pelos desenhos coloridos na fachada e a decoração interna descolada com direito a dois balanços!

DSC_3011

O bar recebe algumas bandas de rock e oferece música ao vivo, mas não chegamos a ficar muito tempo por lá. Só demos uma passada para experimentar a deliciosa cerveja artesanal SAJONIA, produzida no Paraguai.

DSC_3023

A PALE ALE é deliciosa e posso dizer com segurança que foi uma das melhores que experimentei!

DSC_3030

Um dos lugares mais charmosos e pitorescos próximos ao centro de Assunção é o bairro Loma San Jerónimo.

DSC_3034

Diz-se que é o primeiro bairro turístico da cidade, onde tudo é alegre e coloridíssimo! Mas é necessário saber o dia e hora de visitar, caso contrário não haverá nada aberto e/ou vivo por lá. Fomos num sábado à noite e estava cheio de vida. Muita gente vai no meio de um dia de semana e volta decepcionado porque "não viu nada de interessante".

DSC_3037

Adorei esses vasinhos de flores feitos de latas de alumínio pintadas à mão.

DSC_3039

Lá encontramos restaurantes de comida típica, cafeterias, peças de artesanato e um belíssimo mirante a partir do qual é possível observar o Rio Paraguai e o centro da cidade. A seguir, vocês podem ver mais algumas fotos desse cantinho delicioso.

DSC_3044

DSC_3066

DSC_3064

DSC09993

Subimos a escadaria colorida em direção ao mirante e tivemos uma ótima surpresa!

DSC00012DSC_3077DSC_3083

No mirante pudemos assistir ao pôr do sol ouvindo música… foi o final de um dia perfeito e o começo de uma noite super divertida!

DSC_3105

Passamos por alguns bares e boites depois do passeio em Loma San Jerónimo, com destaque para o terraço do PIRATA BAR, onde tomamos uma cerveja com vista para o Palácio de López iluminado à noite ou, como disse uma amiga outro dia, “vestido para festa”.

DSC00055

Palácio de López iluminado à noite

A foto acima foi tirada a partir do bar que fica dentro da Manzana de la Rivera, um conjunto de residências antigas que foram restauradas e que hoje funcionam como um museu da evolução arquitetônica de Assunção.

 

Comes & Bebes

DSC_2684

As chipas são uma tradição paraguaia que adorei conhecer! Lembram um pouco o nosso pão de queijo, mas o sabor e a consistência são diferentes. A da foto acima tinha cobertura de quatro queijos e estava deliciosa! Provei na ÑA EUSTÁQUIA.

IMG_20150104_171157

A chipa da foto acima não tinha receheio nem cobertura e o sabor das sementes de erva-doce predominou. Bem gostosa também! Comi num quiosque do CAFÉ MARTINEZ.

DSC09868

Na Costanera circulavam vários vendedores de chipas cobrando preços bem baixos pela iguaria.

DSC_2806

Depois de virar a noite numa festa de Réveillon animadíssima, dormimos no hotel e acordamos no meio da tarde com fome. Então partimos para um dos poucos lugares abertos no dia 1 de janeiro, o Shopping del Sol, onde havia uma pequena filial do restaurante ESE LUGAR. Pedimos uma parrilla acompanhada de mandioca e sopa paraguaia que, ao contrário do que o nome sugere, trata-se de um saboroso bolo salgado de milho.

DSC_2965

O bairro de Villa Morra é uma graça! É residencial e tranquilo, mas também repleto de lojas de decoração sofisticadas, bares, restaurantes e cafés charmosos.

DSC_2914

A carne bovina do Paraguai possui alta qualidade e é exportada para vários países. Como adoramos uma boa parrilla, almoçamos no restaurante UN TORO Y SIETE VACAS, tido como um dos melhores da cidade.

DSC_2920

Antes da carne chegar à mesa, degustamos pães, torradas e mandioca com molhos de chimichurri, vinagrete e caponata de berinjela com passas. Todos bastante saborosos!

DSC_2924

Quando o prato principal chegou, ficamos surpresos com o imenso tamanho dos cortes! Pedi a tapa de cuadril, que é a nossa picanha. Estava suculenta e bem macia.

DSC_2927

Assim como na Argentina, normalmente a carne vem sozinha e você precisa pedir os acompanhamentos separadamente. Então escolhi uma porção de mandioca noisette recheada com queijo provençal. Além de estar divina, o molho de manjericão (albahaca) me surpreendeu positivamente pelo sabor diferente e refrescante. Vou procurar a receita para testar em casa algum dia!

DSC_2963

A cervejaria ASTORIA BIERHAUS produz quatro ou cinco tipos de cerveja artesanal e possui em sua carta alguns rótulos importados. Fomos lá só pra beber mesmo, já que o almoço tinha sido a generosa parrilla mencionada acima. Mas o cardápio era tão variado e criativo que nos deu vontade de voltar para beliscar alguma coisa.

DSC_2960

Não deu tempo de fazer uma segunda visita ao bar, mas aproveitei a oportunidade para fotografar um sanduíche servido no pão azul. Apesar da aparência artificial, eu sinto uma inexplicável atração por comidas azuis e por causa dela nunca resisto a um doce ou sorvete dessa cor. Peço sem nem perguntar o sabor, rs! No menu havia muitos petiscos promissores e um hamburguer de camarão cuja descrição me deixou bastante curiosa… quem sabe consigo experimentá-lo num retorno a Assunção?

DSC_2981

E aí estamos nós no KAMASTRO, um bar que mistura arte, música, boa comida e boa bebida. Enfim, tudo o que eu mais gosto! Fomos apresentados ao local por ninguém menos que o dono do bar, nosso amigo Omar, que é paraguaio e morou no Brasil por alguns anos. Foi esse cara o responsável por nos apresentar lugares incríveis e fazer com que eu tenha muita vontade de voltar algum dia… em breve, espero!

DSC_2977

Um dos pratos de que mais gostei no KAMASTRO foi a isca de surubim (um prato bem típico) acompanhado de molho tártaro e batatas fritas. Depois experimentamos o burrito que veio com um delicioso molho picante caseiro. E meu drink Cosmopolitan estava lindo e delicioso!

DSC_2811

O local é cheio de esculturas, pinturas, gravuras e instalações surpreendentes. Vale a pena dar uma circulada para observar e apreciar tudo com calma.

DSC_2984

O show que assistimos foi o do cantor Abel Ullon e gostamos bastante! O KAMASTRO fica no PASEO CARMELITAS, um centro de lazer que concentra vários bares, pubs, restaurantes e boites badaladas.

DSC_3135

O restaurante YASYRETÁ fica dentro do HOTEL GUARANÍ, um edifício emblemático de arquitetura moderna localizado no centro de Assunção.

DSC_3137

Chegamos lá um pouco antes do restaurante fechar e pedimos duas pizzas. A de lombo defumado estava bem saborosa e foi a que mais gostamos.

DSC_3130

Não deu tempo de experimentarmos a comida do BOLSI, um restaurante tradicional bem recomendado por brasileiros e paraguaios. Só consegui tirar essa foto do local, que estava bem cheio nas duas vezes em que passamos por lá.

DSC_3158

No nosso último dia de visita a Assunção, um pouco antes de seguirmos para o aeroporto, almoçamos no restaurante do HOTEL BOURBON, um hotel sofisticado que fica ao lado do MUSEU DO FUTEBOL SUL-AMERICANO, outra atração que estava fechada durante nossa estadia na cidade.

DSC_3167

O hotel tem um design minimalista e elegante. Perguntei a um dos seguranças se poderia tirar algumas fotos e registrei as imagens acima.

DSC_3171

Aos domingos o esquema é buffet e o preço estava bom para nós brasileiros: 50 reais por pessoa. A gente tem pago preços tão exorbitantes no Rio de Janeiro por um simples jantar ou uma porção de petiscos numa mesa de bar que achei o preço bem justo para um hotel estrelado.

DSC_3170

A comida estava sensacional e gostei de tudo o que experimentei com destaque para o ceviche, o melhor que já comi! Nem no Peru eu provei um ceviche tão gostoso!

DSC_3181

As sobremesas também estavam divinas! Essa calda azedinha de frutas vermelhas era tudo de bom!

DSC_3177

Nós não havíamos visto a tradicional harpa paraguaia e eis que, de repente, surge um músico tocando esse instrumento no restaurante. Adorei! Foi uma ótima maneira de nos despedirmos de Assunção!

 

Comprinhas

Quem gosta de eletrônicos, gadgets tecnológicos, roupas, bolsas e tênis de grife pode pular essa parte, rs! É que nada disso me atrai e eu sempre procuro conhecer o artesanato local quando viajo. Mas, para quem procura esses artigos, posso recomendar uma região tradicional de compras que se assemelha ao que vi na Ciudad del Este e se chama Mercado Quatro. Lá tem de tudo um pouco e é possível encontrar muitas peças originais a bons preços nos estreitos corredores labirínticos que abrigam lojas e barracas mais simples.

5344012054_a1f01599bf_b

Ñanduti – Fonte da imagem:http://www.cazadordeinstantes.com/2011/01/historias-de-vidas-dona-graciela.html

Em Assunção, encontramos muito artesanato em couro e madeira, bolsas e faixas coloridas, além do ñanduti, um tipo de renda trançada por fios coloridos que formam belíssimos desenhos inspirados na natureza.

DSC_0373

Luque fica a poucos quilômetros de Assunção e é famosa por sua produção de joias em filigrana, como os brincos que comprei na loja da TANIA TABARELLI. As peças são lindas e cheias de detalhes!

DSC_2836

A VIA ALLEGRA é uma galeria composta de lojas de roupas e decoração que fica no charmoso bairro de Villa Morra.

DSC_2840

DSC_2838

Infelizmente a CASA CINCO estava fechada para férias e só reabriria na segunda semana de janeiro. Fiquei apaixonada por tudo o que vi na vitrine e também pelo que deu para espiar nas prateleiras lá no fundo.

DSC_2834

Logo ali ao lado fica a loja de decoração CLEMENTINA, que me chamou a atenção pelas belas peças de cerâmica em azul turquesa.

DSC_3138

Nosso amigo Omar sugeriu uma visita à CASA RICA, mercado gourmet e delicatessen que eu já tinha visto pela janela do carro durante nossos passeios pela cidade. É claro que adorei a ideia, né?

DSC_3139

Esse é o tipo de lugar em que eu preciso me segurar pra não estourar o cartão de crédito, rs! Ainda bem que estou numa fase pouco consumista. Adoro molhos, temperos, biscoitos, aperitivos, bebidas etc. e lá tem de tudo um pouco, incluindo muitos produtos importados. Fiquei encantada com um chutney de banana e um molho de mostarda com azeitonas verdes, mas sempre penso que vou precisar despachar a mochila e então decido que é melhor procurar essas coisas no Duty Free, que por sua vez, nunca tem nada de muito diferente… uma pena.

DSC_3141

Na seção de objetos para casa e cozinha, encontrei esses gaveteiros fofos que podem ser usados para guardar bijouterias ou temperos.

DSC_0345

No fim das contas, acabei comprando essa vela VOLUSPA que tem uma embalagem linda e um aroma super diferente.

DSC_0362

Como não sou chocólatra, são poucos os chocolates que gosto e sinto vontade de comer de vez em quando. Os da marca suíça LINDT são os meus preferidos e estou sempre em busca de variações que eu não encontro no Brasil ou no Duty Free. Foi por isso que gostei do que tem recheio de creme de avelãs e do chocolate amargo com creme de laranja.

A vela saiu mais barata do que se eu a tivesse comprado no Brasil, mas os chocolates não. A diferença é que, conforme mencionei, não encontro esses sabores por aqui.

DSC_3156

O MARKETPLACE é aquele tipo de loja em que eu entro e penso: “isso aqui é aminha cara”!

DSC_3150

Trata-se de uma loja de decoração e de artigos para o lar. Não cheguei a subir no segundo piso onde pude ver alguns móveis de longe e me concentrei só na parte de acessórios.

DSC_3145

Esse cantinho de artesanato peruano foi o meu preferido! Vi caminhos de mesa iguais aos que eu comprei em Lima no ano passado. Coloridos, feitos à mão e lindíssimos! Só o preço é que estava bem mais salgado. No Peru eu paguei o equivalente a 250 reais e no MARKETPLACE eles custavam 800 reais, o mesmo valor que vi nas lojas do aeroporto de Lima.

DSC_3149

Encontrei muitas peças fofas em porcelana e pratos altos em metal e vidro.

DSC_0372

Como não sou mais uma pessoa consumista, rs, só levei pra casa esses dois castiçais peruanos de madeira pintados à mão, que também não estavam baratos, porém muito mais em conta do que se eu os encontrasse no Brasil, com certeza.

 

Revéillon em Assunção

Na América do Sul já passamos o Réveillon em Lima no Peru e em Buenos Aires na Argentina. Tenho curiosidade de ver como a data é celebrada nos nossos países vizinhos e adoraria ter a oportunidade de estar em outras capitais aqui por perto nos próximos anos.

Quando estávamos procurando opções para a viagem do Réveillon de 2014/15, surgiu a ideia do Paraguai e lembrei logo da minha amiga que tinha estado em Assunção e feito ótimas críticas à cidade. Topei na hora!

DSC_2722

Normalmente a gente não vai a festas, mas acorda perto da meia-noite para brindar o Ano Novo, o que eu particularmente acho meio sem graça, rs! O Marcelo gosta assim, mas prefiro algo mais animado em que eu já esteja no clima antes da virada do ano.

DSC_2710DSC_2719

Nosso amigo Omar organizou um esquema super legal para o último dia de 2014! Primeiro jantamos com sua família, brindamos juntos à meia-noite e, em seguida, partimos de limousine para o local da festa, o VERANDA YACHT Y GOLF CLUB.

DSC_2724DSC_2755

Foi super divertido!!!! Dancei bastante ao som de música eletrônica tocada por três DJs diferentes e vimos a queima de fogos sobre o Rio Paraguai!

DSC_2782

Curtir o nascer do sol de frente para o rio foi uma delícia, um cenário lindo para começar 2015 com o pé direito!

DSC_2782

Continuamos dançando e nos divertindo depois do dia amanhecer até sermos vencidos pelo cansaço. Posso dizer com certeza que esse foi o melhor Réveillon da última década, assim como 2014 foi um ano maravilhoso, o que me deu até uma tristezinha por ter que me despedir dele…

 

Areguá e San Bernardino

O Omar nos levou num tour pelos arredores de Assunção e assim conhecemos Areguá e San Bernardino. Fora de temporada, são cidades tranquilas, bucólicas e pitorescas cercadas de muito verde e construções antigas que refletem a história do Paraguai. Como ficam pertinho da capital, vale a pena dar uma escapadinha para visitá-las.

A cada verão, Areguá e San Bernardino (também conhecida como “Sanber”) recebem mais de 300 mil turistas, atraídos pelas praias do Lago Ypacaraí, pelos bares, restaurantes e pela agitada programação de shows e atividades culturais.

DSC_2854

DSC_2855

Areguá é o melhor lugar para comprar peças de cerâmica. Passamos por uma rua que tinha uma loja ao lado da outra.

DSC_2856

DSC_2866

Gosto muito de lugares assim, perfeitos para relaxar e recuperar as energias!

DSC_2859

Igreja de Areguá

DSC09897

Lago Ypacaraí ao fundo

DSC09908

Uma das charmosas construções centenárias de Areguá

DSC09912

Portal antigo com inscrição em latim

DSC_2883

O Lago Ypacaraí é um dos dois maiores lagos do país e ao redor dele se formou o balneário de San Bernardino, que teve colonização alemã e encanta os turistas com seu charme. O HOTEL DEL LAGO é o mais tradicional da cidade e um destino bastante procurado por noivos em Lua-de-Mel.

DSC_2887

Salão de jantar do Hotel Del Lago

DSC_2887

Salão de jantar do Hotel Del Lago

Ao longo do salão de jantar do hotel, pudemos observar fotos antigas que remontam à época de sua inauguração em 1888. Achei as instalações bem conservadas e os ambientes das áreas comuns bastante agradáveis.

DSC09920

Piscina do hotel com vista para o lago

DSC09931 

DSC_2903

Lago Ypacaraí

DSC_2885

Pracinha de San Bernardino

DSC_2885a

Eu fotografei a pracinha da foto acima de longe e foi só quando dei um “zoom” na imagem que percebi as luminárias penduradas na árvore centenária. Notem que se trata de uma praça pública, o que me deixou ainda mais encantada! Fiquei só imaginando como esse cenário deve ser romântico à noite. Taí um lugar onde eu adoraria passar um final de semana ou feriado no mesmo esquema das nossas viagens pelo Brasil, saindo do Rio de Janeiro na sexta-feira e voltando no domingo à noite ou na segunda-feira de manhã. Como é pertinho, teoricamente seria possível, mas esbarramos em dois problemas: a taxa de embarque internacional encarece as passagens e os horários dos voos são ingratos. Chegamos em Assunção no meio da tarde e voltamos no mesmo horário, o que inviabiliza uma escapadinha de final de semana. Só me resta torcer para que o fluxo de brasileiros para a capital do Paraguai aumente e assim seja possível contar com mais opções de voos!

Para finalizar o post, copio aqui um trecho do ótimo texto do André Darugna, retirado DESSE SITE:

“Estou certo de que aqueles que escolhem visitar Ciudad del Este, na fronteira com Foz do Iguaçu, para encher as malas de compras e voltar para o Brasil estão desperdiçando tempo e dinheiro, sua viagem será muito mais agradável se decidir conhecer a capital e suas cidades vizinhas, onde os atrativos são mais interessantes e as compras mais tranquilas.”

O texto todo é ótimo e recomendo sua leitura na íntegra.

Resumindo esse relato: adorei conhecer Assunção e observar as semelhanças e diferenças entre Paraguai e Brasil. É uma viagem que recomendo e que não sai cara para os brasileiros.

Um grande beijo para todos com votos de ótimas viagens em 2015!!!!

*Fontes:
http://www.aproximaviagem.pt/n11/07_assuncao.html
http://viagem.uol.com.br/guia/paraguai/assuncao/
http://www.tripadvisor.com.br/ShowTopic-g294080-i7051-k6835696-Diario_de_Bordo_Cinco_dias_em_Assuncao_Paraguai-Asuncion.html
http://checkinpelomundo.blogspot.com.br/2014/11/assuncao-el-cabildo-e-catedral.html
http://www.viagensdicas.com/america-do-sul/paraguai/o-que-fazer-no-paraguai-compras-turismo/
http://www.falandodeviagem.com.br/viewtopic.php?f=36&t=6338
http://sopabrasiguaia.blogspot.com.br/2007/01/turismo-no-paraguai-lago-ypacara.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Centro_Cultural_da_Rep%C3%BAblica_%28Assun%C3%A7%C3%A3o%29

Bonfa-ass

27 comentários:

vidal dominguez diaz disse... [Responder comentário]

LES FALTO VISITAR KAMAMBU RESTO !! UNICO RESTAURANT SIN FUCION INTERNACIONAL DE COMIDA PARAGUAYA DECLARADA DE INTERES NACIONAL AL TURISMO!!!!! HAY QUE RECLAMARLE A OMAR!!

Marta disse... [Responder comentário]

Katita, adorei as fotos! Amei a festa e os detalhes!!! O hotel era um luxo e o souplat o restaurante que vc mostrou? Uma graça!!! Deve ter sido ótimo!!!!
Beijosss

passosjessika disse... [Responder comentário]

Quero conhecer esses lugares!

Lindas fotos!

Beijos

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@vidal dominguez diazAh, o Omar falou do Kamambu, eu lembro!!!! Não sei se estava fechado nessa época de fim de ano, mas fiquei com vontade de ir! Por isso e muito mais, temos que voltar a Assunção! Um beijão do Brasil!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@MartaOi, Martinha! Menina, essa viagem foi uma ótima surpresa, apesar de eu já ter saído daqui achando que eu ia gostar bastante do Paraguai. Mas foi ainda mais legal do que eu imaginava! Um super beijo!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@passosjessikaJessika, o melhor é que não está caro para os brasileiros e fica pertinho! São poucas horas de viagem e dá pra conhecer Assunção em poucos dias. Um beijão!

Jorge Blanch disse... [Responder comentário]

Señorita Katia, Gracias por haber visitado mi País y por sus buenos comentarios sobre la misma. Espero que vuelva pronto para conocer más sobre mi Paraguay y sus atracciones turísticas que son mucho más que Asunción... Buen 2015 para Usted y saludos desde Paraguay

Johnny Garcete disse... [Responder comentário]

Qué lindo post y qué hermoso Blog...felicitaciones y gracias por visitarnos...Saludos cordiales, desde Paraguay!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Jorge BlanchOi, Jorge! Sou eu que agradeço seus comentários gentis! Gostaria muito de voltar algum dia e conhecer outras cidades nos arredores! Beijos e seja sempre muito bem-vindo!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Johnny GarceteMuito obrigada pelos elogios, Johnny! Essa viagem foi muito especial e adorei conhecer o Paraguai! Espero poder voltar em breve! Beijos e seja sempre muito bem-vindo!

Cristina Acosta disse... [Responder comentário]

QUE BUEN ARTICULO TENEMOS MUCHOS MAS LUGARES HERMOSOS EN PARAGUAY, TE ALTO RECORRER UM POCO MAS DEL INTERIOR PARA UNA PROXIMA VEZ. PARA LOS QUE ESTEEN INTERESADOS ME ESCRIBEN AL CORREO Y LES ENVIO `PAQUETES DE TURISMO INTERNO cristina@servitravel.com.py SALUD HERMANOS BRASILEROS

Nalo Nelson A. Lesme Orué disse... [Responder comentário]

Bonfa, faltou experimentar la Chipa Guazu en 7 Vacas y un Toro, parecido con la sopa paraguaia mas é de milho cru ralado, diferente da sopa paraguaia que é de milho cozido e depois moido. Pode utilizar a milharina. Agradeço seus comentários, bem diferente da reportagens da globo, sou metade asunceno e metade fronterizo de Peter John Gentleman (PJC) e moro no Brasil a mais de 35 anos, mas sempre que posso vou visitar familiares e amigos en la capital de mis amores.

programaigrejaadventistavilaemanuela disse... [Responder comentário]

Gosto muito de seu blog! Acho tudo um mimo! Parabéns!

programaigrejaadventistavilaemanuela disse... [Responder comentário]

Gosto muito de seu blog! Acho tudo um mimo! Parabéns!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Nalo Nelson A. Lesme OruéQue interessante seu comentário, super obrigada! O Paraguai me deixou com saudades e com vontade de voltar para conhecer outras cidades nos arredores! Um beijão e seja sempre muito bem-vindo!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@programaigrejaadventistavilaemanuelaOi, Manuela! Seja sempre muito bem-vinda e agradeço bastante seu comentário carinhoso! Beijão!

arleni disse... [Responder comentário]

bom dia. tenho muita vontade de conhecer Asuncion. E ai vc aconselha passar reveillon lá? E vc conheceu outras cidades do Paraguai.

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@arleniOi, Arleni! Tudo bem? Recomendo sim, adorei passar o réveillon em Asuncion! E visitamos as cidades que mostrei no post: Areguá e San Bernardino. Beijão!

Naila disse... [Responder comentário]

Olá, estou pensando em passar o réveillon com mais 5 casais de amigos em assuncion!! Gostaria de saber aonde se hospedeu e aonde posso cotar a limo para ir nesta festa! Obrigada!!

Naila disse... [Responder comentário]

Olá, estou pensando em passar o réveillon com mais 5 casais de amigos em assuncion!! Gostaria de saber aonde se hospedeu e aonde posso cotar a limo para ir nesta festa! Obrigada!!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@NailaOi, Naila! ótima ideia!Espero que goste dessa viagem tanto quanto eu gostei! Nos hospedamos na Pousada Suíça, se não me engano (eu nunca gravo nome de hotel, rs) e a limo foi providenciada pelo nosso amigo paraguaio, não foi alugada e não tenho o contato do dono do veículo, infelizmente. Um beijão e ótima viagem!

MARCILIO disse... [Responder comentário]

Sinceramente, esse é o mais bem preparado e explicativo retrato em rico conteūdo sobre a desconhecida Assunção.Não há outro igual na caudalosa web net.

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@MARCILIOOi, Marcilio! Puxa, que legal seu comentário, muito obrigada, fiquei super feliz com o elogio! Seja sempre muito bem-vindo!

Mayara disse... [Responder comentário]

Estive em Asuncion em fevereiro de 2015 e me apaixonei pela cidade, apesar dos inúmeros comentários negativos que ouvi dos próprios paraguaios. Tenho familiares por quase todo o país, então consegui ficar apenas dois dias na capital. Um dos lugares mais marcantes pra mim, foi justamente o que não conseguistes visitar: El Panteon de los heroes. A troca da guarda é linda e apesar de ser um mausoléo, é um lugar que impressiona pela beleza da arquitetura e das histórias que conta. O Museu retratando os detalhes da guerra, assim como a vista do rio Paraguai também foram boas lembranças. Ao lado da Catedral, fica a Universit Catolica, a mais antiga do Paraguai e também vale uma visita. Se tiveres oportunidade de voltar e comer no Bolsi, volte! O melhor sorrentino da vida! A capital paraguaia encanta por sua história e cultura tão rica e colorida.

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@MayaraOi,Mayara! Muito obrigada pelo comentário! Veio no momento certo porque no feriado de novembro voltaremos ao Paraguai e vou seguir as suas dicas, adorei! Beijão e seja sempre muito bem-vinda!

Kiko disse... [Responder comentário]

Olá!!!! Queria te agradecer por tantas dicas. Graças a elas eu e minha namorada fomos curtir esses último 4 dias do ano em Assunção. Seguimos muito de suas dicas. Adoramos o El Poniente, o Chopp no Pirata, os pontos turísticos e fechamos com a festa do Veranda no Yacht Club. Foi tudo excelente!!! Ainda demos sorte pois a largada do Ralie Dakar foi em Assunção, então a cidade estava bem agitada. Ficamos hospedados no Arthaus Boutique Hotel, excelente, novo e bem localizado. Muito obrigado mais uma vez! Foi um ano novo inesperado e muito prazeroso. ABS!!!!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@KikoQue legal saber que vc adorou a viagem, Kiko! Eu voltei esse ano em novembro, foi uma delícia! E o Paraguai é tão pertinho, fiquei com vontade de voltar muitas vezes. Feliz Ano Novo com votos de muitas viagens aravilhosas na sua vida! Beijão!

Related Posts with Thumbnails