segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Voo panorâmico no Himalaia: eu vi o cume do Everest de pertinho!

20140524-126a

Continuando o resumão das férias na Índia e no Nepal, hoje vim compartilhar com vocês uma das experiências mais incríveis que vivenciei: um vôo panorâmico nos arredores do Himalaia!

A Cordilheira do Himalaia é a cadeia montanhosa mais alta do mundo e abrange cinco países (Índia, China [que inclui o Tibete], Butão, Nepal e Paquistão) e contém a montanha mais alta do planeta, o Monte Everest.

Eu nunca teria coragem de escalar uma montanha, é aventura demais pra mim, mas quando o Marcelo comentou sobre esse o voo panorâmico, fiquei animada, embora com um medo danado! Em dezembro de 2013 sobrevoamos as Linhas de Nazca, no Peru, e eu amei o passeio. Eu também estava receosa, afinal nunca tinha entrado num avião tão pequeno, mas o voo foi muito tranquilo. No Nepal, eu fiquei mais tensa porque sempre soube que há grande probabilidade de turbulência em regiões montanhosas e, se hoje em dia meu pavor de voar desapareceu completamente, o medo de turbulência forte infelizmente ainda persiste. Pensei, repensei e fui convencida a ir pelo cara do hotel em Kathmandu que nos vendeu as passagens. Ele disse uma coisa que me fez pensar que a gente realmente não tem controle sobre o nosso destino e que, se tudo desse certo (o que, pensando racionalmente, era o mais provável), eu iria me arrepender de não ter vivido essa experiência.

20140524-005

No dia seguinte pela manhã um motorista veio nos buscar e partimos em direção ao aeroporto. Fizemos o check-in como numa viagem normal e recebemos os bilhetes de embarque.

20140524-006

A companhia aérea (SIMRIK AIRLINES) forneceu o mapa da foto acima, com os nomes das montanhas que iríamos ver durante o voo.

20140524-007

Quando vi o avião, fiquei mais tranquila porque ele acomodava umas 20 pessoas e não era tããããão pequeno. Ufa! Mesmo assim, a tensão era grande…

20140524-011

As janelas desse avião eram menores do que as do avião de Nazca e os vidros estavam meio riscados e/ou embaçados. Isso não chegou a atrapalhar a experiência, mas o ideal seria que os vidros fossem trocados para melhorar a visibilidade.

20140524-012

Como num voo regular, a comissária de bordo fez seu speech e nos alertou sobre o cinto de segurança. O teto do avião era tão baixinho que nem eu com 1,60 m conseguia ficar em pé, rs!

20140524-020

Na foto acima, dá pra ter uma noção de como o avião era apertadinho.

20140524-202

Além do nosso mapa com os nomes das montanhas, a comissária ia mostrando os picos à medida que nos aproximávamos deles.

20140524-054

20140524-056

Depois de somente alguns minutos de voo já conseguíamos avistar os picos…

20140524-075

É nessas horas que reafirmo pra mim mesma que perdi o medo de voar. O céu azulzinho, a cadeia de montanhas, as nuvens… toda essa paisagem me dá uma enorme sensação de paz, que só é perturbada quando há turbulência forte, rs!

20140524-076

O voo foi tranquilo, a turbulência que eu esperava não aconteceu e eu pude curtir o voo numa boa. O Marcelo sentou no lado esquerdo do avião e eu, do lado direito. Foi ótimo porque fotografamos as mesmas paisagens de ângulos diferentes.

20140524-079

Todos os passageiros são convidados a fazer uma visita à cabine de comando durante o voo e lá o co-piloto apontou os picos mais famosos e fez alguns comentários sobre eles. Tanto os pilotos quanto a comissária foram muito simpáticos e falavam bem o inglês.

20140524-187

20140524-185

Desde pequena tenho o sonho de viajar no cockpit! Acho que deve ser o máximo ver o avião decolar lá de dentro da pequena cabine. Então eu amei quando chegou a minha vez de me aproximar e compartilhar a visão dos pilotos!

20140524-189

Fico enlouquecida com tantos instrumentos, botões e luzinhas piscando! Como é que alguém consegue se entender com tudo isso? Rs!

20140524-089

O lado direito do avião, onde ficava o meu assento, tinha uma visão mais próxima das montanhas.

20140524-086

20140524-163

O trajeto segue a cadeia do Himalaia até se aproximar do Everest, o ponto alto do voo, claro! Em seguida, faz a volta e retorna. Conforme o Marcelo escreveu em seu relato, “É relativamente rápido. É espetacular. E inesquecível”. Acho que o percurso todo durou mais ou menos uma hora.

20140524-115

20140524-126

É realmente emocionante ver o topo do mundo de pertinho! Eu, que nunca sonhei em viajar para o Nepal e muito menos fazer esse voo panorâmico no Himalaia, estava em êxtase!

20140524-085

Eu só tinha uma expectativa que se revelou incorreta… achava que conseguiria ver algum alpinista comemorando a chegada ao cume, rs!

20140524-211

No final do passeio, recebemos um certificado de voo que, pra mim, é muito mais do que um souvenir de viagem. Como já comentei algumas vezes, eu tinha pavor de voar e conseguir embarcar num avião desse tamanho, relaxar e curtir o momento é uma grande conquista pessoal!

Para terminar esse relato, deixo aqui outra frase no Marcelo publicada em seu post no site MOCHILEIROS:

“Eu não escalarei o Everest na minha vida e muito provavelmente não farei o trekking até a base dele. Então, repetindo, o voo foi uma realização de um (ex-)leitor voraz de livros sobre escaladas ao Everest”.

Voltamos para o hotel, tomamos o café da manhã e saímos para explorar a cidade de Kathmandu, a capital do Nepal. Mas essa história vai ficar pra outro post, OK?

Um grande beijo pra todos com votos de um início de ano promissor!!!!

Bonfa-ass

14 comentários:

Marina Mott disse... [Responder comentário]

Oi, Katia! Prá variar o post está bárbaro! Repito o que já disse: ô vidinha mais ou menos a sua, hem?? Mulher esperta, que escolheu um caminho na vida que, fica claro prá gente. é uma escolha de quem respeita suas próprias vontades!! Beijo grande!!

passosjessika disse... [Responder comentário]

Tenho medo de avião. Talvez, não tivesse coragem de ver tudo tão de perto. Mas, as fotos revelam que vale a pena!

Beijos

Claudio Flor disse... [Responder comentário]

Prima, fantástico o post.Belas fotos, viagem dos sonhos de muitos aventureiros.
Como o Marcelo, eu nunca farei a escalada, mas me senti lá vendo sua descrição e as fotos.

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Marina MottOi, Marina! Muito obrigada pelo elogio e pelo carinho! Tenho que dizer que adorei a sua frase e acho que ela realmente me define no sentido de que eu sou fiel à minha natureza e faço o que eu acho que nasci pra fazer tanto nas horas de lazer quanto no meu dia a dia de trabalho. Um super beijo!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@passosjessikaOi, Jessika! Pois é, menina, a experiência foi incrível mesmo! Eu não sei o que diria se o avião tivesse chacoalhado muito, rs, mas tivemos um voo bem tranquilo e agradável, sem sustos! Um beijão!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Claudio FlorMuito obrigada, Claudio!!!! Quando planejamos essa viagem, o Marcelo ficou empolgadíssimo pra fazer esse voo... eu não sabia se teria coragem, mas realmente foi uma experiência única que seria difícil repetir, até porque o Nepal fica do outro lado do mundo, rs! Então respirei fundo, tomei coragem e parti! Um super beijo!

DMulheres disse... [Responder comentário]

Nossa, que viagem!! Tudo valeu a pena, lindas paisagens, belas fotos, o frio na barriga.. Espetacular, maravilhoso!!
Também morro de medo de voar!!

Beijos,
http://blogdmulheres.blogspot.com.br/

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@DMulheresFiquei tensa a noite anterior toda, rs! Mas realmente valeu a pena e na hora H o voo estava tão tranquilo que relaxei... Um super beijo!

Claudia Acassia disse... [Responder comentário]

Que sonho! Vou conhecer a Índia, Tailândia e Indonésia em março. Não vejo a hora. E em abril já conheça a época das monções nos países asiáticos. Gente e seguro viagem? Alguém indica uma boa empresa? beijos

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Claudia AcassiaQue delícia de roteiro, Clauda!! Nós também vamos tirar ferias em março e pensamos na Tailândia, mas infelizmente não nos programamos com antecedência dessa vez e então não conseguimos bons preços de passagens aéreas. Decidimos partir para o plano B, rs! Mas a Tailândia continua no topo da minha lista! Desejo qe s vaem seja mavilhosa!!!!!! Sobre seguro, agente normalmente faz com a MONDIAL. Beijão!

Roberto Reis disse... [Responder comentário]

Que interessante! Estive na Índia mas ñ fiquei sabendo e nem fiz este passeio! Sobre seguro Cláudia, eu contrato c/ a www.touristcard.com.br Na última vez que contratei, apresentei um código (tourist15) e ainda ganhei um desconto. Veja se ainda está valendo. abç.

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Roberto ReisOi, Roberto! Esse passeio é muito interessante mesmo, mas pegamos o voo em Kathmandu, No Nepal. Um beijão e ótimas viagens!

Diego Silveira disse... [Responder comentário]

Que relato maravilhoso de se ler. Estou pensando em conhecer a Índia e o Nepal em 2018 e certamente esse vai ser um dos passeios que vou querer fazer.
Grande abraço.

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Diego SilveiraQue legal, Diego! Fico muito feliz que você tenha gostado desse relato, a viagem foi maravilhosa! Beijão e seja muito bem-vindo!

Related Posts with Thumbnails