sexta-feira, 24 de agosto de 2012

O camarão com catupiry flambado no whisky à moda do “Beto”

O convidado especialíssimo de hoje é o meu pai, ou “Beto” para os íntimos. No Dia dos Pais, ele foi para a cozinha preparar um prato que é sua marca registrada, aperfeiçoado a cada tentativa de acrescentar um novo ingrediente ou tempero. Da última vez, estava perfeito, e decidi fotografar alguns passos da receita para compartilhá-la aqui com vocês.

beto2[4]

Segue a receita que preparo há muitos anos, sempre tentando melhorar e experimentando novos temperos. Dessa  vez, acho que cheguei a um resultado bastante satisfatório. Esse prato é muito elogiado pelos amigos e familiares. Espero que gostem!

Ingredientes:

- 1,5 kg de camarão MG de mar descascado e limpo.
- duas cebolas médias
- de 8 a 10 dentes de alho
- salsinha fresca
- dois tomates grandes
- um a um e meio  copo de whisky red label
- azeite de oliva de boa qualidade
- pimenta do reino
- pimenta malagueta curtida no azeite
- duas caixas de catupiry
- dois a três limões
- sal grosso de churrasco

Modo de preparo:

Picar em pedaços pequenos e porções separadas a cebola, os dentes de alho, a salsinha. Se preferir pode ao invés de picar, ralar num ralador de queijo a cebola.

Cortar os tomates ao meio e retirar as sementes, depois ralar no ralador de queijo somente a polpa, descartando a casca. Lavar os camarões num escorredor. Espremer os limões lavando o camarão no seu caldo. Transferir os camarões para uma panela, lavar também com um pouco de whisky (cerca de meio copo). Polvilhar o camarão com pimenta do reino. Usar uma frigideira de inox grande e funda. Levar ao fogo com pouco azeite, e logo que estiver quente dourar a cebola e o alho. Ir controlando com mais azeite para não deixar queimar. Colocar a polpa de tomate e a salsinha. Colocar um pouco de sal grosso e ir mexendo sempre. Colocar um pouco de whisky e o caldo da pimenta malagueta. Colocar os camarões e tampar a frigideira.

Quando os camarões ficarem vermelhos, colocar o restante do whisky e flambar. Ajustar sal e pimenta e a consistência do camarão a gosto. Atentar que a pimenta parecera mais forte do que no prato final devido ao catupiry que justamente ajustará o gosto da pimenta. Cuidado para o camarão não passar do ponto de consistência ideal.

Quando estiver no ponto, introduza com cuidado o catupiry, mexendo sempre e controlando o fogo para não deixar ferver. Quando o catupiry tiver se tornado pastoso e a consistência estiver uniforme, o prato estará pronto para ir à mesa.

Bom apetite!

Roberto Bonfadini

……………………………………………………………………………………

Minha mãe nunca gostou de cozinhar, mas era ela que preparava a comida do dia a dia quando éramos crianças. Já nos finais de semana em que estava inspirado, meu pai ia pra cozinha e elaborava pratos sofisticados, que geralmente tinham frutos do mar como ingrediente principal: lagosta, cavaquinha, polvo, camarão, siri, haddock e até uma centolla enorme já passaram por suas panelas. Lembro que eu e minhas irmãs adorávamos os dias em que ele resolvia se aventurar no fogão e a gente aproveitava a empolgação para brincar de “restaurante”. Nós arrumávamos a mesa, desenhávamos uma Logomarca nos guardanapos de papel e aguardávamos ansiosas a hora do almoço. Que nostalgia!!!!! São momentos simples e divertidos como esse que a gente guarda pra sempre na memória, né?

Quando soube que meu pai iria preparar essa receita de camarão com catupiry, perguntei se eu poderia mostrá-la aqui no blog e ele topou, é claro!!!!! Todo mundo que experimenta esse prato faz mil elogios e sempre repete.

Um grande beijo pra todos com votos de um final de semana saboroso!!!!

Bonfa-ass

 

21 comentários:

Adriane Pinhate disse... [Responder comentário]

Todo homem que resolve cozinhar, cozinha bem, impressionante! E olha, é tudo de bom ter Marido que cozinha!!!rsrsrssr

Bom final de semana para vocês!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Adriane PinhateAdri, vc realmente sabe do que está falando!!!! O Marcelo até cozinha, mas nada além do trivial e acho que ele não tem muita paciência pra seguir uma receita complexa Já meu pai tem a maior paciência quando inventa de experimentar algo novo! O almoço pode até sair às 5 da tarde, mas tenho certeza de que vai ficar delicioso! Beijão!

Gabi disse... [Responder comentário]

Que belezinha esse seu pai prendado!!

Beijos

Dani Hoffmam disse... [Responder comentário]

Que receita sensacional! Eu amo frutos do mar, só não como camarão frito por um trauma, rsrsrs, mas qualquer outro tipo eu como sim! Um amigo ficou de me passar uma receita de conchiglioni com 4 queijos e camarão e eu já estou ansiosa, porq até hj ele não passou! Acho que vou ter q fazer primeiro essa receita do seu pai!
E homem na cozinha é tudo de bom né. Eu amo cozinhar, acho q é o que faço melhor, mas quando Thiago vai para a cozinha eu amo. Ele também só faz o trivial, mas essa semana ele me aprontou uma, fez um peixe com molho de tomate, batatinhas com molho de requeijão, arrumou o prato todo bonitinho, eu ameiiiiiiii! Até coloquei no face, vc viu?
Bjos

joana hertel disse... [Responder comentário]

Que dengoso seu Paaai! ;D
E, que delícia de prato! Adorei que não é qualquer whisky, é red, não é qqr pimenta e a curtida no azeite (hmmm delícia de forte!), não é qqr azeite, é um de boa qualidade! São pequenas coisinhas que fazem toda a diferença e achei uma graça ele explicar tão cuidadosamente! Parabéns Bonfa´s dad!!!

Mães e Festeiras disse... [Responder comentário]

Kátia, que delícia de receita! Agora estamos aproveitando os camarões, pois a alergia do Luca a frutos do mar simplesmente desapareceu, esse ingrediente tem sido constante por aqui e ele está amando!
Ontem testei um molho de camarões para um dos salgados da festa pirata, mas essa receita do seu pai me fez ter ideias ótimas para melhorá-la, pois achei que ficou com gosto muito forte de molho de tomate. Vou usar essa dica de tomate de verdade ralado, tenho certeza que vai ficar ótimo. E uma flambadinha certamente dará um toque a mais!
Beijos e bom final de semana,
Tais

Anita disse... [Responder comentário]

Deu água na boca!!! Adoro frutos do mar ever!!!

http://anitamakingof.blogspot.com.br

Iasmin Marques disse... [Responder comentário]

Bonfa que maravilha de receita!!

Eu amo camarão!!
Pena que aqui onde eu moro não tem camarões para comprar como a gente compra ai no Rio!!

Mas a receita da água na boca só de olhar!!

Jana Oliveira disse... [Responder comentário]

Katia isso deve ficar uma delícia!!!
Quero fazer essa receita pra ontem!!
Bjão e bom finde!!!

Ana Maria Braga disse... [Responder comentário]

Que bom essa receita!! Obrigada por compartilhar conosco. Camarão é bom demais.
Adoro homens na cozinha.
bom final de semana. Bjs

Executiva de Panela disse... [Responder comentário]

Coincidentemente estava ouvindo "Moon River" ao abrir sua postagem. A música acompanhou a leitura e a aconchegante sensação de nostalgia da infância e das brincadeiras tão gostosas, como essa de restaurante. Beijos, Paula

Maria disse... [Responder comentário]

Eu amei a receita. Camarão é meu ingrediente favorito e minha filha então, se pudesse só comia isso. Parabéns ao Beto. Bjus.

Simone Scharamm disse... [Responder comentário]

Hummm, fiquei com água na boca! Deve ser maravilhoso esse prato!
Queria que meu marido cozinhasse bem assim,rsrs!
Beijos, ótimo fds!

Andrea disse... [Responder comentário]

Parabéns ao seu pai, Kátia!

A receita dele parece sensacional e o aspecto do prato já deixou água na boca.

Foi muito carinhoso da parte dele permitir que você divulgasse a receita - geralmente os cozinheiros são mais reservados em relação aos seus "direitos autorais"!

Vc é a cara do seu pai! Adorei!!!

Bjos

Andrea - Sweet and Saucy
http://betasweets.blogspot.com/

Casar é assim... disse... [Responder comentário]

Genteeee...que vontade de comer esse prato AGORA!!!!!!! hummmm...


Ahaaaa, desde pequena então vcs ja preparavam mesas para festas e encontrinhos!!! rsrs...

Beijos!!!

Flávia Mergulhão disse... [Responder comentário]

Nossa mãe do céu! Ainda bem que ele só cozinhava fim de semana, heim? Senão vc não tava neste "corpitcho"!!!hahaha...Já sei! Chama seu pai para cozinhar para nós no próximo encontro!!rsrsrs
E aí Sr Beto, aceita a proposta?

Bjosss
BOM FIM DE SEMANA!
Obs: te mandei email sobre o Dive.

IVANEIDE disse... [Responder comentário]

Já vi de onde vieram seus talentos rsrs

Malú Holzmüller disse... [Responder comentário]


Amiga talento é o que nao falta em sua familía ,benza Deus.Desde aos trabalhos gráficos seguindo até a amada arte da culinária.Dê meus parabéns ao seu pai ,juro que fiquei desejando provar essa delícia.Hummmmmmmm...

Bjs.
Malú Holzmüller.

IVANEIDE disse... [Responder comentário]

Kátia,
Eu fiz!! o qu é isso??? obrigada a seu Beto e você pela generosidade de compartilhar essa delícia!!!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@IVANEIDEQue legal, Ivaneide! Vou encaminhar seu comentário pro meu pai, ele vai ficar super feliz!!!!!!!!! É uma delícia mesmo, né? Um grande beijo!

Feito a Mão disse... [Responder comentário]

Katinha, fiquei com água na boca e com certeza vou testar essa receita. Dizem os entendidos que o camarão não deve cozinhar por mais de 3 minutos ou fica borrachudo. Por isso, eu costumo refogá-los, aos poucos, para não juntarem água. Vou ver se acerto o ponto, seguindo a receita de seu pai. Camarão borrachudo, ninguém merece. Ah, camarão é meu prato favorito, seguido de todos os outros frutos do mar!!!!

A viagem à Vitória foi boa? Nós demos um pulinho em Recife nesse feriadão - segunda foi dia da padroeira de Maceió. Levei Mariana para conhecer o Instituto Brennand.

Bj

Related Posts with Thumbnails