segunda-feira, 20 de junho de 2016

O inverno está chegando: dicas de cidades para curtir o frio

DSC_3718a

Árvore congelada em São Joaquim-SC, Brasil

DSC_2946

Tapete de folhas amarelinhas no Parque Rosedal em Buenos Aires, Argentina

DSC_3136

Rua tranquila e arborizada na charmosa cidade de San Isidro, Argentina

DSC_3560

Cores outonais em Gramado-RS

Bom dia, pessoal!!! O post de hoje é um resumão das viagens que fizemos entre o final de maio e o início de junho. Como não tenho tido tempo de preparar relatos completos para compartilhar com vocês aqui no blog, tento caprichar nas legendas das imagens que publico no meu perfil do Instagram (@katiabonfadini), acrescentando algumas informações interessantes sobre cada lugar que visito. Além das fotos de viagens, lá vocês também vão encontrar comidinhas, comprinhas, festas, inspirações, dicas e curiosidades em tempo real (ou quase). Enfim, é um pouquinho de tudo o que eu gosto!

 

Urubici e São Joaquim, Serra Catarinense

A menor temperatura registrada no Brasil foi de -17,8 °C no Morro da Igreja, em Urubici, Santa Catarina, no dia 29 de junho de 1996. É o ponto habitado mais alto do sul do Brasil. (Fonte: Wikipedia).

DSC_3624

Morro do Campestre, Urubici-SC

Estivemos na cidade na semana retrasada, mas infelizmente, não lembramos de que era necessário agendar a visitação ao Morro da Igreja e pedir uma autorização com antecedência ao ICMBio por e-mail ou por telefone. Nessa época do ano, as senhas acabam logo porque lá no morro, invariavelmente, neva no inverno. E neve no Brasil é algo tão raro de se ver, né? Isso atrai muitos turistas. Eu adoraria ter essa oportunidade algum dia! Confiram abaixo uma foto que encontrei na internet, tirada na subida do morro.

13428527_903262966449900_813192734547851862_n

Foto tirada na subida do Morro da Igreja durante o inverno em Urubici

DSC_3730

No início de junho, pegamos uma temperatura bem baixa nessa região, que variou entre –6 e 8 graus. A árvore congelada da foto acima fica na praça principal de São Joaquim-SC, onde demos uma passadinha antes de retornar para Florianópolis no dia 12 de junho.

DSC_3739

Em São Joaquim faz ainda mais frio do que em Urubici e, nas fotos acima, vocês podem conferir a água congelada do chafariz da praça, além da folha coberta de gelo que encontrei no meio do caminho para o mirante da cidade.

DSC_3746

Optamos por retornar à Florianópolis pela rodovia SC-390, que corta a Serra do Rio do Rastro. Com muitas matas e cachoeiras, é um dos cartões-postais de Santa Catarina. Localiza-se no município de Lauro Müller, a mais de 1.421 metros de altitude. Tirei essa foto no mirante localizado no topo da serra. A vista é espetacular! O percurso da estrada é caracterizado por subidas íngremes e curvas fechadas. O trânsito é bem lento porque trata-se também de uma atração turística e, sendo assim, as pessoas param para registrar algumas imagens ao longo do caminho.

DSC_3750

No meio da estrada tinha uma cascata de água congelada e isso chamou a atenção dos turistas, que paravam para tirar muitas fotos antes de seguirem viagem.

instagram1

Hashtags: #viagensdabonfasantacatarina #viagensdabonfaurubici #viagensdabonfasaojoaquim

Para ver mais fotos, atrações e dicas desse roteiro, procure no Instagram pelas hashtags que coloquei na legenda do mix de fotos acima.

 

Buenos Aires e San Isidro, Argentina

Sou apaixonada pela capital portenha! Estivemos seis vezes em Buenos Aires e nas últimas duas visitas isso aconteceu graças a ótimas promoções de milhagens. Sempre ficamos de olho nas tarifas aéreas e, quando encontramos um bom preço de passagens para algum feriado, a cidade é um destino certo.

DSC_3366

Cachorrinho pego em flagrante fazendo suas necessidades num parque em Palermo

DSC_3051

Dessa vez, conhecemos a Chinatown argentina, que nos impressionou por ser pequena, charmosa e organizada, muito diferente do caos e da muvuca do bairro chinês que visitei recentemente na Tailândia e de outras Chinatowns pelo mundo afora.

DSC_3411DSC_3404

Pela primeira vez caminhamos da Avenida Alvear na Recoleta até a Calle Arroyo, no bairro Retiro. Se Buenos Aires já tem um charme meio europeu, é nesse pedacinho que a cidade se parece ainda mais com algumas capitais da Europa.

DSC_3131

DSC_3141

San Isidro é uma cidade localizada na região metropolitana de Buenos Aires. Pegamos um trem e em meia hora chegamos na estação. As ruas da cidade são bem agradáveis, muito arborizadas e repletas de residências charmosas. O que mais gostei de fazer por lá foi caminhar e apreciar as belas paisagens outonais.

DSC_3177

Uma das atrações que visitamos em San Isidro foi a Villa Ocampo, antiga residência da aristocrática família Ocampo, que hoje abriga um museu dedicado à Victoria Ocampo. Escritora, editora, milionária e uma mulher muito à frente de seu tempo, a biografia de Victoria me impressionou. Por esta casa passaram renomados artistas, intelectuais e políticos do século XX, como Albert Camus, Jorge Luis Borges, Rabindranath Tagore, Igor Stravinski, Picasso, Le Corbusier, Virginia Woolf, Indira Ghandi e Federico Garcia Lorca, entre outros.

instagram2instagram3

Hashtags: #viagensdabonfaargentina #viagensdabonfabuenosaires #viagensdabonfasanisidro

Prefiro conhecer cidades novas a voltar a lugares onde já estive, mas Buenos Aires tem lugar cativo no meu coração e por isso abro uma exceção. O bom de retornar é conhecer atrações menos óbvias, explorar novos museus e descobrir cantinhos preciosos da cidade. Foi a primeira vez que nos hospedamos em Palermo, o lugar onde mais gostei de ficar. O bairro é cheio de bares, restaurantes e lojas charmosas…uma delícia circular sem rumo pelas ruas!

Para ver mais fotos, atrações e dicas desse roteiro, procure no Instagram pelas hashtags que coloquei na legenda do mix de fotos acima.

 

Gramado e Canela, Rio Grande do Sul

Gramado e Canela são duas cidades bastante procuradas pelos turistas no inverno. Estivemos nessa região da serra gaúcha pela quinta vez e, se não me engano, a primeira vez foi no carnaval, o que é bem incomum. Por isso mesmo, na época conseguimos baratear bem os custos de hospedagem. Fica a dica pra quem gosta de fugir da folia, como a gente.

DSC_3606

O Lago Negro é um dos lugares mais românticos de Gramado. A vegetação em seu entorno têm a imagem refletida nas tranquilas águas verde escuras. No verão, os pinheiros se misturam às hortênsias azuis e no inverno são as azaléias que tomam conta do pedaço. Há pedalinhos para alugar, uma cafeteria e uma loja de artesanato, mas o que eu gosto mesmo é de ficar dando voltas em torno do lago, apreciando-o de diferentes ângulos.

DSC_3565

Gramado possui muitos restaurantes de qualidade. Da primeira vez que visitamos a cidade, estávamos numa fase “gourmet”, durante a qual valorizávamos boas experiências gastronômicas e tínhamos disposição para gastar um pouco mais nas refeições. Hoje somos mais contidos. Vocês podem ver o relato dessa nossa incursão pela alta gastronomia de Gramado no seguinte post:

http://casosecoisasdabonfa.blogspot.com.br/2010/02/gramado-e-canela-aventuras.html

A publicação tem seis anos (como o tempo voa!), mas a maioria dos restaurantes ainda está em funcionamento.

DSC_3549

Canela fica perto de Gramado e é parada obrigatória para quem gosta de apreciar a natureza. A Catedral de Pedra e a Cascata do Caracol são dois ícones da cidade (fotos acima). As duas cidades da serra gaúcha agradam tanto os adultos quanto as crianças e, por isso, acho que é um passeio ideal para a família toda.

instagram4

Hashtags: #viagensdabonfagramado #viagensdabonfacanela

Para ver mais fotos, atrações e dicas desse roteiro, procure no Instagram pelas hashtags que coloquei na legenda do mix de fotos acima.

Por hoje é só, pessoal! Um grande beijo pra todos com votos de lindas viagens nas férias de inverno!!!!

Bonfa-ass

12 comentários:

Bell disse... [Responder comentário]

Adoro cada viagem que vocês fazem.

bjokas =)

Patricia Merella disse... [Responder comentário]

Bom inverno para vocês querida!
Cada foto ms linda que outra.
Nosso Brasil é lindo demais!
Um dia quero explorar o sul do Brasil
não conheço muito,beijinhos

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@BellObrigada, Bell! A América do Sul e, em específico, o nosso país, são lindos demais! Beijão!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Patricia MerellaOi, querida!!!! Isso, na próxima visita ao Brasil, aproveite para conhecer um pouquinho mais do nosso lindo país! Super beijo, amiga!!!

Marta disse... [Responder comentário]

Cidades lindas demais! Mas esse frio me mata! uhuahuahuaauahauah
Beijos

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@MartaÉ verdade, Martinha! Nessa época o frio é realmente intenso, rs! Eu gosto, mas tenho que estar bem agasalhada! Beijão!

Fernanda Furtado disse... [Responder comentário]

Que post mais delícia! Eu sou apaixonada pelo outono e o inverno e adoraria que fizesse mais frio aqui nas montanhas de Minas. Esses lugares são realmente encantadores. Viajo com as suas imagens, sempre lindas. Beijão!

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Fernanda FurtadoSomos duas, fernanda!!! E eu que moro no Rio? Essas últimas semanas estão deliciosas, para o meu gosto, mas os cariocas estão odiando, rs! Eu queria muito morar num lugar onde a temperatura média fosse 20 graus e no inverno fizesse frio de verdade! Quem sabe um dia? Super beijo e obrigada pelo carinho!

Paulista disse... [Responder comentário]

Sou paulista, acompanho o seu blog e gosto muito da Serra Gaúcha.
Quero deixar uma dica:
Da próxima vez que você ir para Gramado faça o passeio de Agroturismo.
É feito em uma chevrolet Apache 1920, com duração de uma tarde inteira... O Tour no Vale visita três fazendas: 1ª A Familia Marcon onde você tem contato com as ovelhas e a plantação de amora ( fabricação de geleias orgânicas) com degustação de vinho, queijos e geleias, 2ª a fazenda do Alambique dos Rossa (cachaças e caldo de cana) e a 3ª Fazenda da Família Bareta onde é servido um delicioso café colonial acompanhada de música com sanfoneiro e repentista.
Apesar de ser pouco divulgado é um passeio bem legal. Saídas ao lado da rodoviária, próximo a Casa do Colono. Estive em fev.2016 o valor era de R$ 100 o casal. Incluído as refeições.
Passeio bastante cultural.

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@PaulistaOi, Paulista! Que dicas ótimas, não sabia dessa possibilidade! O passeio parece ser super interessante! Muito obrigada por compartilhar essa dica, está anotadíssima! Beijão!

Nadia Fialho disse... [Responder comentário]

Oi Katia! Nem sei se vc lembra de mim, pois faz tempo que eu não comento aqui!! Então, eu estou planejando ir para Buenos Aires e logo lembrei de vc pra me dar uma dica de hotel. Vc tem algum pra me indicar? Porque vou te falar viu, são muitas opções, fico muito preocupada em escolher um hotel sem nenhuma indicação, sem ter certeza que é bom mesmo. Não procuro nada luxuoso, mas logicamente confortável. Desde já agradeço! Bjuuu

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

@Nadia FialhoOi, querida! Lembro de você sim! Eu nunca lembro os nomes dos hoteis em que ficamos porque quem faz esse planejamento é o Marcelo, eu só vou, rs! Então acho mlehor te passar o link para os posts dele no site MOCHILEIROS. É o MCM e lá ele coloca essas informações práticas e logísticas:

http://www.mochileiros.com/member/mcm/

Beijão e ótima viagem!

Related Posts with Thumbnails